Saúde

Síndrome de Fregoli: um transtorno delirante de identificação

A Síndrome de Fregoli consiste em delírios de falsa identificação, pois envolve o não reconhecimento de outras pessoas, às vezes até de si mesmo.

A Síndrome de Fregoli é um transtorno delirante que consiste na crença de que pessoas familiares possuem outra identidade. Nesse distúrbio, o paciente confunde estranhos com parentes ou entes queridos.

Essas síndromes fazem parte de um grupo de “síndromes de identificação errônea delirante“. Caracteriza-se pelo fato de os pacientes se sentirem perseguidos por uma pessoa que julgam ver em todos os lugares, por um indivíduo que é capaz de assumir a aparência de alguém que conhece, mudando seus rostos conforme se fosse um ator.

Origem do nome

O distúrbio tem o nome do ator italiano Leopoldo Fregoli, que era uma famosa drag queen e ator de teatro, reconhecido por sua capacidade de transformar, imitar e disfarçar.

Oliver Sacks popularizou esta ilusão através do seu livro de 1985 “The Man Who Mistook His Wife for a Hat”, que desde então inspirou vários filmes, como Total Challenge, The Perfect Women ou Anomalisa.

Continua após a publicidade

Desde sua descrição em 1927, apenas 40 casos foram documentados em todo o mundo, embora se acredite que esse distúrbio seja provavelmente subdiagnosticado.

Causas da Síndrome de Fregoli

A Síndrome de Fregoli é um delírio monotemático classificado na categoria do que conhecemos como “delírios de falsa identificação”. Está relacionada a distúrbios como psicose, demência e lesões cerebrais.

Como outros delírios semelhantes, ela está associada a um déficit no reconhecimento de rostos: a percepção de rostos desconhecidos desencadearia a identificação errônea destes com outros mais familiares, geralmente entes queridos ou celebridades. Também pode ser influenciado por outros sentidos, como audição e olfato.

Esse transtorno é frequentemente associado a um componente paranoico, uma vez que as pessoas com síndrome de Fregoli geralmente pensam que o imitador as está perseguindo para prejudicá-las.

Continua após a publicidade

Desse modo, as causas da síndrome de Fregoli podem ser trauma cerebral grave nas regiões temporoparietais direita ou esquerda do cérebro. Além disso, danos ou lesões no giro fusiforme ou no lado direito do giro temporal também podem estar relacionados ao distúrbio.

Sintomas

Os principais sintomas são:

  • Delírios e episódios alucinatórios
  • Falta de memória visual
  • Falta de autocontrole
  • Falta de autoconsciência
  • Convulsões
  • Episódios epileptogênicos

Tratamento

Como todo delírio, é um sistema de crenças incontroláveis ​​e imutáveis, que requer tratamento psiquiátrico com neurolépticos. Com efeito, para o tratamento da Síndrome de Fregoli, é utilizado um tipo de medicamento antipsicótico, além de medicamentos antidepressivos e, em alguns casos, medicamentos anticonvulsivantes.

Além disso, os tratamentos cognitivo-comportamentais também são indicados. Em suma, eles se concentram na reestruturação cognitiva por meio da normalização dos sintomas, desafio verbal sem confronto e testes de realidade para refutar as hipóteses do cliente.

Continua após a publicidade

Diferenças entre as síndrome de Fregoli e de Capgras

Por fim, a síndrome de Capgras é um distúrbio neuropsiquiátrico que afeta a capacidade de identificação do paciente. Ele acredita fervorosamente que uma pessoa, geralmente um membro da família, é substituída por um impostor idêntico.

Dessa maneira, a síndrome de Fregoli é o inverso do delírio de Capgras, pois existe a crença de que pessoas diferentes são de fato uma pessoa disfarçada.

Fontes: Hospital Santa Mônica, Infoescola, Vitat, Ciência e Cognição

Leia também:

Continua após a publicidade

O que é Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC)?

Síndrome do Patinho Feio, o que é? Como lidar com o transtorno

Ursinho Pooh: personagens do desenho representam transtornos mentais

Ninfomania, o que é e os principais sintomas do transtorno

Continua após a publicidade

Tripofobia: o transtorno de quem tem medo de buracos

Bibliografia

Feinberg TE, Roane DM. Delusional misidentification. Psychiatr Clin N Am. 2005;28:665-83.
Howard R, Rabins PV, Seeman MV, Jeste DV; The International Late-Onset Schizophrenia Group. Late-onset schizophrenia and very-lateonset schizophrenia-like psychosis: an international consensus. Am J Psychiatry. 2000;157:172-8.
Sallett PC, Gattaz WF. Estudos de neuroimagem na classificação de Leonhard. Rev Psiq Clín. 2002;29:237-47.

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você