A verdade por trás de mensagens sexuais ocultas em filmes da Disney

O maravilhoso mundo de Disney, há muito tempo, é suspeito de esconder mensagens sexuais subliminares em seus filmes de animação. Em seu currículo, estariam palavras inadequadas no céu de “O Rei Leão”, imagens picantes em cenas de fundo, como em “Bernardo e Bianca” e assim por diante.

Depois de anos de muitas especulação e de condenações injustas por parte do público, um site americano decidiu desvendar de vez  a verdade por trás das imagens supostamente impróprias em filmes da Disney. Para isso, o HuffPost Entreteniment conversou com Tom Sito, um dos ex-animadores da companhia que, sem você saber, mais vez parte de sua infância. Isso porque ele faz parte dos créditos de “O Rei Leão”, “A Bela e a Fera”, “Aladdin” e muito mais.

Afastado da Disney há algum tempo, Sito agora ensina animação na USC. E, em meio a sua nova rotina, o animador tirou algum tempo para nos ensinar o que é real e o que é desinformação quando se trata dessas cenas escandalosas dos filmes infantis.

Sem mais delongas, aqui está a verdade por trás de alguns dos momentos mais controversos da Disney:

1. O bispo realmente se excita no casamento da Pequena Sereia?

O bispo parece que gosta exageradamente de casamentos. Um olhar mais atento sobre o homem durante a cena do casamento em “A Pequena Sereia” parece mostrar que ele está tendo uma ereção.

A explicação:

Sito, o artista que criou o personagem bispo, já explicou essa cena para a mídia. Segundo o criador, tudo não passa do joelho do personagem. “A piada era que ele é um homem pequeno que está em uma caixa e suas vestes, seus grandes mantos de bispo, são tão grandes que cobrem todo seu corpo. E as pessoas estão apenas vendo o que eles querem ver.”

2. Existe, realmente, uma mulher nua em “Bernardo e Bianca”?

Uma imagem de uma mulher nua aparece em uma janela ao fundo, quando Bianca e Bernardo estão passando em alta velocidade.

A explicação:

“Na primeira versão do filme havia a cena de nudez”, disse Sito. O animador explicou que, quando houve uma reedição do filme, muitos dos executivos originais que produziram o vídeo já não estavam mais lá. Como os novos não sabiam sobre a imagem, eles acabaram usando o negativo original de 1977 na reedição. Em consequência disso, a Disney fez um grande recall para tirar essa versão do filme do mercado.

“Se alguém tivesse perguntado um artista que havia participado da criação, ele teria falado da imagem escondida. Todo mundo sabia disso. Mas ninguém nos perguntou nada”, acrescentou Sito. (Apesar disso, o motivo para a imagem ter ido parar na demo infantil, nunca foi explicada…).

3. Será que a palavra “sexo” aparece em “O Rei Leão”?

Depois que Simba joga para cima um pouco de terra, a palavra “sexo” aparece no céu e sua infância está arruinada.

A explicação:

De acordo com Sito, a palavra não é uma mensagem subliminar sexual. É apenas uma mensagem para o departamento de efeitos especiais. Segundo o animador ela diz efeitos especiais, ou seja, “SFX”.

4. Será que Jessica Rabbit aparece sem calcinha em “Uma Cilada para Roger Rabbit”?

Depois de um acidente de carro dos desenhos animados em “Uma Cilada para Roger Rabbit”, Jessica Rabbit é jogada do veículo e, então, parece que suas “partes baixas” ficam expostas.

A explicação:

as aparências enganam, mas supostamente não neste caso. De acordo com relatos históricos sobre o filme, houve uma corrida frenética para conseguir o filme depois que as pessoas ficaram sabendo que os animadores tinham feito Jessica Rabbit aparecer sem calcinha em alguns quadros. As edições posteriores de “Roger Rabbit” teriam sido alterada digitalmente para dar cobertura adequada à personagem.

Embora Sito não confirme a cena escandalosa, mas explica que a adição de piadas secretas em filmes mais antigos era um negócio comum. “As pessoas que trabalhavam na criação costumavam colocar pequenas piadas em filmes porque as coisas estavam funcionando em 1/24 de segundo”, disse Sito. Segundo ele, a equipe tinha certeza que ninguém ia notar. Hoje em dia, no entanto, devido às técnicas e aparelhos modernos de reprodução de vídeos, há uma revisão de quadro a quadro para garantir que nada “questionável” vai ser lançado junto com o filme.