Peixe bizarro é pego próximo à area do acidente nuclear de Fukushima

Se você acha que já viu tudo que existe de bizarro no mundo animal, sentimos em informar, caro leitor, que você está errado. Há muito mais bichos estranhos e medonhos por aí que nossa vã imaginação pode nos indicar. Uma prova disso é o peixo bizarro que você está prestes a conhecer e que foi encontrado no Japão.

Esse peixe bizarro e ameaçador, com certeza, é um dos bichos mais intimidadores do mundo e foi encontrado na costa da Ilha de Hokkaido, próximo à área em que aconteceu o acidente nuclear de Fukushima. O acidente nuclear, considerado o pior desde o acidente de Chernobil (1986), aconteceu em março de 2011 e contaminou tudo nos arredores da usina, inclusive a água.

De acordo com informações do Daily Mail, o homem responsável por fisgar esse peixe bizarro e gigantesco foi o pescador japonês Hirasaki Hiroshi. Como você vai ver na imagem abaixo, o bicho parece ter saído de um filme de ficção, com sua boca ameaçadora e seus quase 2 metros de comprimento.

1

O peixe bizarro, identificado pelo pescador como peixe-lobo, impressiona porque quase não é visto. Ele vive em águas profundas nos oceanos Pacífico e Atlântico, mas acabou ganhando fama depois de ser exibido no programa Monstros do Rio, no Discovery.

2

O mais interessante de tudo é que esse peixe bizarro e mal encarado, apesar das presas gigantes, não é uma grande ameaça à ninguém. Além de habitar regiões de difícil acesso ao homem, devido à profundeza e às baixas temperaturas, o tal peixe-lobo não é dócil e só ataca para se defender ou se alimentar. Mas o ser humano está longe de entrar para seu cardápio, formado por animais de marinhos de casca dura, como moluscos, ouriços-do-mar e caranguejos.

3

Já, sobre o tamanho desse peixe bizarro, a verdade é que o japonês nem pescou o maior dos exemplares dessa espécie. Conforme especialistas no assunto, o peixe-lobo pode ter até 5 metros de comprimento e pesar até 4o quilos! Isso sim é que é um peixe bizarro, não?

E, apesar do tamanho do tal peixe não ser tão anormal quanto parece, a verdade é que o fato desse peixe bizarro ter sido capturado na região do acidente nuclear é preocupante. Isso porque encontrados próximo à usina de Fukushima, depois do vazamento, tinham 2.500 vezes mais radiação que os níveis considerados não nocivos.

Ainda sobre seres bizarros e inexplicáveis, você precisa conhecer também: Mike, o frango sem cabeça que viveu 18 meses decapitado.

Fonte: Terra