Curiosidades

Qual será o futuro da lama de Brumadinho nos próximos dias?

Após o rompimento da barragem em Brumadinho, o maior desastre ambiental já visto no Brasil, qual será o destino da lama? Confira agora!

Atualizado em 04/02/2019

O rompimento da barragem da Vale na Mina do Córrego Feijão, em Brumadinho, já é considerado o pior desastre ambiental do Brasil. Já no 8° dia de buscas, soma-se 110 mortos e 238 pessoas desaparecidas. Dos corpos resgatados até o momento em que essa matéria foi postada, 71 foram identificados. Ao todo, 394 pessoas foram localizadas. O número de desalojados ou desabrigados chaga a 108.

“Nos próximos dias, com certeza o número de corpos [encontrados] aumentará. Entretanto, a velocidade de avanço diminui, porque o trabalho é mais minucioso”, afirmou para a imprensa o porta-voz dos bombeiros, Pedro Aihara.

Após uma semana do acontecimento, será que a tragédia consegue fazer mais estragos? Essa pergunta ganha novas perspectivas quando lembramos que toda aquela lama ainda está por ai, percorrendo um caminho. Qual é o futuro dela nos próximos dias?

Para onde irá a lama de Brumadinho?

Qual será o futuro da lama nos próximos dias em Brumadinho?

São José da Varginha, um município com 4.198 habitantes, estava no caminho da lama. Quem afirmou antecipadamente foi o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), que está monitorando continuamente o deslocamento dos rejeitos [que também já se encontra no Rio Paraopeba].

Já entre os dias de 5 a 10 de fevereiro a pluma [nome que se dá a mistura da água com o rejeito] deve atingir o reservatório da Hidrelétrica de Retiro de Baixo, em Pompéu, localizado a 200 quilômetros do local do rompimento da barragem. Desde a tragédia, a hidrelétrica está com o seu funcionamento suspenso.

A Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, está trabalhando para que os rejeitos e água turva não cheguem até a Hidrelétrica de Três Marias, no município de mesmo nome.

Rio São Francisco

Qual será o futuro da lama nos próximos dias em Brumadinho?

A hidrelétrica de Três Marias fica localizada no Rio São Francisco. A grande bacia nacional se encontra 30km abaixo da barragem de Retiro Baixo, segundo a Agência Nacional das Águas, a ANA. Para se ter uma ideia, o Rio Paraopeba é um dos principais afluentes do Rio São Francisco.

A previsão é que a lama chegue ao Rios São Francisco entre o dia 15 e 20 de fevereiro. Apesar disso, o governo e a Vale tentam encontrar uma maneira de proteger o Rio São Francisco da lama.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Outras 45 barragens podem provocar novos acidentes!

Fonte: VIX G1 Istoé

Imagem: O Petróleo Blog do Esmael