Curiosidades

15 curiosidades sobre o filme No Ritmo do Coração, indicado ao Oscar 2022

No Ritmo do Coração - CODA oferece aos espectadores um exemplo perfeito de comunicação de amor através do silêncio; saiba tudo sobre ele.

Em suma, “CODA” nada mais é um filme com uma história emocionante, significativa e autêntica. Adaptado do filme francês de 2014 “La Famille Belier”, No Ritmo do Coração centra-se em Ruby, de dezessete anos, interpretada por Emilia Jones, que é o único membro ouvinte de uma família surda – um CODA.

Jones faz um trabalho extraordinário capturando o peso da responsabilidade que ela sente como o único membro de uma família surda – atuando como intérprete para seus pais. Vamos te contar tudo sobre esse filme incrível na lista abaixo.

15 curiosidades sobre o filme No Ritmo do Coração (CODA)

1. De acordo com o The Hollywood Reporter, a Apple TV+ pagou mais de US$ 25 milhões para criar o filme No Ritmo do Coração , que é uma história de amadurecimento sobre um CODA chamado Ruby. Assim, nesta família, ambos os pais são surdos, juntamente com o filho do casal, enquanto Ruby, sendo CODA, é ouvinte e adora cantar.

2. Desde o início, fica claro que os cineastas de “CODA” entenderam a responsabilidade de retratar com precisão e eficácia a cultura surda e a linguagem de sinais.

3. Todos os membros da família surda na versão da diretora Siôn Heder são retratados por atores surdos, uma escolha significativa e efetiva por parte do diretor do filme e do departamento de elenco, e que dá ainda mais significado e autenticidade crua ao filme

4. CODA não é baseado em uma história real. Na verdade, é um remake do filme francês de 2014 La Famille Bélier, que também segue uma jovem ouvinte com uma família surda que descobre seu dom para o canto e tenta encontrar seu lugar no mundo.

5. O filme original francês foi reescrito pela cineasta de CODA , Siân Heder, que esperava que o longa pudesse contar uma história universal e normalizar as famílias surdas.

Desse modo, reescrever o filme provavelmente foi uma jogada sábia, considerando o fato de que o filme original francês recebeu críticas da comunidade surda quando estreou.

Mais fatos sobre No Ritmo do Coração

6. Heder, que também escreveu o roteiro, passou um tempo estudando a cultura surda para escrever de uma perspectiva mais informada. Com efeito, ela começou a ter aulas de Língua de Sinais Americana e entrevistar surdos e crianças ouvintes de adultos surdos – conhecidos como CODAs.

7. Devido ao maravilhoso elenco de surdos, a equipe de produção aprendeu diferentes posicionamentos de móveis e técnicas de iluminação. Intérpretes estiveram no local para garantir que os roteiros fossem entendidos e as sugestões do ator fossem ouvidas. No entanto, não é a primeira vez que vemos Daniel Durant, Troy Kotsur e Marlee Matlin nas telas grandes.

8. Em um momento crucial na tela, Heder coloca a perspectiva do filme na família surda que assiste ao show de Ruby. A trilha sonora e todos os outros ruídos são cortados, permitindo que os espectadores mergulhem totalmente na experiência que é o silêncio.

9. Em “CODA”, a surdez faz parte da vida, mas não é sua característica definitiva. Ou seja, Heder fez um filme sobre os valores universais do primeiro amor, os laços familiares e a visão de um futuro desconhecido, dentro de um contexto altamente específico, mas imediatamente compreensível.

10. Ao contrário de seu material original, CODA oferece um retrato mais sutil da comunidade surda liderada por atores que são culturalmente surdos. Três dos quatro protagonistas do filme são surdos: Matlin; Troy Kotsur como Frank, o pai pescador de Ruby; e o recém-chegado Daniel Durant como o irmão mais velho de Ruby, Leo, que procura assumir mais responsabilidades familiares.

Outras curiosidades sobre CODA

11. De acordo com o IMDb, Marlee Matlin participa de filmes e séries de TV desde 1986. Mesmo que o ator tenha perdido a maior parte de sua audição aos dezoito meses de idade, ela pode falar, o que a levou a dublar para Family Guy. Além disso, ela esteve em episódios de West Wing e estrelou filmes como Entangled e Gritos Mortais.

12. Troy Kotsur fez muitas aparições em séries de TV como Strong Medicine, Doc e Scrubs. Surdo desde o nascimento, isso não o deteve. Ele fez sua estreia nas telonas em 2001. Segundo o IMDb , antes disso, Kotsur agraciou os palcos e atuou em uma peça que estava concorrendo a um Prêmio Tony.

13. O garoto novo na cidade, Daniel Durant, estrela seu segundo filme em dois anos com CODA. De acordo com o IMDb, Durant passou pela escola regular antes de mudar para uma escola de surdos na oitava série e frequentar a universidade.

14. Os atores no set de CODA sentiram que a equipe fez de tudo para acomodá-los, até ter intérpretes nos trailers de maquiagem. As sugestões foram ouvidas e consideradas, desde o foco de como a língua de sinais precisava ser vista até as nuances dos “sotaques” regionais. Emilia Jones até consentiu em falar em inglês americano enquanto não filmava para facilitar a leitura labial de Matlin.

15. A Apple TV+ comprou o filme por US$ 25 milhões e o filme agora recebeu indicação ao Oscar 2022.

Se curtiu saber mais sobre este filme, não deixe de conferir também: Quem é a pessoa mais famosa do mundo? 15 nomes mais populares do planeta

Próxima página »

Escolhidas para você