Curiosidades

Músicas de Natal: conheça as histórias das mais famosas

"Noite feliz" foi escrita há mais de 200 anos e conseguiu, inclusive, pausar a Primeira Guerra Mundial. Saiba como essa e outras canções natalinas surgiram.

As músicas de Natal fazem parte da história e da nossa cultura universal. Assim, no final de dezembro, a canção natalina serve-nos de elemento essencial para partilhar, cantar e celebrar essa festa em família e com quem nos rodeia.

Portanto, cada vez mais perto do dia 25 de dezembro, é comum começar a ouvir essas músicas melodiosas na televisão, na internet, no rádio, nas séries, e como todos os anos, “Noite Feliz” e outras canções não podem faltar.

Mas, você sabe de onde vem essas músicas de Natal? Continue lendo e descubra a seguir.

Qual é a história das músicas de Natal?

A canção natalina é uma composição poética popular tradicional, formada por versos hexassílabos ou de oito sílabas distribuídos em coro (dois a quatro versos no início do poema, onde o tema é anunciado); uma ou mais mudanças (uma ou mais estrofes, geralmente redondilhas), e uma ou mais voltas (formadas por um verso de ligação e vários versos que repetem o que é expresso no refrão).

As músicas natalinas surgem no Renascimento, através de canções cantadas de forma popular ou cantigas de vila (Villancicos). Em suma, melodias muito simples que o povo cantava para contar qualquer situação do dia a dia: parodiavam o seu povo, falavam de histórias de amor, e até faziam parte do Cancioneiro do Palácio.

Assim, baseadas nesses temas dos séculos XV e XVI, dos salões da nobreza, elas passariam a fazer parte das cantatas religiosas, chegando finalmente as igrejas e mais tarde, passaram a ser associadas especificamente ao Natal.

Continua após a publicidade

Noite feliz

A história dessa música de Natal é bastante antiga. Tudo começou em 1818 em Oberndorf, na Áustria, cidade fronteiriça com a Alemanha. Surgiu durante uma fase conhecida como Período Biedermaier  (1815 – 1845), onde a corrente artística e literária se voltou para gostos e estilos ornamentados.

A letra original da música em alemão foi escrita por Joseph Mohr, um padre, e a música foi escrita por Franz Xaver Gruber, um organista que, aliás, está no Spotify, e você pode ouvir a música em alemão, cujo nome é Stille Nacht (Noite Silenciosa).

Uma curiosidade é que ela pausou a Primeira Guerra Mundial. Esse evento começou em 28 de julho de 1914. No entanto, cinco meses depois, ocorreu uma espécie de ‘Trégua de Natal”, um cessar-fogo para as comemorações natalinas.

Desse modo, os alemães cantaram “Noite Feliz” e os ingleses responderam com mais canções natalinas em inglês, fazendo uma pausa na guerra para celebrar a época.

Noite feliz (Stille Nacht)
(Joseph Mohr/Franz Xaver Gruber)

Noite feliz! Noite feliz!
O Senhor, Deus de amor,
pobrezinho nasceu em Belém.
Eis na lapa Jesus, nosso bem.

Dorme em paz, ó Jesus.
Dorme em paz, ó Jesus.

Noite de paz! Noite de amor!
Tudo dorme em redor,
entre os astros que espargem a luz,
indicando o Menino Jesus.
Brilha a estrela da paz.

Noite de paz! Noite de amor!
nas campinas ao pastor,
Lindos anjos mandados por Deus,
Anunciam a nova aos céus:
Nasce o bom Salvador!

Noite de paz! Noite de amor!
Oh, que belo resplendor
Ilumina ao Menino Jesus!
No presépio, do mundo eis a luz,
Sol de eterno fulgor!

Jingle Bells (Bate o Sino)

Apesar de sua popularidade como uma música de Natal, esta era originalmente uma canção sobre o “Dia de Ação de Graças” norte-americano. Foi escrita por James Lord Pierpont em 1850, mas não seria até 1965 que faria história, quando se tornou a primeira música a ser transmitida do espaço.

Os astronautas americanos Tom Stafford e Walter M. Schirra pregaram uma peça de Natal durante a missão Gemini 6A, pegando uma gaita e sinos e transmitindo uma versão de Jingle Bells.

Bate o sino
(James Lord Pierpont)

Bate o sino pequenino
Sino de Belém
Já nasceu Deus menino
Para o nosso bem
Paz na Terra, pede o sino
Alegre a cantar
Abençoe, Deus menino
Este nosso lar
Hoje a noite é bela
Vamos à capela
Sob a luz da vela
Felizes a rezar
Ao soar o sino
Sino pequenino
Vai o Deus menino
Nos abençoar.

Boas Festas

A letra de “Boas festas” é o retrato que a composição de Assis Valente faz do Natal em meio à realidade brasileira. Uma realidade bem conhecida pelo próprio Assis Valente, que recorreu à infância pobre e sem presente ao compor a música, no Natal de 1932, num quarto de pensão em Icaraí, Niterói.

Boas Festas
(Assis Valente)

Anoiteceu
O sino gemeu
E a gente ficou
Feliz a rezar

Papai Noel
Vê se você tem
A felicidade
Pra você me dar

Eu pensei que todo mundo
Fosse filho de Papai Noel
Bem assim felicidade
Eu pensei que fosse uma
Brincadeira de papel

Já faz tempo que eu pedi
Mas o meu Papai Noel não vem
Com certeza já morreu
Ou então felicidade
É brinquedo que não tem

Então é Natal

“Então é Natal” é uma música da cantora Simone e faz sucesso no Brasil, desde 1995. A letra da melodia sugere uma reflexão sobre o que foi feito no ano que está se encerrando. Ademais, finaliza pedindo bons votos para o novo ciclo que se aproxima.

Então é Natal
(Simone)

Então é Natal e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, do amor como um todo
Então bom Natal, e um Ano Novo também
Que seja feliz quem souber o que é o bem

E então é Natal, pro enfermo e pro são
Pro rico e pro pobre, num só coração
Então bom Natal, pro branco e pro negro
Amarelo e vermelho, pra paz afinal
Então bom Natal, e um Ano Novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez
E então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, o amor como um todo
Então bom Natal, e um Ano Novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Harehama, há quem ama
Harehama, ha
Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Hiroshima, Nagasaki, Mururoa.

We wish you a Merry Christmas

Nos Estados Unidos, a cantora Mariah Carey é a rainha do Natal, título que ocupa desde a década de 1990. Em 1994, ela lançou o álbum Merry Christmas, que contém canções natalinas clássicas e faixas inéditas. Aliás, é o álbum natalino mais vendido já feito por uma mulher.

Nesse álbum, destaca-se o single “All I Want for Christmas Is You”. Essa é uma das canções mais famosas da história e o single mais vendido da diva. Além disso, é considerado o tema natalino mais popular das últimas duas décadas, acima das clássicas canções natalinas. Além disso, ela vendeu, até agora, mais de 16 milhões de cópias.

We wish you a Merry Christmas
(Mariah Carey)

We wish you a merry Christmas
We wish you a merry Christmas
We wish you a merry Christmas
And a happy New Year

Good tidings we bring
To you and your kin
We wish you a merry Christmas
And a happy New Year

Oh, bring us some figgy pudding
Oh, bring us some figgy pudding
Oh, bring us some figgy pudding
And bring it right here

Good tidings we bring
To you and your kin
We wish you a merry Christmas
And a happy New Year

We won’t go until we get some
We won’t go until we get some
We won’t go until we get some
So bring it right here

Good tidings we bring
To you and your kin
We wish you a merry Christmas
And a happy New Year

We all like our figgy pudding
We all like our figgy pudding
We all like our figgy pudding
With all its good cheer

Good tidings we bring
To you and your kin
We wish you a merry Christmas
And a happy New Year

We wish you a merry Christmas
We wish you a merry Christmas
We wish you a merry Christmas
And a happy New Year

Fontes: Dourados News, Bambu Música e Arte, Diocesesa, Seleções

Leia também:

30 símbolos tradicionais do Natal e seus significados

Quando começou a tradição e qual a origem dos presentes de Natal?

40 curiosidades incríveis sobre o Natal

Três Reis Magos, quem foram? Representação nas tradições natalinas

Árvore de Natal – Origem, história e evolução até os dias atuais

Símbolos do Natal – Origem, significados e curiosidades

25 de dezembro – Porque o Natal é comemorado nesta data

Curiosidades sobre o Natal – Fatos intrigantes no Brasil e no mundo

Próxima página »

Escolhidas para você