Curiosidades

Pratos favoritos de alguns dos maiores ditadores da História

Fidel Castro, Adolf Hitler e outros ditadores tinham seu lado maquiavélico, mas também eram humanos. Saiba quais eram seus pratos favoritos.

Se você achava que sabia tudo sobre personalidades históricas, como Adolf Hitler e Benito Mussolini, por exemplo; enganou-se. Isso porque existem pessoas dedicadas à descobrir as coisas mais pessoais sobre esses “famosos”, como seus pratos favoritos. Aliás, talvez essa seja uma maneira de entender as mentes dessas figuras emblemáticas.

Victoria Clark e Melissa Scott, duas escritoras americanas, são as autoras do livro “Dicator’s Dinners: The Bad Taste Guide to Entertaining Tyrants”, algo como “O Jantar dos Ditadores: Um Guia de Mau Gosto para Entreter os Tiranos”, em uma tradução livre. A ideias das escritoras, portanto, era abordar a vida dos principais ditadores da histórias com base em seus gostos culinários.

Saiba quais são os pratos favoritos dos ditadores

Benito Mussolini

History Channel

Mussoline eram um homem preocupado com sua saúde. Seu prato preferido era salada de alho cru com azeite e limão, segundo ele a mistura fazia bem para o coração.

Se o alho faz bem para o coração, nós não sabemos. Mas, para o casamento do ditador, com certeza, o tempero não fazia bem.

Segundo as autoras do livro, sua esposa confessou que era difícil se aproximar dele por conta do mal hálito. “À noite, eu o deixava dormindo sozinho em nosso quarto e me refugiava no quarto das crianças”, teria dito ela.

Adolf Hitler

Sobretudo, Hitler era conhecido por ser vegetariano. Porém, o livro revela que seu prato favorito era pombo recheado com nozes, língua, fígado e pistache. 

Isso porque Hitler não escolheu o vegetarianismo. Na verdade, ele precisou tirar proteínas animais do cardápio por um problema crônico de estômago que causava flatulências e constipação.

O livro, inclusive, relata que nos momentos finais da Segunda Guerra, o ditador chegou a tomar 28 medicamentos diferentes devido aos problemas estomacais. Isso porque sua dieta, nesse período, era composta basicamente de purês de batata e caldos.

Fidel Castro

Contraditoriamente, o gosto culinário de Fidel era bastante refinado. As autoras relatam no livro, inclusive, que Fidel tinha uma fraqueza por bebidas especiais e queijos requintados. Aliás, Castro gastou muito dinheiro com queijos franceses e uísque.

Inclusive, fontes próximas do ditador revelaram que quando jovem, Fidel amava uma sopa de tartaruga.

Muammar Kaddafi

Fonte: Keystone-France/Gamma-Keystone via Getty Images

Sua comida favorita, aliás, era o cuscuz com carne de camelo. Assim como Hitler, Kaddafi também sofria com problemas gastrointestinais. Inclusive, seu gosto por leite de camelo poderia ser a causa das complicações.

Certa vez, em uma visita, o ex-primeiro-ministro Tony Blair foi advertido para não aceitar o copo de leite de camelo oferecido por Kaddafi. Isso porque, devido à sua proximidade com o ex-premier italiano Silvio Berlusconi, Kaddafi era um amante de comida italiana, especialmente massas.

Kim Jong-il

Reuters

Dentre os pratos favoritos do ex-líder norte-coreano, o de destaque era uma sopa de barbatana de tubarão e pratos feitos à base de carne de cachorro. Kenji Fujimoto, cozinheiro do falecido ditador, foi contratado para preparar o mortal Sushi de Baiacu.

Em um livro que revela todos os excessos gastronômicos do seu patrão, Fujimoto disse que Kim Jong-Il falou em certa ocasião: “gosto tanto de peixe cru fresco que poderia começar a come-los enquanto ainda nadam.”

Fonte: Clarin

Imagens: Reprodução

Próxima página »

Escolhidas para você