Rainha Elizabeth dá presente de Natal comprado em supermercado para funcionários reais

Se você fica triste quando ganha aquele panetone de frutas cristalizadas de presente de Natal da firma, acredite, esse não é um presente tão simples assim. Aliás, se esse foi o presente que você ganhou do seu chefe ele não é muito diferente do que a própria Rainha Elizabeth compra para seus mais de 1500 funcionários nessa época do ano.

Aliás, se você achava que o presente de Natal da família real britânica aos seus funcionários fosse algo luxuoso, pode ir preparando a carinha de decepção aí.

De acordo com o jornal britânico The Independent, a rainha Elizabeth presenteia o pessoal que trabalha parra ela com nada mais, nada menos que um pudim natalino. Sim, algo cheio de uva passa (polêmica!) bem parecido com os panetones de supermercado.

Supermercados Tesco

Aliás, por falar em supermercado, esse também é um ponto em comum do seu presente da firma com o presente que a rainha dá ao pessoal do palácio. Atualmente, o pudim de Natal é comprado na Tesco, uma rede popular de supermercado daqueles lados de lá.

Ainda de acordo com o jornal, a tradição de presentear os funcionários com o pudim natalino começou com o avô da rainha Elizabeth, George V.

Mas, ao que tudo indica, naquela época o pudim era uma espécie de iguaria, provavelmente feita por um confeiteiro famoso ou, como a gente espera, pelo menos comprado em uma confeitaria tradicional, como a Harrods.

Presente da rainha Elizabeth não para por aí…

E, se você ficou desanimado diante do presente da rainha Elizabeth, a parte boa é que junto com o pudim os funcionários recebem também um cartão de Natal assinado pela rainha e pelo duque de Edinburgo. Agora sim, vimos vantagem, hein!?

Aos funcionários mais antigos, o casal real oferece ainda vouchers para gastar em compras na rede de supermercados.

E aí, o que você acha desses “presentões”? Melhor isso que nada, não é verdade?

Agora, falando em presentes de Natal, você pode se divertir lendo essa outra matéria: 30 presentes de Natal que você nunca mais vai ganhar.

Fonte: Glamour