Lenda da vitória-régia: como é essa história?

Você conhece a lenda da vitória-régia? É uma narrativa incrível que conta a origem mítica dessa linda planta. Confira aqui!

A lenda da vitória-régia é uma popular narrativa do folclore brasileiro e que teve a sua origem na Região Norte do Brasil. Essa é uma história indígena que conta como surgiu a vitória-régia, que é uma planta aquática que simboliza a flora amazônica.

Esse tipo de narrativa é bastante difundida nos mitos indígenas com o objetivo de explicar a existência de alguns elementos típicos da natureza local, assim como a famosa lenda da mandioca.

Em resumo, a lenda da vitória-régia também se trata de uma indígena que, após a sua morte, se transformou nessa flor bela e perfumada que se abre apenas à noite. Essa transmutação é explicada e justificada a partir de suas ações em vida, conforme veremos a seguir.

Como é a lenda da vitória-régia?

Continua após a publicidade

 

A lenda da vitória-régia narra a história de Naiá, uma jovem e belíssima indígena de uma aldeia tupi do Norte do Brasil que se apaixonou perdidamente por Jaci, uma divindade que se apresentava como a Lua.

Segundo os mitos que alguns povos acreditavam, inclusive a própria Naiá, Jaci, ao aparecer à noite, tocava e beijava o rosto de algumas das moças mais belas das aldeias e, então, as transformava em estrelas no céu.

Continua após a publicidade

Como Naiá queria muito permanecer ao lado de seu grande amor, Jaci, sempre que o astro despontava no céu noturno, a indígena ficava admirando o luar com esperança de ser escolhida para virar a próxima estrela e, assim, poder ficar próximo ao seu objeto de desejo.

Conforme o desejo de Naiá foi aumentando, os outros integrantes de sua aldeia a alertavam de que se Jaci a escolhesse, ela deixaria de ser uma indígena. No entanto, Naiá não se importava e se apaixonava cada mais vez pela Lua.

Continua após a publicidade

A fim de ser notada pela divindade, a bela jovem passou a subir as colinas, enquanto todo mundo já estava dormindo, para admirar o luar.

Porém, ainda que Naiá se esforçasse bastante, Jaci não percebia o interesse dela, o que acabou a deixando cada vez mais obcecada, a ponto de ela parar de comer, de beber e de dormir, apenas para admirar o motivo de sua paixão.

Mesmo com todo o afinco e persistência de Naiá, ela ainda não havia conquistado seu objetivo, mas não desistia de seu propósito.

Desfecho e origem da vitória-régia

Continua após a publicidade

Certa noite de luar, a jovem, completamente exausta com a sensação de que sua persistência era vã, se sentou à beira de um igarapé para descansar e se surpreendeu ao ver o reflexo de Jaci em suas águas. Logo, a indígena se atirou no corpo d’água com a intenção de, finalmente, se aproximar de seu amado.

No entanto, Naiá foi mergulhando cada vez mais para longe da beira e para partes mais profundas do igarapé até que não conseguia mais, devido ao seu cansaço, retornar ao seu ponto de partida. Em razão disso, a indígena se afogou e perdeu sua vida ainda tentando ser escolhida pela divindade para se transformar em uma estrela.

Após se dar conta de toda a persistência de Naiá, Jaci se comoveu com o ocorrido e resolveu homenagear a jovem. Como o grande sonho dela de se transforma em uma estrela, assim foi feito, porém ela não virou uma estrela comum, mas, sim, uma estrela que brilhava nas águas dos rios e igarapés: uma vitória-régia, cujas flores, perfumadas e belas, se abrem apenas à noite e que seriam vistas sempre sob a luz do luar e que é considerada como a estrela das águas.

Importância das lendas

O folclore brasileiro é muito rico em lendas, que, assim como a lenda da vitória-régia, são consideradas como patrimônio cultural e histórico. Afinal, através das lendas, elementos da sabedoria popular são passados de geração para geração.

Continua após a publicidade

As lendas têm o poder de transmitir tradições e ensinamentos relacionados à preservação e à valorização da natureza e tudo o que há nela. Além de contar histórias míticas sobre as origens da natureza, dos alimentos, da música, danças etc.

Quanto à lenda da vitória-régia, ela traz ensinamentos sobre um amor impossível, sobre como é importante seguir seus sonhos e aquilo que acha verdadeiro. Porém, há limites que devem ser considerados.

Fontes: Toda Matéria, Brasil Escola, UFMG, MEC.

 

Continua após a publicidade

Outras postagens