Curiosidades

Trovão: o que é e o que provoca a luz e os sons dos trovões?

O trovão é um dos fenômenos da natureza mais impressionantes, mas também um dos menos compreendidos. Você sabe porque ele é tão barulhento? E por que o céu se ilumina com ele? Nós explicamos!

A natureza e os seus fenômenos são mágicos, e certamente você concorda comigo. Um dos mais belos de todos é o trovão. O fenômeno se dá pelo aquecimento do canal principal durante a subida da descarga de retorno. Devido à alta variação de temperatura no canal, e à variação da pressão a sua volta, o ar aquecido se expande e gera duas ondas.

Inicialmente, a primeira é uma onda de choque supersônica, com velocidade maior que a velocidade do som no ar e que nas proximidades do local da queda é um som inaudível para o ouvido humano. Enquanto isso, a segunda é uma onda sonora de grande intensidade a distâncias maiores. Essa constitui o trovão audível.

O solo e o ar são meios de propagação dos trovões. A frequência em hertz dessa onda sonora varia de acordo com esses meios. Consequentemente são maiores no solo. O trovão ocorre sempre após o raio, já que a velocidade da luz (cerca de 300.000.000 m/s) é bem maior que a do som (cerca de 348 m/s) no ar.

O que provoca o som do trovão

Natureza: qual é a verdadeira causa do som do trovão

Inicialmente, podemos dizer que o som após o relâmpago é resultado de uma vibração do meio externo. Ele acontece por causa de uma forte descarga elétrica que se estabelece entre as nuvens e o solo terrestre.

O raio gera uma corrente elétrica de grande intensidade que ioniza o ar ao longo do caminho, produzindo o relâmpago. O ar em torno dessa corrente se aquece rapidamente a uma temperatura de até 27.000 ºC.

Continua após a publicidade

Alem disso, as partículas de ar se expandem pelo calor e são imediatamente comprimidas pelo resfriamento da atmosfera. Dessa forma, cria-se uma onda de ar comprimido que se expande como uma explosão para todas as direções, gerando o barulho que denominamos trovão.

Por que a luz vem primeiro?

Natureza: qual é a verdadeira causa do som do trovão

Primeiramente, vemos a luz do trovão, para só depois escutarmos o seu som. Isso acontece porque a velocidade da luz é maior do que a do som. Podemos afirmar que a distância de um raio em relação ao observador contando os segundos entre a percepção do relâmpago e a escuta do trovão. Cada segundo representa em média 300 metros de distância.

A  luz e som gerados pelos raios é uma combinação da vibração das partículas de ar e a perturbação das descargas elétricas na atmosfera terrestre.

Então, a que distância está a tempestade?

O trovão viaja 1,6 km em 5 segundos. Para descobrir a distância de uma tempestade, conte o número de segundos entre o momento em que você vê um relâmpago e o momento em que ouve o trovão. Para cada contagem de três, a tempestade está a cerca de um quilômetro de distância.

Segurança durante uma tempestade com raios e trovões

Trovão: o que é e o que provoca a luz e os sons dos trovões?

Continua após a publicidade

A temperatura do relâmpago pode ser seis vezes mais alta do que a temperatura na superfície do sol. O relâmpago é muito perigoso e atingirá qualquer coisa que esteja muito acima do solo; montanhas, pessoas e edifícios.

Aliás, as árvores são frequentemente atingidas por raios, fazendo com que caiam ou peguem fogo. Todos os anos, centenas de pessoas são mortas por um raio, mas mesmo assim, as chances de serem atingidas por um raio são muito baixas.

Durante uma tempestade, o lugar mais seguro para se estar é dentro de casa ou em um carro com a janela aberta. Dentro de casa, fique longe das janelas, não use o telefone a menos que seja um telefone sem fio e desligue os computadores e outros aparelhos elétricos. Fique longe da água também.

Por fim, se você estiver ao ar livre, não abra um guarda-chuva e evite ficar em lugares abertos. Fique longe de uma árvore que está sozinha; este não é um lugar seguro para se abrigar. Você estará mais seguro se encontrar abrigo em um grupo de arbustos ou em um grupo de pequenas árvores em um terreno baixo.

Fique longe da água, até mesmo de pequenas poças, pois pode ser perigoso durante uma tempestade elétrica. Aguarde 30 minutos após o último raio antes de sair do abrigo.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: 20 fotos que mostram o quanto a natureza pode ser assustadora

Continua após a publicidade

Fonte: Tempo João Pessoa Mega Curioso

Imagens: Notícia da Manhã A Voz da Serra

Próxima página »

Escolhidas para você