Saúde

Surto de doença em Pernambuco pode ter relação com ivermectina

Um surto de uma doença tomou conta de Pernambuco. Sendo assim, as pessoas sentem uma forte coceira pelo corpo.

Um surto de uma doença tomou conta de Pernambuco. Sendo assim, as pessoas sentem uma forte coceira pelo corpo. Na maioria dos casos, provocam diversas feridas e o avermelhamento da pele. 

Os primeiros casos começaram a surgir em outubro deste ano, em Recife, capital de Pernambuco. Portanto, só na cidade, mais de 170 pessoas estão com os sintomas. As informações são da Secretaria de Saúde do Estado. 

Pesquisa sobre o surto da doença em Pernambuco

Uma pesquisa foi feita pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e revelou que o surto da doença em Pernambuco tem ligação com grandes quantidades do uso de ivermectina durante a pandemia do coronavírus. Por isso, provocou uma epidemia de sarna humana. 

 Ainda segundo o estudo, a utilização excessiva do medicamento resultou no desenvolvimento de uma mega resistência da escabiose. Ou seja, a responsável pela sarna humana.

Continua após a publicidade

Os casos

Só em Pernambuco, aproximadamente 12 Cidades apresentaram situações em que os pacientes tinham ferimentos na pele devido a intensa coceira. Sendo assim, a maioria dos registros foi feito em Recife. Portanto, um número superior a 35 bairros fazem parte destes dados.  

A pesquisa da UFAL já mostrou que o ácaro que provoca os sintomas foram devido ao uso excessivo de ivermectina. Por isso, a doença criou imunidade ao medicamento. No entanto, mais testes devem ser feitos para que os especialistas realmente saibam se foi a ivermectina que provocou esta situação ou se há alguma outra possibilidade que causou a reação alérgica. 

Número de vítimas do surto da doença

Devido ao surto da doença em Pernambuco, já foram diversos registros feitos no Estado. Abaixo podemos conferir, por exemplo, o número de vítimas em cada Cidade:

Continua após a publicidade
  • Recife: 176
  • Camaragibe: 108
  • Jaboatão dos Guarapes: 60
  • Olinda: 22
  • Cabo de Santo Agostinho: 9
  • Itapissuma: 5
  • Paulista: 10
  • Nazaré da Mata: 3
  • Igarassu: 5
  • Ipojuca: 3
  • Araçoiaba: 1
  • São Lourenço da Mata: 7

Medidas para serem tomadas

Surto de doença em Pernambuco provoca forte coceira pelo corpo

De acordo com as orientações da Secretaria Estadual da Saúde de Pernambuco, todos que estiverem com os sintomas devem procurar imediatamente socorro médico. Ou seja, nada de se automedicar. Ademais, não é recomendável também o uso de ivermectina, por hora. 

Cada caso está em processo de avaliação. Sendo assim, todas as ocorrências passam por investigação clínica, epidemiológica e laboratorial.

Confira também sobre 7 coisas que já se sabe sobre a variante Ômicron, da COVID-19!

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você