As substâncias mais usadas para substituir drogas no cinema

Para que um cena fique boa o suficiente para ser editada e, então compor um filme, uma novela ou outros modelos de entretenimento, é preciso que ela seja repetida algumas vezes. Claro que há exceções, com atores espetaculares o suficiente para da a emoção necessária à cena em um só “tape”, como diz o jargão desse mundo.

É por isso – e, claro, para conservar a saúde dos atores -, que a maioria das drogas, como álcool e cigarro são substituídos por substâncias cenográficas, extremamente inocentes, mas que enganam bem, se vistas no meio de um filme, por exemplo. Imagina o quão bêbado ficaria um ator que precisasse fazer uma cena de bebedeira algumas vezes? Provavelmente seu dia de trabalho estaria perdido!

Obviamente, sempre há aqueles que preferem “veracidade” nas cenas e não dispensam um bom e legítimo uísque ou mesmo uma tragada em um cigarro comum. Mesmo assim, tem coisas que não teria jeito de “colocar na dança” durante as gravações e é por isso que a produção, literalmente, precisa usar a imaginação para substituir algumas ‘cositas’, como você vai ver abaixo:

Álcool

1

Uísque: Chá-mate com bastante gelo ou até guaraná sem gás, em um copo apropriado.

Cachaça/vodca: Água engana bem.

Bebidas coloridas: Todos aqueles drinques, na verdade, não passam de água, gelo e anilina ou outros corantes por aí.

Cerveja: Cerveja sem álcool.

Champanhe: Esse é um caso muito particular, segundo alguns produtores, porque não dá para ser substituído tão facilmente. Tem gente que tenta usar soda-limonada, mas não fica igual. Daí o jeito é usar espumantes reais.

Cigarro

3

Versões sem nicotina, daqueles feitas para quem tenta parar de fumar. Normalmente são importados e custam em torno de 4 dólares o maço.

Maconha

4

A erva pode ser substituída por tabaco comum enrolado na seda. Mas se a cena for mais focada em mostrar a confecção do baseado, é preciso misturar tabaco com sálvia para ficar mais parecido com a maconha real.

Cocaína

2

No caso da cocaína, há duas situações bem distintas

Para ver: Se for só mostrada na cena, usa-se farinha de trigo peneirada, bem fininha; frutose ou açúcar de confeiteiro para fazer as carreiras ou papelotes.

Para cheirar: Nesse caso, o mais indicado mesmo é o soro fisiológico em pó. A substância é vendida em farmácias e, se dissolvida em água, ajuda a combater gripes e resfriados. Como não faz mal se for inalada e tem uma aparência igual à droga, é essa a solução para quando os atores precisam cheiras as carreirinhas mostradas nos filmes.

E então, você sabia disso?