Mundo Animal

Porco-espinho – O que você precisa fazer se for atacado pelo animal?

O porco-espinho é um animal que consegue ser a junção entre algo muito fofo e, ao mesmo tempo, perigoso; devido aos seus inúmeros espinhos.

Provavelmente, o porco-espinho é um dos animais mais fofos da natureza. Apesar disso, ele não é inofensivo: ele se defende com espinhos. Acima de tudo, ele é um roedor coberto por espinhos de 7,5 centímetros que funcionam como uma armadura.

Eles dormem em cavernas, em buracos nas árvores, buracos no solo ou em troncos ocos. Além disso, são comuns na Europa, na África, na Ásia e por toda a América.

Acima de tudo, são animais robustos, de pernas curtas e que se movimentam lentamente. Suas cores variam de marrom-acinzentado ao marrom-escuro. Mas é possível também encontrar variações de porco-espinho em tons de preto.

Porco-espinho, o que você precisa fazer se for atacado pelo animal
Pet Friends

Alguns deles possuem mais de 30 mil espinhos. Além disso, seus espinhos geralmente são brancos, com pontas pretas ou faixas em amarelo, laranja ou preto.

Continua após a publicidade

Quando se sente ameaçado, o porco-espinho pode grunhir ou bater as patas traseiras. Eles também arrepiam os espinhos e os agitam. Estes, aliás, podem ferir seriamente ou até matar outros animais. Mas, no caso dos humanos, e outros animais maiores; o ataque não é fatal.

Além disso, eles se alimentam de vegetais. Alguns gostam de comer as camadas sob a casca das árvores, podendo danificar a planta. Outros comem raízes e frutas.

Continua após a publicidade

O que fazer ao ser atacado por um porco-espinho

Primeiramente, o porco-espinho é o segundo maior roedor da América do Norte. Apesar disso, eles evitam ao máximo contato com seres humanos.

Continua após a publicidade

Além disso, os espinhos desses animais são pelos com uma estrutura mais rígida. Eles conseguem dispará-los a uma curta distância, como mecanismo de defesa. Ou seja, quando se sentem acuados.

Esses espinhos, inclusive, crescem novamente de maneira natural. Ou seja, o roedor não sofre nenhuma lesão ao dispará-los.

Mas, quem é atacado por esses espinhos pode se dar mal. Eles têm farpas microscópicas na ponta, que podem causar um belo estrago.

Porco-espinho, o que você precisa fazer se for atacado pelo animal
Lassie

Portanto, caso seja alvo de um ataque de porco-espinho, o primeiro passo é cortar a ponta de cada espinho. De forma geral, isso diminui a pressão dentro dele, e facilita a retirada. Em seguida, é preciso girar o aguilhão para reduzir o efeito das farpas. Então, é só puxar o objeto para fora da pele.

Continua após a publicidade

Basicamente, o procedimento é o mesmo, caso o ataque seja a um animal de estimação. Porém, o processo todo, com certeza, será muito mais complicado, já que é possível (pela imagem) imaginar a angústia do animal.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Animais trans – 11 capazes de trocar de gênero, física ou psicologicamente

Fonte: Britannica MegaCurioso

Imagem de destaque: TriCurioso

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você