A história por trás da foto que mostra criança bebendo água do chão, na Argentina

Mais uma imagem chocante ganhou a internet em 2017 na reta final do ano. No último dia 14, uma foto publicada pelo jornal argentino Misiones Online, que mostra uma criança bebendo água do chão ganhou o mundo e impactou a internet.

De acordo com o site, a imagem foi feita por acaso na praça de uma das avenidas mais movimentadas da cidade argentina de Posadas, na fronteira com o Paraguai. A fotógrafa, que também é repórter do veículo, aguardava o semáforo abrir quando flagrou a cena da criança bebendo água do chão, em uma poça suja.

Naquele momento, por volta de 12h20 da tarde, os termômetros na cidade marcavam aproximadamente 38 graus.

Como a criança bebendo água do chão foi parar no Facebook

No Facebook, a foto chegou por meio de Miguel Rios, um jovem argentino que trabalhou para a Unicef e foi voluntários em várias ONGs; que publicou a imagem em seu perfil pessoal com a seguinte legenda: “Enquanto o país está em chamas, esta criança guarani está bebendo do chão. Estamos fazendo algo errado nesta sociedade, não?”.

Não demorou muito até o post impactar e viralizar. Em poucas horas, a imagem da criança bebendo água do chão já havia sido compartilhada mais de 2,5 mil vezes.

Doações

Mas, ao que tudo indica, a foto não chocou somente as pessoas na internet.

Uma outra jornalista do Mesiones Online enviou a imagem a um grupo de amigas, que acabou se mobilizando e levando doações às famílias acampadas na praça. Conforme informações do site, eles receberam garrafas de água, picolés e outros mantimentos básicos.

A história por trás da imagem

Conforme o site argentino, o menino que aparenta ter uns 5 anos de idade é indígena, da etnia guarani mbya. Não é apenas ele que enfrenta situação deplorável como esta.

Naquela região, é comum famílias indígenas viverem acampadas em praças públicas devido às condições precárias de sobrevivência que enfrentam em seus vilarejos de origem.

Embora a maioria deles receba assistência permanente, existe uma forte resistência por parte os indígenas a deixar seus acampamentos, uma vez que eles conseguem fazer dinheiro extra vendendo artesanatos enquanto as crianças esmolam em semáforos.

Choque de realidade

Conforme o site argentino, a decisão de publicar a foto não foi apenas para gerar polêmica.

Eles queriam expor a realidade de famílias inteiras de guaranis mbyá que existe há anos na capital da província de Misiones e mostrar como as crianças são exploradas por adultos ao serem colocadas para mendigar.

Tenso, não? Não tem como não se comover com a criança bebendo água do chão.

Mas, voltando a falar sobre imagens que impactaram o mundo em 2017, não deixe de conferir ainda: 24 fotos que mostram as consequências devastadoras do furacão Harvey no Texas.

Fonte: El Mundo, Veja