Saúde

Quinina, o que é? Como consumir e benefícios à saúde

A quinina é uma substância responsável por dar amargor a bebidas como água tônica, mas já foi utilizada como medicamento contra malária.

Por P.H Mota

A quinina é uma substância presente na casca da árvore de quina, conhecida cientificamente como Cinchona calisaya. Além de presente na forma natural, ela está presente na água tônica e é responsável pelos benefícios e pelo sabor da bebida.

A princípio, o composto era um dos principais medicamentos utilizados no tratamento contra malária. Atualmente, no entanto, o desenvolvimento de medicamentos sintéticos como cloroquina e primaquina provocaram a redução no uso.

Ainda que o composto tenha perdido parte de sua utilidade, ainda é comum em receitas para remédios caseiros e tradicionais, graças às suas propriedades febrífugas, digestivas e cicatrizantes.

Benefícios da árvore de quinina

Quinina - o que é, como consumir e principais benefícios à saúde
Natureza Curiosa

Além das altas concentrações em quinina, a árvore também possui outros compostos com efeitos benéficos para a saúde. Entre eles, por exemplo, estão quinidina, cinconina e hidroquinona.

Continua após a publicidade

Seus principais efeitos envolvem a melhora da digestão e a atuação na desintoxicação do fígado. Além disso, possui ação antisséptica e anti-inflamatória, com efeitos que incluem combate à febre e redução de dores no corpo.

Os compostos da planta quina também são utilizados para adicionar amargor a alimentos e bebidas, como na água tônica.

Digestão: a quinina estimula a produção de saliva, promovendo a digestão já no primeiro contato com o alimento, na boca. Além disso, a substância também favorece as glândulas gástricas, ajudando a reduzir queimação e náuseas no estômago.

Desintoxicação: a substância ajuda a eliminar toxinas que podem ficar acumuladas no fígado ou em outras partes do corpo. Geralmente, elas ficam acumuladas após o consumo de alimentos ou bebidas com excesso de corantes e conservantes, por exemplo.

Continua após a publicidade

Cicatrização: as propriedades antioxidantes da quinina favorecem a cicatrização do corpo, a partir da neutralização de radicais livres. Dessa maneira, a substância ajuda a regenerar a pele, reduzindo acne e rugas, bem como melhorando a circulação de sangue e garantindo o rejuvenescimento.

Consumo e contraindicações

Quinina - o que é, como consumir e principais benefícios à saúde
Cultura Mix

O principal consumo de quinina acontece na forma de chá, feito com folhas e cascas da planta. Para isso, basta misturar um litro de água com 2 colheres da casca e deixar fervendo por dez minutos. Em seguida, deixa a mistura descansar para resfriar e beba entre duas e três xícaras por dia.

Além da forma natural, também é possível encontrar quinina na forma de cápsulas. Essa variação, no entanto, só deve ser utilizada sob a orientação médica, já que contêm contraindicações e pode oferecer efeitos colaterais negativos.

Pacientes como grávidas e crianças, ou com depressão, problemas de coagulação do sangue e doenças hepáticas não devem consumir a substância. Além disso, medicamentos como Cisaprida, Heparina, Rifamicina ou Carbamazepina também pode provocar reações indesejadas no corpo humano.

Continua após a publicidade

Entre os principais efeitos adversos do consumo estão alteração dos batimentos cardíacos, náuseas, confusão mental, visão embaçada, tonturas, hemorragias e problemas no fígado.

Água tônica e quinina

Quinina - o que é, como consumir e principais benefícios à saúde
Museu da Gula

A composição da água tônica conta com hidrocloreto de quinina, que ajuda a dar o sabor amargo da bebida. É esse gosto, inclusive, que torna a variante de água atraente para tanta gente, seja na forma pura ou como ingrediente de drinques.

Apesar disso, a concentração de quinina na mistura fica abaixo de 5 mg/L. Isso significa que, o efeito benéfico que o composto oferece em sua forma natural é muito reduzido aqui, quase inexistente em alguns casos.

Fontes: Tua Saúde, Clique Farma, Museu Da Gula

Continua após a publicidade

Imagens: Sputnik, Natureza Curiosa, Cultura Mix, Museu da Gula

Próxima página »

Escolhidas para você