Curiosidades

Prebiótico, o que é ? Função e importância desse tipo de alimento

O alimento prebiótico é responsável por fortalecer a flora intestinal e manter o equilíbrio da digestão e a saúde do organismo.

Por P.H Mota

Apesar de, normalmente, estarem associados a problemas, certamente alguns micro-organismos podem fazer bem ao nosso corpo. Na verdade, sobretudo, alguns deles são essenciais para a nossa saúde. Sendo assim, eles também precisam estar saudáveis, e uma forma de garantir isso é consumindo um tipo específico de comida: o alimento prebiótico.

Primeiramente, prebióticos são alimentos, ou partes deles, que nossos corpos não conseguem digerir. Entretanto, as bactérias do sistema digestório são capazes de realizar essa função, garantindo o bom funcionamento do corpo.

Por meio da alimentação com prebiótico, essas bactérias são capazes de proteger o corpo contra micro-organismos nocivos. Além disso, são importantes para reduzir inflamações e até mesmo reduzir o risco de câncer.

Importância

Prebiótico - o que é, função e importância desse tipo de alimento
Nutrologia Pediátrica

Assim como qualquer tipo de alimento, o prebiótico tem influências no corpo humano. Seu papel é fundamental para garantir a manutenção de bactérias benéficas ao organismo. Dessa maneira, é possível manter as bactérias nocivas longe do corpo e a saúde equilibrada.

Continua após a publicidade

Se você mantiver uma dieta que fortalece mais as bactérias nocivas do que as benignas, pode ter alguns problemas de saúde.  Uma proliferação desses micro-organismos pode, por exemplo, fazer com que mais calorias do que o normal sejam absorvidas. É por isso que uma alimentação rica em prebiótico é fundamental.

As bactérias do sistema digestório utilizam os ácidos graxos dos alimentos e os transformam em butirato. Este composto tem propriedades anti-inflamatórias e impede o crescimento de células cancerígenas, dentre outros.

Prebiótico e probiótico

Prebiótico - o que é, função e importância desse tipo de alimento

Além do alimento prebiótico, também existe o probiótico. Entretanto, apesar de terem nomes parecidos, são bem diferentes. Os prebióticos são aqueles não digeridos pelo corpo humano, destinados às bactérias do intestino.

Continua após a publicidade

Entre os alimentos prebióticos, estão:

  • Feijão;
  • Aveia (principalmente sem glúten);
  • Banana;
  • Aspargo;
  • Dente-de-leão;
  • Alho e cebola;
  • Alho-poró.

Já os probióticos, são as próprias bactérias presentes nesse tipo de alimento. Ou seja, são alimentos fermentados que enriquecem a flora intestinam com micro-organismos que nos fazem bem. Ao consumir probióticos, é importante garantir que eles não foram pasteurizados. Isso porque o processo acaba matando as bactérias presentes.

A lista de probióticos inclui:

  • Chucrute;
  • Kimchi;
  • Kombucha;
  • Kefir (lácteos e não lácteos);
  • Picles e outros legumes em conserva não pasteurizados.

Alimentos simbióticos

Prebiótico - o que é, função e importância desse tipo de alimento

Continua após a publicidade

Existe ainda uma terceira categoria de alimentos de nome parecido: os simbióticos. Esses combinam as propriedades dos prebióticos e probióticos, oferecendo benefícios dos dois tipos para o corpo.

Ou seja, os simbióticos são capazes de oferecer ao mesmo tempo micro-organismos e seu alimento. Por causa disso, também são chamados de funcionais. O nome indica que eles promovem benefícios que vão além da nutrição.

Entre esses alimentos, estão iogurtes, leites fermentados, sucos e biscoitos.

Fontes: Jasmine Alimentos, AC Camargo, eCycle

Continua após a publicidade

Imagens: ShaMagazine, Nordic Naturals, Ixcela, Nutrologia Pediátrica

Próxima página »

Escolhidas para você