Quem foi Georges Méliès, o 1º a ganhar um doodle do Google em 360º?

Nem todo mundo entende porquê o Google acaba homenageando alguns nomes com seus doodles, mas essa é uma excelente oportuinidade de expandir nossos conhecimentos gerais. Um bom exemplo disso, aliás, é a homenagem a Georges Méliès, o primeiro a ganhar um doodle de animação em 360º.

Para quem nem imagina quem tenha sido esse francês, ele foi cineasta e ilusionista. Ele também é considerado o primeiro no mundo a utilizar efeitos especiais no cinema. Foi graças às experiências excêntricas de Georges Méliès com os filmes da época que o cinema começou a trilhar os caminhos que hoje conhecemos.

E, nada melhor para homenagear um homem tão criativo que uma animação em 360º, não é mesmo? É exatamente isso que você vê ao clicar na página principal do Google nessa quinta-feira (3 de maio).

Técnicas de ilusionismo

O doodle animado conta uma história curta e romântica, cheia de aventuras também, ao longo de dois minutos mágicos. Na animação, Georges Méliès vai atrás da Rainha de Copas, seu amor, e acaba percorrendo o espaço e até mesmo o oceano.

O mais fantástico de tudo é que, além de entreter, a animação do Google faz também referência a várias técnicas desenvolvidas e utilizadas por Georges Méliès. Uma das mais famosas, aliás, é a duplicação e as duplas exposições em filme.

Os truques de Georges Méliès

Só para você ter ideia de como tudo começou, na época o cineasta filmava a mesma cena diversas vezes no mesmo longa e, então, conseguir fazer criar a ilusão de que o personagem estava em dois lugares ao mesmo tempo. Ele também costumava pausar a filmagem e retirar um determinado objeto de cena para criar a impressão de que ele havia desaparecido.

E, por mais que esses truques nos pareçam bobos hoje em dia, a verdade é que, na época, eles eram revolucionários!

Trecho de “La Voyage dans la Lune”, em que Méliès usa o truque para fazer o personagem desaparecer da cena

Um bom exemplo disso você pode confere em Le voyage dans la Lune, de 1902, e em Voyage à travers L’impossible, de 1904. Nessas duas histórias fantásticas retratadas em filmes, Georges Méliès se inspira nas obras (também fantásticas) de Julio Verne e deixa a imaginação rolar solta com muitos truques de câmera e efeitos especiais nunca antes utilizados no cinema.

Doodle em 360º

Agora, se você ficou interessado na história dessa personalidade tão incrível – que nos deixou em 1938, aos 77 anos – se prepare para assistir ao doogle feito pelo Google.

Para aproveitar a experiência de forma completa, o ideal é que você tenha um Google Cardboard ou um DayDream View, acessórios desenvolvidos especialmente para esse tipo de formato de vídeo. O diferencial é que, com essas peças, é possível fazer uma imersão completa nesse estilo de animação especial e navegar pelas diversas áreas do vídeo, mexendo somente a cabeça de uma lado para o outro.

No iOS e no Android, é possível também ter uma ótima experiência utilizando o Google Spotlight, uma plataforma de histórias imersivas do Google, que permite assistir ao filme com uma qualidade incrível, mesmo sem óculos de realidade virtual, apenas movimentando o celular.

Mas, caso você não tenha nada disso, dá para assistir sem essas coisas também. Você só vai precisar acompanhar os movimentos da animação utilizando o mouse para mover a tela.

Assista a animação em 360º em homenagem a Georges Méliès:

E então, gostou da animação? Você já sabia quem era Georges Méliès? Não deixe de nos contar, nos comentários!

Agora, falando em doodles interessantes, você pode gostar de conferir ainda: Quem é Maya Angelou e porque o Google fez um doodle sobre ela?

Fonte: M De Mulher