Notícias

Terremoto de magnitude 7.3 atinge Japão em Tóquio e Fukushima

Um terremoto de magnitude 7.3 atinge Japão na quarta-feira (16), sendo sentido em Tóquio e na província de Fukushima.

Um forte terremoto de magnitude 7.3 atinge Japão, em sua costa nordeste, na última quarta-feira (16). Com base em informações da Agência de Gestão de Incêndios do país, o tremor causou duas mortes, e ainda deixou 94 pessoas feridas. Foi possível sentir o terremoto em Tóquio e na costa da província de Fukushima. Nesse sentido, a região já sofreu com fortes tremores e outros tsunamis perigosos em março de 2011. Na ocasião, também provocaram um desastre nuclear.

Apesar do fornecimento de energia da área já estar restabelecido, cerca de 700 mil residências acabaram ficando sem luz na capital japonesa. Da mesma forma, um alerta de tsunami teve emissão pelas prefeituras de Miyagi e Fukushima. Contudo, estavam cancelados pelas autoridades logo depois. É comum que se acione um aviso de tsunami assim que as ondas atingem até 1 metro acima de níveis normais de maré.

Fumio Kishida, primeiro-ministro do Japão, afirmou em entrevista que as usinas nucleares da região não sofreram com os tremores. Dessa forma, os níveis seguem normais. Por outro lado, fortes terremotos no país podem interromper a fabricação de componentes eletrônicos sensíveis. Esse é o caso dos semicondutores, feitos por meio de máquinas de precisão.

Terremoto de magnitude 7.3 atinge Japão na região de Fukushima

IstoÉ

Seja como for, durante o terremoto de 2011, a produção em uma fábrica da Renesas Eletronics acabou interrompida por três meses. A empresa é responsável por produzir quase um terço de todos os chips microcontroladores de carros. Além disso, um incêndio no local em 2021 causou uma grande falta de chips. Isso forçou as montadoras a reduzirem a produção. De acordo com a Renesas, estavam verificando as condições de três de suas fábricas, Naka, Yonezawa e Takasaki. Assim, forneceriam uma declaração sobre a produção ser afetada ou não.

Continua após a publicidade

Ainda sobre a ocasião em que terremoto de magnitude 7.3 atinge Japão, o país está na fronteira de várias placas tectônicas. Dessa forma, é vítima de cerca de um quinto dos terremotos do mundo de magnitude 6 ou superior. De acordo com o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico dos EUA, um tsunami em toda a bacia do Pacífico por conta dos tremores do Japão não é uma possibilidade.

Fonte: CNN

Próxima página »

Escolhidas para você