Notícias

Quando a pandemia vai acabar? OMS afirma que está longe de terminar

A pergunta que não quer calar: Quando a pandemia vai acabar? OMS diz que a pandemia do novo coronavírus não está nem perto do fim.

A pergunta que não quer calar: Quando a pandemia vai acabar? No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) respondeu esse questionamento e a resposta não foi a mais agradável. 

De acordo com a OMS, a pandemia do novo coronavírus não está nem perto do fim. Sendo assim, a divulgação da informação foi através de uma nota do órgão para líderes mundiais.

Além disso, o Diretor Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, chamou a atenção dos líderes mundiais que minimizam a variante ômicron da Covid-19 ao dizer que ela seria mais suave do que as anteriores. O especialista acredita que os cuidados devem continuar e tratá-la do mesmo jeito que as outras. 

Os casos no mundo

Quando a pandemia vai acabar? OMS afirma que está longe de terminar

Continua após a publicidade

A França contabilizou cerca de meio milhão de novos casos por dia. A divulgação dos dados foi feita ontem (18). Já na Alemanha, um número superior a 100 mil novas infecções pelo novo coronavírus foram registradas no prazo de 24 horas. O levantamento foi revelado hoje (19).  

Segundo o Diretor Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, a variante ômicron conseguiu espalhar mais de 18 milhões de novas contaminações por todo o Planeta Terra na última semana. A cepa possui consequências menos graves para os pacientes, no entanto, é enganosa, de acordo com Tedros. 

O especialista ressaltou ainda que a razão disso é que a variante ômicron provoca mortes e hospitalizações. Além disso, até em situações menos urgentes faz com que os hospitais fiquem cheios. 

Recorde de casos da variante ômicron na Europa

Quando a pandemia vai acabar? OMS afirma que está longe de terminar

Continua após a publicidade

Diversos casos do novo coronavírus parecem todos os dias na Europa na mesma proporção que a variante ômicron se propaga pelo continente. Portanto, houve um recorde de casos de Covid-19 na Dinamarca. O País registrou 33.493 novos casos por dia na última terça-feira (18). No mesmo dia, a Itália também bateu seu recorde com 228.179 novas infecções.

No entanto, em alguns países da Europa houve indícios de queda da variante ômicron do novo coronavírus. Na Irlanda, por exemplo, os números caíram expressivamente de casos de Covid-19 nos últimos dias. Além disso, a Espanha também apresentou resultados de baixa referente a contaminações pela variante ômicron pela primeira vez.  

O número de casos de contaminação pela variante ômicron também diminuiu no Reino Unido. Por isso, hoje (19) os ministros do governo podem revisar as medidas de restrição contra o novo coronavírus. 

 Confira também sobre a Variante genética que pode defender contra a Covid-19 é descoberta!

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você