Curiosidades

Primeiro super-herói – Origens e inspirações para as primeiras histórias

Muito antes do surgimento das histórias em quadrinhos, os primeiros super-heróis já habitavam lendas de mitologias antigas.

Por P.H Mota

Muito antes da popularização de filmes e histórias e quadrinhos com heróis poderosos, os primeiros super-heróis já faziam parte das mitologias antigas. Histórias contadas por gregos, romanos, nórdicos, egípcios, nativos americanos e praticamente todas outras culturas primitivas já contavam com seres com habilidades sobre-humanas.

Não è a toa, inclusive, que alguns deles inspiram diretamente as versões dos super-heróis modernos. Em alguns casos, como no de Thor, por exemplo, alguns elementos são tirados da mitologia sem nenhuma alteração.

Para muitos, o primeiro super-herói pode ter sido o Superman, com estreia nos quadrinhos em 1938. No entanto, há várias outras histórias que vieram antes dessa.

Super-heróis na mitologia

Hércules

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias

Continua após a publicidade

Filho de Zeus com uma mortal, Hércules conseguiu completar 12 trabalhos ditos impossíveis. Isso porque, dentre outras habilidades, era dono de uma força sobre-humana. Sobretudo, o poder é a base para a criação da grande maioria dos super-heróis, especialmente a partir da Era de Ouro dos quadrinhos. Na Marvel, inclusive, há uma versão do próprio Hércules em algumas versões dos Vingadores.

Aquiles

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
ThoughtCo

Uma das grandes contribuições da lenda de Aquiles para a construção dos super-heróis é a existência de um ponto fraco. Apesar de ser um guerreiro exemplar, o herói possuía uma fraqueza no calcanhar. Uma vez que foi mergulhado no rio Estige por sua mãe, para ganhar seus poderes, acabou ficando com essa parte do corpo de fora e vulnerável. Nos super-heróis modernos, a fraqueza pode ser representada como kryptonita, para o Superman, ou a espada Murasama, para o Wolverine.

Ulisses

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
ThoughtCo

Também conhecido como Odisseu – o herói da Odisseia -, Ulisses se viu diante de uma série de desafios na sua jornada de retorno para casa. Ele, no entanto, não era dotado de habilidades sobre-humanas, como Hércules ou Aquiles. Dessa maneira, precisava utilizar sua inteligência singular para se safar dos problemas, assim como o Batman. Na mitologia, ele consegue enganar o ciclope Polifemo dizendo que seu nome era “Ninguém”. Dessa maneira, depois que o monstro é atacado por Ulisses e é questionado por outros ciclopes sob o autor do ataque, só pode responder que Ninguém foi responsável.

Circe

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
Aventuras na História

A magia também é uma importante fonte de poderes entre super-heróis modernos. Veja os casos da Feiticeira Escarlate ou do Doutor Estranho, por exemplo, que dependem de conhecimentos místicos para exercer suas habilidades. Muito antes das versões modernas, entretanto, a feiticeira Circe já utilizada suas habilidades de feitiçaria na mitologia grega. Dentre outros conhecimentos, ela dominava técnicas de transfiguração e ilusionismo, utilizadas com frequência contra seus adversários.

Continua após a publicidade

Amazonas

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
The Wall Street Journal

Para quem conhece o mínimo de super-heróis nos quadrinhos, não é difícil perceber a influência das Amazonas da mitologia grega. Elas são a inspiração direta para a criação da Mulher Maravilha. Em suas primeiras histórias, inclusive, ela nasce numa tribo de mulheres guerreiras e obtêm seus poderes a partir das bênçãos de deuses gregos. Na mitologia, as Amazonas também são guerreiras poderosas, habilidosas e todas de muita coragem, não sendo intimidadas por homens.

Cupido

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
freepik

Um dos principais conceitos frequentes desde a criação dos primeiros super-heróis até hoje em dia é o da identidade secreta. Mas essa ideia não é algo recente na história. Já nas mitologias grega e romana, o Cupido (ou Eros), mantinha seus poderes e suas asas em segredo. Nem mesmo Psiquê, sua mulher, tinha conhecimento de suas atividades como deus do amor. Na época, no entanto, ele não utilizava uma fantasia especial, mas apenas insistia que a mulher apagasse as luzes em sua presença.

Perseu

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
ThoughtCo

Para vencer a Medusa, Perseu precisou da ajuda do elmo de Hades. Isso porque o item mágico era capaz de deixá-lo invisível, garantindo a furtividade durante a invasão do covil da criatura. Em super-heróis modernos, o poder já foi utilizado por vários personagens, sendo que a Mulher Invisível do Quarteto Fantástico é a mais popular.

Thor

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
Britannica

Aqui não tem muito mistério. O personagem Thor Odinson, da Marvel, é diretamente inspirado no deus do trovão da mitologia nórdica. Assim como nos quadrinhos, ele utiliza o martelo Mjölnir para atacar seus inimigos, voar e controlar raios e trovões.

Continua após a publicidade

Spring-Heeled Jack: o primeiro super-herói

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
Dark Histories

Já com o avanço de alguns séculos, saindo da Antiguidade, alguns defendem que o primeiro super-herói a se encaixar nos conceitos mais contemporâneos surgiu na Inglaterra do século XIX. Na época, Spring-Heeled Jack era descrito como uma figura com olhos em chamas e vestindo um capacete com chifres.

Em suas primeiras aparições, o personagem era descrito como um criminoso que abordava mulheres jovens. Entretanto, em 1867, a história Spring-Heel’d Jack: The Terror of London transformou a ideia.

A partir daí, Jack era retratado como um nobre injustiçado que usou seus podres para roubar dos ricos e doar para os pobres, como uma espécie de Robin Hood. A série teve 40 partes publicadas em revistas da época, com autoria de Charleton Lea.

Fantomah: a primeira super-heroína

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias
Public Domain Super Heroes

Se o primeiro super-herói surgiu ainda no século XIX, a personagem reconhecida como primeira super-heróina só foi aparecer dois séculos depois. Criada por Fletcher Hanks, Fantomah só fez sua estreia em 8 de dezembro de 1941, três anos após o início do Superman.

Continua após a publicidade

Na história, ela era uma princesa egípcia revivida durante o século XX para proteger selvas africanas. Além disso, curante suas transformações, fica com a pele azul e um rosto de crânio, além de ganhar poderes de feitiçaria.

Apesar de ser considerada a primeira super-heróina, Fantomah surgiu dois anos depois da Tornado Vermelho. No entanto, alguns consideram que a Tornado não pode receber o título por se tratar de uma paródia dos heróis da época, e não ser uma heroína completamente original.

Primeiro super-herói de Stan Lee

Primeiro super-herói - origens e inspirações para as primeiras histórias

Por fim, grande parte do conceito de super-heróis modernos surgiu nos quadrinhos da Marvel, a partir da década de 60, com as criações de Stan Lee. Apesar disso, ele já trabalhava na editora contribuindo para o surgimento de outros personagens desde a década de 40.

Continua após a publicidade

De acordo com algumas fontes, no fim da década, Lee teria sido responsável por co-criar o personagem Black Marvel, na revista Mystic Comics. A história já trazia um estilo bem similar ao dos quadrinhos publicados por Lee, mas não tem confirmações do envolvimento do autor.

Uma das dificuldades de definir o primeiro super-herói criado pelo lendário autor é a forma de funcionamento do mercado na época. Muitas vezes, ideias eram jogadas em salas de reunião e personagens envolviam vários nomes na criação, bem como eram deixados de lado para serem reaproveitados depois. Dessa maneira, apesar de impreciso, a melhor forma de determinar a criação de um personagem é utilizar sua data de publicação.

Nesse sentido, pode-se dizer que um dos candidatos a primeiro super-herói de Stan Lee foi Headline Hunter. O personagem era um repórter que fez sua estreia na revista Captain America Comics #5. Já na edição seguinte, Lee apresentou o personagem Father Time. Um mês depois, um dos personagens mais populares a época fez sua estreia, também com criação de Stan Lee: o Destroyer.

Apesar disso, antes de todas essas edições serem publicadas, a revista U.S.A. Comics #1 foi lançada em abril de 1941. Nela, o personagem Jack Frost (de Lee), fazia sua estreia. Sendo assim, seguindo critérios de data de publicação, provavelmente esse pode ser considerado o primeiro super-herói do lendário autor.

Continua após a publicidade

Fontes: Ei Nerd, BBC, Central Vingadores, UOL Entretenimento

Imagens: ThoughtCo, Skillset, Aventuras na História, The Wall Street Journal, freepik, Britannica, Dark Histories, Public Domain Super Heroes

Próxima página »

Escolhidas para você