Curiosidades

5 conselhos da Monja Coen para você fazer um detox mental

Quando a Monja Coen lhe dá um conselho, você deve parar para escutar. Nós reunimos seis deles que podem te ajudar a limpar a mente.

Você conhece a Monja Coen? Com 72 anos de idade, ela faz sucesso no YouTube. Basicamente, são milhões de fãs em seu canal Mova.

E, se você não sabe de quem estamos falando, a líder espiritual e fundadora da Comunidade Zen Budista é budista há mais de três décadas.

De forma geral, seus vídeos motivam os seguidores. Basicamente, A Monja Coen usa os ensinamentos do Zen Budismo para tentar criar uma sociedade mais plural e saudável.

Agora, falando um pouco sobre a experiência de vida da monja, ela não foi só religiosa ao longo da vida.

Antes de sua entrada para o mosteiro, ela atuou jornalista e bancária. Como resultado, essas suas experiências também são usadas como ensinamentos aos seus seguidores.

Portanto, se você está se sentindo para baixo ou tem muitos questionamentos sobre a vida, o canal da Monja Coen pode ajudar bastante. Como você vai ver, sua missão na internet é ensinar as pessoas a buscarem a evolução, porém, de dentro para fora.

Continua após a publicidade

Quer passar por um detox mental? Então conheça esses 6 vídeos.

Confira 6 conselhos da Monja Coen para você fazer um detox mental

1 – Mude, mais comece

A imprevisibilidade da vida pode até assustar. Porém, para a Monja Coen, essa imprevisibilidade é o combustível da vida.

No vídeo “O que faz uma pessoa mudar”, a Monja aborda o assunto de maneira espetacular.

Em suas palavras: “Como a vida está no fio. Se o planeta Terra levantar o ombrinho, tudo se desfaz. Esse é um ensinamento básico de Buda, que nada é fixo”.

2 – Não importa o que dizem

Continua após a publicidade

Certamente, vivemos em um mundo de aparências. Aliás, as redes sociais fazem questão de nos mostrar isso o tempo por meio de fotos felizes e duvidosas.

Como resultado, nós acabamos entrando em um circulo vicioso. Por isso, nesse vídeo, a Monja ensina que precisamos parar de nos importar com o que os outros acham da gente.

3 – Monja rock’n’roll

Basicamente, a Monja Coen é prima de dois ex-membros dos Mutantes, Sérgio Dias e Arnaldo Baptista. Como ela conta em um de seus vídeos, na juventude costumava ir de moto para a casa de Rita Lee, em São Paulo.

Aliás, sua rotina antes da vida religiosa era assim: ela acordava, colocava Pink Floyd na vitrola e começava a meditar. Dá para acreditar nisso?

De forma geral, esse pode ser um grande incentivo para quem deseja dar os primeiros passos no universo da meditação. Já que ela mostra que não é preciso um ritual formal para se conectar consigo mesmo. Até mesmo seu rock favorito serve como embalo.

Continua após a publicidade

4 – Homossexualidade

Na verdade, a Monja Coen faz questão de ressaltar que a homossexualidade é uma condição natural do ser humano. Por causa disso, ela ressalta a necessidade de lutar contra o preconceito.

Basicamente, ela explica que a homossexualidade sempre existiu. Ao mesmo tempo, ela conta que não tem nada a ver com o lado divino.

5 – Sentir-se e amar-se

Outro grande ensinamento da Monja Coen é sobre a atitude zen na vida cotidiana. Basicamente, a líder budista aconselha, as pessoas não desistirem de si mesmas.

Em resumo, ela diz que não podemos perder o maravilhamento com a existência. E, que isso se encontra nas coisas simples, como numa planta, numa árvore, numa criança, e dentro de nós mesmos. “Em seus pensamentos e na capacidade de acessar a sabedoria perfeita”, afirma.

Continua após a publicidade

Aprendeu alguma coisa com essa matéria? Acha que o assunto é relevante? Então você também vai gostar desse outro post: Como meditar – Guia completo de meditação para iniciantes

Fonte: Hypeness

Imagem: Ecosia

Próxima página »

Escolhidas para você