5 invenções alemãs que mudaram o mundo

Quando você pensa na Alemanha, o que vem à sua cabeça? Hitler? O nazismo? Cerveja e embutidos talvez? Realmente tudo isso está ligado ao país de alguma forma, mas, nossa imaginação se limita a estas coisas porque a maioria de nós não tem nem ideia das várias invenções alemãs que existem por aí e que, de alguma forma, mudaram o mundo.

Hoje, no entanto, você vai ter oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o quanto as pessoas deste país europeu são brilhantes. Isso porque, muito além de cerveja (que nem é nosso foco hoje), eles estão por trás da invenção da garrafa térmica, do coador de café e de muitas outras coisas que fazem parte de nosso cotidiano.

E, se você está pensando que estes inventos são “pequenos demais para terem mudado alguma coisa no mundo”, tente imaginar como seria se você ainda tivesse que tomar seu café com borra e frio. Um saco, né?

Então, caro leitor, guarde o preconceito no bolso e venha conferir algumas invenções alemãs que, embora não sejam megalomaníacas, deixaram nossa vida muito mais fácil.

Confira 5 invenções alemãs que mudaram o mundo:

1. Garrafa térmica

Como quase tudo de bom que foi inventado nessa vida, a garrafa térmica, que mantém seu café quentinho, surgiu por acaso. O alemão Reinhold Burger era um produtor de paredes duplas para o transporte de gás liquefeito e, um belo dia, percebeu que seu produto armazenava calor.

Foi usando este mesmo princípio que, no início do século 20, ele criou uma garrafa que conseguia manter bebidas e outros líquidos quentes por mais empo. Em 1903, a garrafa térmica foi patenteada.

2. Filtro de café

Parece que os alemães gostam mesmo de café, não é verdade? Isso porque o filtro de café também se trata de uma das maravilhosas invenções alemães.

A ideia de algo que pudesse coar a borra do café surgiu em 1908, na cidade de Dresden. Na época, a dona de cada Melitta Bentz cansou de ter o pó atrapalhando a degustação do café e foi para sua cozinha, pegou uma lata, fez vários furos nela e usou um pedaço de mata-borrão do caderno do filho para colocar no fundo e reter a borra. O café saiu coado e ela, depois de um tempo, acabou patenteando seu invento.

3. Furadeira elétrica

Antes, os buracos em madeiras e onde mais fossem necessários eram feitos à mão. Em 1895, no entanto, dois funcionários se cansaram dessa função e resolveram pensar em uma forma de economizar forças e tempo durante o trabalho. Eles, então, penduraram um pequeno motor elétrico em uma furadeira manual e o resultado foi bom.

O ruim dessa história, no entanto, é que não foram os funcionários que se deram bem, no final das contas. Emil Fein, o chefe, viu o que eles tinham feito e ficou tão impressionado com a ideia que desenvolveu e lançou o produto no mercado.

4. Bucha plástica para fixar parafusos

Buchas, na verdade, já existiam, mas elas não ficavam tão bem presas na parede quanto agora. Essas buchas plásticas para parafusos, como conhecemos hoje, surgiram mesmo em 1958, quando o inventor Arthur Fischer pensou em uma solução mais eficiente para fixar os parafusos.

Ele fez buchas de material plástico, que se expande e cujos dentes se fixam cada vez mais à medida que ela é parafusada. A ideia ficou tão boa que, hoje em dia, as buchas são usadas em várias áreas, desde a construção civil até na estabilização de fraturas.

5. Creme dental

Existem várias histórias sobre a invenção da pasta de dente. Alguns dizem até que uma versão mais primitiva dela já era feita e utilizada na época dos Faraós, no Egito antigo. No entanto, aí vai a visão alemã da história: em 1907, um farmacêutico de Dresden, Ottomar von Mayenburg, estava cansado de ver seus clientes se queixando de dor de dente e resolveu criar um creme para escovar os dentes a base de calcário, óleos etéreos e óleo de hortelã.

A própria versão alemã dessa história admite que produtos similares já existiam no mercado, mas, segundo contam, foi graças ao forte impulso publicitário esta entrou para a história como o primeiro creme dental comercializado.

E então, você sabia que todas estas coisas se tratavam de invenções alemãs? Agora, já que ainda não tínhamos parado para falar sobre cerveja alemã neste post, talvez você goste de conferir também esta outra matéria: 10 fatos reais sobre a cerveja que vão chocar você.

Fonte: DW