Curiosidades

Será que você é viciado em pornografia? Faça o teste

Conteúdo adulto pode causar dependência, sabia? Responda o teste e descubra se você é um viciado em pornografia e ainda não percebeu.

Já ouviu falar que tudo em excesso é ruim? Com relação aos conteúdos adultos disponíveis com tanta facilidade na internet não é diferente e tem muita gente por aí que já pode ser considerado um viciado em pornografia, sabia?

Segundo especialistas, é normal que uma vez ou outra as pessoas acabem vendo esse tipo de conteúdo na internet e em outros meios disponíveis. No entanto, a compulsividade sobre o assunto e a necessidade urgente que algumas pessoas desenvolvem em consumir esse tipo de informação, às vezes sobrepondo às tarefas do cotidiano e à própria prática sexual real, podem ser vistos como uma enfermidade da mente.

Quem entende do assunto explica esse fato pela facilidade com que o conteúdo adulto é encontrado hoje em dia. Se antes as pessoas precisavam comprar seus filmes, ir atrás de uma revista nas bancas ou mesmo frequentar as áreas restritas da locadoras, hoje em dia é muito mais fácil se tornar um viciado em pornografia sem nem ter que sair de casa.

Continua após a publicidade

Mas o vício não é o único problema. Além de deixar de lado uma vida social saudável, é comum que os jovens passem a ter uma imagem distorcida do sexo. Por que, se você não sabe, as coisas na prática são bem diferentes das que são retratadas nos filmes.

Como fazer o teste

O teste que você confere abaixo foi desenvolvido pelos pesquisadores da Universidade Eötvös Loránd, na Hungria. Eles criaram uma escala para conseguir identificar o problema com maior facilidade.

Como você vai ver, consumo ocasional desse tipo de conteúdo não tem problema algum, pelo menos para a Ciência. O vício é identificado quando a pessoa desenvolve problemas cotidianos, como na vida amorosa, profissional, familiar e assim por diante.

Continua após a publicidade

O mais importante a se saber é que se você for um viciado, assim como em qualquer outro caso, existe tratamento psicológico para isso e você pode voltar a ter uma vida normal, mas buscar ajuda especializada, ok?

Agora, sobre o teste, tudo que você precisa fazer para saber se é ou não um viciado em pornografia é responder as perguntas abaixo conforme a escala abaixo:

Nunca: 1;

Raramente: 2

Continua após a publicidade

Ocasionalmente: 3

Algumas vezes: 4

Frequentemente: 5

Com muita frequência: 6

Continua após a publicidade

Todo o tempo: 7

Faça o teste e descubra se você é viciado em pornografia:

1. Eu sinto que a pornografia é uma parte importante da minha vida

2. Eu uso a pornografia para restaurar a tranquilidade dos meus sentimentos

3. Eu acho que a pornografia causa problemas na minha vida sexual

Continua após a publicidade

4. Eu sinto que eu tenho que assistir mais e mais pornografia para me satisfazer

5. Eu já tentei, sem sucesso, reduzir a quantidade de pornografia que assisto

6. Eu fico estressado quando alguma coisa me impede de assistir pornografia

7. Eu penso sobre o quão bom seria assistir pornografia

Continua após a publicidade

8. Assistir pornografia me ajuda a me livrar dos meus sentimentos negativos

9. Assistir pornografia me impede de mostrar o que há de melhor em mim

10. Sinto que preciso de mais e mais pornografia para satisfazer minhas necessidades

11. Quando eu decido não assistir mais pornografia, eu só consigo fazer isso por um curto período de tempo

Continua após a publicidade

12. Eu fico agitado quando não consigo ver pornografia

13. Eu alivio minhas tensões vendo pornografia

14. Eu não participo de outras atividades de lazer porque assisto pornografia

15. Eu gradualmente comecei a assistir mais pornô extremo porque o pornô que eu assistia antes era menos satisfatório

Continua após a publicidade

16. Eu resisto a assistir pornografia por apenas um pouco de tempo antes de ceder

17. Eu sinto muita falta de ver pornografia quando fico um tempo sem assistir

Como calcular o resultado

Se a somatória de suas resposta foi de 76 pontos ou mais, indica que você tem problemas com relação ao consumo de conteúdo adulto, ou seja, pode ser que você seja um viciado. O melhor a se fazer é buscar ajuda profissional para diagnosticar e tratar o problema.

Conforme os criadores do teste, a escala foi criada com base nos testes e respostas de 772 homens e mulheres que responderam à investigação. Desse total, 3,6% das pessoas estavam em grupo de risco.

Continua após a publicidade

E então, qual seu resultado? Será que ele condiz com a realidade? Acha que você precisa de ajuda profissional ou está dentro da normalidade? Não deixe de nos contar nos comentários.

Agora, falando em conteúdo adulto, você precisa conferir ainda: 10 sites adultos mais acessados do mundo.

Fonte: Mega Curioso

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você