Mundo Animal

Cachorro pode comer osso? Descubra quais são os perigos!

Você está pensando em dar ao seu cachorro um osso do jantar de ontem à noite? Veja se isso é saudável ou não para o seu pet.

Quando falamos de ossos, logo pensamos em cães e os associamos a isso. Mas, afinal cachorro pode comer osso?

De modo geral, a mastigação é um comportamento natural dos cachorros. Aliás, isso ajuda a estimular as enzimas da saliva do seu cão, limpa seus dentes e os mantém livres de placa bacteriana e tártaro. Também satisfaz seu desejo natural de mastigar.

Desse modo, os ossos são ricos em minerais e outros nutrientes vitais. Portanto, eles são um objeto perfeito para seus cães mastigarem.

Porém, antes de entregar qualquer osso ao seu pet, continue lendo para saber quais ossos são seguros para cães.

Quais ossos o cachorro pode comer?

Como vimos acima, os ossos têm benefícios dentários e nutricionais, mas dar aos cães o tipo errado de osso pode ser perigoso.

Portanto, os ossos ideais para cães são ossos redondos com protuberâncias ou protuberâncias em cada extremidade, como ossos da perna.

Continua após a publicidade

Muitos outros tipos de ossos são mais fáceis para os cães quebrarem com a mordida e são mais propensos a causar problemas.

Além disso, muitos veterinários recomendam acostumar os cães a mastigar ossos desde cedo, mas sempre sob supervisão, como informa o site Pet Love.

Então, se você observar algum efeito adverso, como diarréia ou vômito, seu cão pode não ser um bom candidato para roer ossos.

6 coisas que você precisa saber antes de dar osso a cachorro

Existem algumas precauções que devem ser tomadas antes de presentear seu dog com um “lanchinho de osso”, conforme mostra o site especialista em cães, Petz.

1. Os ossos só devem ser dados a cães sob supervisão e nunca devem ser deixados sozinhos com eles;
2. Ossos nunca devem ser dados em pequenos pedaços, pois podem ser engolidos;
3. Ossos cozidos nunca devem ser dados a cães;
4. Os ossos devem ser quase tão grandes quanto a cabeça do seu cão;
5. Nunca deixe um cachorro enterrar um osso, nem desenterrá-lo mais tarde para comer;
6. Ossos congelados nunca devem ser dados a cães.

E ossos de galinha, podem ser dados aos cães?

A maioria das pessoas sabe que os ossos de frango cozidos são ruins para os cães. Na verdade, ossos cozidos de qualquer tipo podem ser perigosos porque quebram e se fragmentam em pedaços pequenos e afiados que podem cortar a boca e os órgãos digestivos do seu cão. Fragmentos de osso podem causar vários problemas de saúde, incluindo:

Continua após a publicidade
  • Asfixia
  • Lacerações na boca e na língua
  • Dentes quebrados
  • Cortes e feridas na boca ou nas amígdalas
  • Vômitos e diarreia
  • Constipação severa
  • Bloqueio intestinal que pode exigir cirurgia

Com efeito, a aposta mais segura é nunca dar ao seu cão um osso que sobrou do jantar. Mesmo ossos de carne cozidos podem quebrar em pedaços perigosos.

Além disso, eles não são tão saudáveis ​​para o seu cão, quanto outros ossos porque o processo de cozimento os retira de muitos de seus nutrientes benéficos.

Quais outros tipos de ossos não devem ser dados aos cachorros?

Em geral, os ossos crus são muito mais seguros do que os ossos cozidos. No entanto, existem alguns ossos crus que você nunca deve alimentar seu cão. Esses incluem:

  • Ossos de porco, que quebram facilmente;
  • Ossos de costela de qualquer tipo, que são pequenos e propensos a rachar ou ficar presos na garganta do seu cão;
  • Qualquer osso menor que a boca do seu cão que ele possa engolir inteiro.

Na dúvida, substitua o osso por alternativas saudáveis

Por fim, cachorro pode sim comer osso. Contudo, existe uma gama de produtos que são mais seguros e saudáveis ​​do que os ossos que irão manter o seu cão entretido, deixar os dentes saudáveis ​​e conservar o maxilar forte.

Estes incluem ossos sintéticos com sabor e brinquedos cheios de guloseimas saudáveis ​​para os dentes. Além disso, há petiscos em forma de osso que são totalmente digeríveis e não se quebram em pedaços perigosos.

São opções duráveis ​​que manterão seu pet ocupado, mas devem ser usados ​​apenas como guloseimas. Eles não são um substituto para ração balanceada e nutricional para cães.

Continua após a publicidade

Confira outros alimentos que você deve evitar dar ao seu cachorro.

Próxima página »

Escolhidas para você