8 truques dos cardápios para você gastar mais

Mais que uma lista cheia de opções de pratos e preços, os cardápios são, na verdades, pensados estrategicamente para garantir que você vai gastar sempre mais. Rola, na hora de montagem desses livros de consulto, uma espécie de manipulação psicológica que vai guiar todos os truques dos cardápios que existem por aí, mas que você e a maioria das pessoas que frequentam restaurantes não sabem.

Esses truques dos cardápios, por exemplo, podem manipular sua fome pelas cores, pela sequência em que os pratos estão listados, pelas ilustrações que acompanham as opções, pela forma com a qual os preços são apresentados e assim por diante. Parece loucura pensar sobre isso e imaginar que alguém parou o dia para pensar em estratégias de fazer as pessoas gastarem mais nos restaurantes, não é mesmo? Mais acredite, é tudo verdade!

Confira, abaixo, alguns dos truques dos cardápios mais usados por aí:

1. Opções limitadas

2

Segundo a psicologia, quanto mais opções de escolha as pessoas têm, mais ansiedade gera o ato de escolher. Assim, um dos mais importantes truques dos cardápios é não ultrapassar sete opções por categoria, para não deixar os cliente oprimidos e confusos na hora de comer. Quando os estabelecimentos quebram essa regra, as consequências costumam ser ruins. No caso do McDonald’s, por exemplo, que aumentou seu cardápio para mais de 140 opções de pratos, a rede chegou a registrar queda de 11% no faturamento do primeiro trimestre de 2015.

2. Fotos convidativas

1

Um prato de boa aparência, aparecendo ao lado da opção que o corresponde no cardápio, aumenta até 30% das vendas, segundo especialistas. Esse é mais um dos truques famosos dos cardápios. Isso porque, quanto mais vívida a imagem, mais a ela tem pode de estimular a compra. Mas, cuidado! O design do cardápio precisa ser limpo, sem excessos, porque isso pode dar a impressão de que a comida é barata. Por isso os restaurantes sofisticados evitam o truque da foto, embora dê super certo.

3. Apresentação dos preços

3

Esse é um dos truques dos cardápios mais fáceis de perceber. Não raro os restaurantes fazem da tarefa de encontrar os preços dos pratos um jogo que exige poder de interpretação. Uma técnica comum na hora de aplicar esse truque é esconder o cifrão (o símbolo do dinheiro e da moeda do País), mostrando apenas o numeral 30, por exemplo, ao invés do preço comum, R$ 30,00. Além disso, como já se sabe por aí, um prato é mais chamativo para os clientes quando apresentam preços “quebrados”, ou seja, R$ 19,95, ao invés de R$ 20,00.

4. Opções caras em destaque

4

Segundo especialistas, um dos mais famosos truques dos cardápios é incluir um item caro no topo do menu, mesmo não se tratando da especialidade da casa. Isso acontece porque esse tipo de destacamento faz com que a comida pareça com um preço razoável. Além disso, há um jogo de indução aí: itens mais caros sugerem que os pratos são de alta qualidade no lugar.

5. Canto superior direito

5

 

Essa, com certeza, é a mina de ouro dos restaurantes e um dos espaços mais cobiçados do cardápio. O que faz desse um dos truques dos cardápios mais bem pensados é o efeito subliminar que o posicionamento dos itens têm sobre as pessoas. Isso porque o canto superior direito é o local onde uma pessoa mais foca, mesmo sem querer, em uma folha de papel branco ou mesmo em uma revista. É lá também onde estão os pratos em que a casa mais tem interesse em vender.

6. Cores variadas

6

Especialistas garantem que cores diferentes e chamativas ajudam a criar sentimentos e comportamentos motivacionais. Assim, as cores mais usadas nesses truques dos cardápios são as mais acesas, como vermelho e amarelo, incluindo a composição de suas marcas. Isso acontece porque o vermelho estimula o petite, enquanto o amarelo atrai a atenção.

7. Linguagem fantasiosa

7

Outro dos truques dos cardápios mais eficientes que existem é a forma com a qual os textos dos menus são escritos. Isso porque quase ninguém vai querer comprar um “bolo de chocolate”, mas todo mundo pode ficar interessado em um “bolo de chocolate, com toques aveludados e avelã e aroma de café”. Entendeu a diferença? Só isso aí já deixa você com vontade de pagar caro.

8. Nostalgia

8

Você pode nem perceber, mas há sempre uma comida que remete aos tempos da infância. Isso, aliás, é um dos fortes truques dos cardápios, que despertam nostalgia nos clientes ao oferecer comidas locais ou tradicionais de um região ou de uma época. Isso funciona ainda mais se acrescentadas palavras que remetem a afeto, como “receita da vovó” e assim por diante.

E agora, acredita que esse pessoal parou para pensar em todos esses truques dos cardápios só para fazer você gastar mais e sem consciência pesada nos restaurantes?