16 segredos sobre o bumbum que você não sabia

Uns são bonitos, outros nem tanto. Algum são grandes, outros nem existem direito. Sim, estamos falando do tão famoso bumbum. Essa parte do corpo cobiçada, que amortece quedas, serve da almofada, é algo das mães iradas e dos tiozinhos depravados. Sintonizou aí?

Embora, olhando (se é que tem jeito de olhar para as próprias nádegas) a gente não dê muita coisa pelo bumbum, a verdade é que existem milhares de informações misteriosas sobre ele que quase ninguém conhece, mas que são muito interessante ou, no mínimo curiosas.

Ficou interessado, né? Então acompanhe a lista e descubra se você sofre de pigofilia, se tem propensão a ter filhos inteligentes, que vai viver muito ou se está elogiando corretamente sua namorada. Tudo isso e muito mais com base na majestade, o bumbum.

Confira e descubra segredos que você não sabia sobre “ele”:

1. Usar o bumbum como insulto é uma costume milenar

1

Aparentemente, esse já era um costume dos romanos do século 1, que usavam suas nádegas nuas ao invés de falar desaforos para seus desafetos.

2. “Pigofilia” é o nome científico dado à atração intensa por bumbum

2

A palavra é derivada de um termo grego, “pygo”, usada para denominar a parte traseira dos animais. “Philia”, por sua vez, é uma das várias palavras gregas para denominar afeição ou amor.

3. O bumbum é o maior músculo do corpo

3

E olha que ele não tem somente função “ornamental”, como muita gente pensa. O músculo em questão, cientificamente chamado de glúteo, desempenha uma série de trabalhos no corpo, como manter o tronco ereto durante todo o dia.

4. O bumbum, ao longo da história humana, é um símbolo de fertilidade e beleza

Algumas provas mais latentes disso, aliás, são as estátuas criadas por volta do ano 24.000 a.C, com traseiros exageradamente grandes.

5. “Twerk” é uma palavra que já foi inclusa em dicionários

5

Aliás, para quem não sabe, “Twerk” é um estilo de dança em que grande parte dos movimentos se concentram nos quadris e do bumbum em agachamentos. Embora seja uma palavra recentemente “criada”, ela já pode ser encontrada no dicionário Oxford online (em inglês), junto com outros termos recentemente populares, como “selfie” e “Bitcoin”. As inclusões foram feitas em 2013.

6. O bumbum é a parte do corpo que as mulheres mais têm orgulho de serem elogiadas

6

Uma pesquisa desenvolvida recentemente mostrou que um terço das entrevistadas preferiam que elogiassem seus bumbuns, antes mesmo de outras partes, como olhos e seios.

7. Homens gostam mesmo da curvatura, não do tamanho

7

De acordo com um estudo realizado pela Universidade do Texas, o que realmente chama atenção dos homens na rua é a curvatura da coluna e não o tamanho do bumbum propriamente dito.

8. Mulheres são mais propícia as ganhar uns tapinhas no bumbum que a bater

8

Uma pesquisa britânica mostrou que 13% das mulheres entrevistadas admitiam ter fantasias com receber uns tapinhas no bumbum na hora “H”. Somente 7% das mulheres disseram fantasiar em dar palmadas nos parceiros.

9. Por outro lado, os homens preferem mesmo “dar, que receber” (rs)

9

A mesma pesquisa, por outro lado, mostrou que 18% dos homens fantasiam em dar boas palmadas no bumbum alheio quando as coisas esquentam. Somente 11% dos entrevistados têm vontade de receber uns tapinhas.

10. Bumbuns “normais” protagonizam puns entre 13 e 21 vezes por dia

10

Menos que 12 ou mais de 22 vezes pode ser sinal de que você é bizarro ou nojento demais… ou que você está tendo problemas digestivos, nos dois casos.

11. Bumbuns grandes dão origem a crianças inteligentes

11

Os depósitos de gordura no bumbum, quadril e nas coxas de uma mãe armazenam também ácidos graxos ômega 3, que contribuem para o desenvolvimento do cérebro dos bebês.

12. Um terço das pessoas do mundo incluem o bumbum nas diversões da hora “H”

12

Sim, eu sei que vocês entenderam. E é isso mesmo: essa parte do corpo é fonte de prazer para 30% dos homens e 30% das mulheres, como apontou um estudo recentemente desenvolvido nos Estados Unidos.

13. Bumbuns avantajados também indicam uma vida mais longa

13

Ter bumbum e coxas grandes, ao invés de um barrigão, indicam menores chances de desenvolver diabetes e doenças cardíacas.

14. Frutas e vegetais deixam seus bumbum mais satisfeito

14

Isso porque, mantendo-se hidratado e bem nutrido com fibras (encontrada nas frutas e nos vegetais), seu intestino funcionará mais “suavemente”.

15. Roupas íntimas podem originar acnes nas nádegas

15

Usar tangas, cuecas e calcinhas durante treinos e outros exercícios físicos pode propiciar o aparecimento de acnes nas nádegas. Isso porque a fricção das roupas íntimas e o suor gerado pelo exercício não são uma boa combinação para seu bumbum.

16. Seu bumbum guarda o que sobrou de uma suposta e histórica calda humana

16

Sim, dizem que nossa espécie tinha rabo e o cóccix – o último osso da coluna vertebral e, coincidentemente, aquele mais próximo ao “olho que nada vê” – é o vestígio desse nosso passado compartilhado com outros primatas.

E aí, sabia sobre tudo isso a respeito do bumbum?

Fonte: BuzzFeed