9 fatos curiosos sobre os filmes Uma Noite de Crime que você não sabia

Dirigida pelo diretor americano James DeMonaco, a franquia de filmes Uma Noite de Crime (The Purge, em inglês) conta uma história bizarra sobre um Estados Unidos fictício, livre de qualquer tipo de crime.

Em contrapartida, uma vez por ano, existe o que é chamado de noite do “expurgo”. Durante nada menos que 12 horas todos os crimes possíveis são permitidos – incluindo assassinatos -, pelo governo. O resultado disso? Horas terríveis de pânico, em que os cidadãos de bem (aqueles que não expurgam também) ficam reféns do medo e só podem contar consigo mesmos para se protegerem.

A franquia, que conta com três filmes lançados (Uma Noite de Crime, Uma Noite de Crime 2: Anarquia, 12 Horas para Sobreviver – O Ano das Eleições; e com o lançamento A Primeira Noite de Crime, que chega aos cinemas em setembro) é uma sátira aos costumes americanos envolvendo armas, a tendência à violência e acima tudo, a própria necessidade exacerbada em torno da segurança.

Abaixo, como você vai ver, listamos algumas curiosidades sobre a franquia que vale a pena conhecer. E, se você ainda não assistiu aos filmes anteriores, cuidado, a lista pode conter spoilers!

Confira 9 fatos curiosos sobre os filmes Uma Noite de Crime:

1. O escritor James DeMonaco teve a ideia da história, depois que sua esposa fez um comentário sobre as explosões de raiva dele no trânsito.

2. O dia do expurgo era real, ou mais ou menos isso. Ao que tudo indica, a concepção desse dia sem lei é inspirada na Saturnália, uma celebração pagã que acontecia na Roma Antiga, durante o feriado em homenagem ao deus Saturno.

Durante o festival, que acontecia por volta do dia 17 de dezembro (durante o Calendário Juliano) e durava uma semana, eram permitidos todos os tipos de crimes, incluindo homicídios. Na época, as autoridades não interferiam nos crimes cometidos durante o festival para que a população sentisse na pele o que pode acontecer quando as leis não são aplicadas.

Essa festa acontecia antes do equinócio da Primavera para simbolizar a renovação.

3. O primeiro filme da franquia Uma Noite de Crime seria sobre uma filha que queria matar o pai. No entanto, a Universal achava que a ideia era muito obscura. Foi então que eles mudaram o foco do roteiro e deixar a tentativa de assassinato para o namorado da filha do protagonista.

4. Os atores Zach Gilford e Kiele Sanchez, Shane e Liz em Uma Noite de Crime 2: Anarquia, são casados na vida real. E têm até uma filha em 2017.

5. O filme Uma Noite de Crime 2: Anarquia, na verdade, era para ser uma mistura dos filmes Os Selvagens da Noite (1979) e Fuga de Nova York (1981).

6. Muitos dos personagens malucos da franquia foram baseados em Charles Manson. O diretor da série de filmes, James DeMonaco, era obcecado pelo psicopata quando criança.

7. Não haveria o 3º filme da franquia, que recebeu o nome 12 Horas Para Sobreviver – O Ano da Eleição; se Frank Grillo não tivesse renovado seu contrato. Em entrevista ao Slash Film, a ator disse que ele recebeu uma ligação da produção perguntando se ele estaria interessado em renovar o contrato se eles tivessem um bom roteiro.

DeMonaco disse a Grillo que se ele topasse, ele daria continuidade à história e, como a gente já sabe, assim foi feito. Aliás, na opinião do ator, Ano de Eleição ficou muito melhor que o segundo filme, Anarquia.

8. O terceiro filme da série, O Ano da Eleição; inspirou um maluco, em Indianápolis, nos Estados Unidos, a matar três pessoas, em maio de 2016. O adolescente – que roubou e atirou em várias pessoas – disse às autoridades que estava “expurgando” ao descrever seus crimes. Isso aconteceu meses antes do filme chegar aos cinemas.

9. O que podemos esperar sobre o 4º filme da franquia Uma Noite de Crime? Segundo DeMonaco, o responsável pela série de filmes, em A Primeira Noite de Crime revela como surgiram as famosas 12 horas de expurgos.

Conforme o diretor, o nome filme será baseado no momento atual dos Estados Unidos, governado por Donald Trump. Aliás, o protagonista do filme é baseado no personagem de Clint Eastwood, em Os Imperdoáveis.

Outro ponto alto do filme, que chega aos cinemas no dia 27 de setembro, é que as pessoas vão perceber que o expurgo, na verdade, é manipulado.

“Fiquei pensando sobre como você conseguiria que as pessoas concordassem com o primeiro Expurgo e cheguei à conclusão de que seria através da monetização. As pessoas de Staten Island podem facilmente chegar ao Brooklyn à noite, então os organizadores começaram a oferecer somas decentes de dinheiro para a população pobre do bairro. Então, se tornou uma monetização do assassinato e da violência, incentivando matanças e mantendo as pessoas por perto para que elas se tornem vítimas. Então, você verá a origem desta grotesca ideia do Expurgo, que é a manipulação da sociedade”, contou DeMonaco, em entrevista ao Collider.

Assista o trailer de A Primeira Noite de Crime:

E então, você conhecia a franquia? O que você da história dos filmes? Não deixe de comentar!

Agora, falando em filmes, não deixe de conferir ainda: Você sabe qual é a série original Netflix vendo só uma imagem? (Quiz).

Fontes: Hollywood, 1428 ELM, The Richest, Wikipédia, Fatos Desconhecidos