Mundo Animal

Tucanos: espécies, comportamento, características e curiosidades

Os tucanos são animais facilmente encontrados por quase todo o Brasil. Por aqui existem mais de 20 espécies dessas lindas aves.

Primeiramente, os Tucanos são lindas aves facilmente encontradas no Brasil, México e Argentina. Além disso, existem em torno de 30 diferentes tipos de espécies dessas aves espalhadas por esses países.

Essas aves são reconhecidas por seus pés zigomáticos. Ou seja, a segunda e a terceira falange são apontadas para a frente, enquanto a primeira e a quarta são apontadas para trás.

Outros detalhe sobre os tucanos é a sua glândula uropigial bipartida que elimina o óleo que impermeabiliza as penas. Apesar de comumente terem as penas pretas, esses animais também podem ter uma plumagem amarela, branca, vermelha e até castanha.

O seu bico arredondado é chamado de córneo pneumático. Aliás, ele é bastante leve e resistente. Por outro lado, o bico do tucano é bem vascularizado e por isso, ele também ajuda a espantar o calor.

Além disso, o tucano é um animal sem papo – ou inglúvio. Também não possuem hábitos migratórios e assim como várias outras aves, eles são arborícolas, ou seja, vivem nas árvores. Por fim, os tucanos costumam viver em bandos e, graças a sua anatomia, dormem com as asas e cauda dobradas sobre o dorso, cobrindo a cabeça.

Contudo, esses não são os únicos hábitos referentes a essas incríveis aves e logo abaixo você pode conferir mais alguns.

Hábitos dessas aves

Tucano comendo – Planetabird

Os tucanos são aves que pertencem a:

  • Ordem Piciforme
  • Família Ramphastida

Esse animais gostam de viver em bando e sua dieta é constituída basicamente por frutas. Entretanto, eles também comem pequenas presas, como filhotes de outros pássaros e alguns insetos. Além disso, os tucanos não possuem dimorfismo sexual. Ou seja, os machos e as fêmeas não possuem características diferentes.

Eles montam os seus ninhos entre a primavera e o verão em ocos e troncos de árvores ou em outros buracos que já existem na natureza. Os ovos, que são entre dois e quatro, ficam incubados durante 15 e 18 dias, nesse período casal de tucanos reveza para organizar do ninho, chocar os ovos e cuidar dos filhotinhos.

Eles nascem sem plumagem, de olhos fechados e com o bico curto, porém largo. As crias são cuidadas pelos pais durante 45 dias mais ou menos, até que eles tenham capacidade de voar. Contudo, depois disso, as famílias costumam continuar a viverem juntas.

Ademais, os hábitos dessas aves as tornam imprescindíveis para a dinâmica florestal, ao passo que as mesmas são responsáveis por dispersar as sementes para longe da planta-mãe.

Espécies de tucanos

Tucunuçu – Ramphastos toco

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Fonte: Ebird

Esses tucanos chegam a 56 cm de comprimento e pesam até 540 g. Dentro do Brasil estes animais estão principalmente no Cerrado e na Mata Atlântica. Além disso, podem ser encontrados também na Argentina, Bolívia e no Paraguai.

Seu bico alaranjado tem uma mancha preta na ponta e chega a ter em torno de 20 cm. Suas plumas são negras, enquanto o uropígio e o papo são brancos. Por fim, suas pálpebras são azuis e em torno do olho tem a cor laranja.

Tucano-grande-de-papo-branco – Ramphastos tucanus

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Fonte: Euviumpassarinho

Essa espécie de tucanos mede de 53 até 58 cm e chegam a pesar até 700 g. Elas podem ser encontradas na Amazônia, nas Guianas e da Venezuela até a Bolívia.

Tucano-de-bico-preto – Ramphastos vitellinus

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Fonte: Wikipedia

Essa espécie se divide em quatro subespécies. Além disso, elas costumam medir em torno de 46 cm de comprimento. Os tucanos-de-bico-preto vivem desde a Amazônia até a Santa Catarina. E também podem ser encontrados em Goiás e no Mato Grosso.

Tucano-de-bico-verde – Ramphastos dicolorus

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Fonte: Wikipedia

O tucano-de-bico verde mede entre 42 e 48 cm e consegue chegar a até 400 g. É possível diferenciá-lo também pelo seu papo amarelo e o bico verde. Além disso, ele pode ser encontrado no Sudeste e no Sul do país e também no sul de Goiás. Essa espécie também está na Argentina e no Paraguai.

Tucaninho – Aulacorhynchus

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Tucano esmeralda – Medium

Os tucaninhos são um outro gênero de tucanos, entretanto, eles fazem parte da mesma família. Esses animais podem ser encontrados do sul do México até a Bolívia. No geral eles têm de 30 a 40 cm de comprimento e uma longa cauda. Além disso, seus bicos podem ser pretos, avermelhados, amarelos ou brancos.

São espécies do tucaninho:

  • Tucano esmeralda – Aulacorhynchus prasinus
  • Tucaninho-verde – Aulacorhynchus derbianus
  • Araçari-de-bico-sulcado – Aulacorhynchus sulcatus

Pichilingo ou Saripoca – Selenidera

Saripoca Gould – Ebird

Esses animais podem ser encontrados na metade norte da América do Sul. Assim como o Tucaninho, seu comprimento fica entre 30 e 40 cm. E seus bicos são pretos e brancos, tendo uma tonalidade cinzenta em alguns casos.

Além disso, o Selenidera possui dimorfismo sexual, ou seja, os machos e as fêmeas se diferenciam. Enquanto o primeiro tem garganta e peito preto, a outra tem o peito castanho e um bico mais curto. E em outras espécies o macho tem uma faixa vermelha e amarela que começa na área do olho e as fêmeas não.

Só para ilustrar, são espécies do Pichilingo:

  • Araçari-poca – Selenidera maculirostris
  • Araçaripoca-grande – Selenidera spectabilis
  • Saripoca de Gould – Selenidera gouldii

Tucano andino – Andigena 

Tucano da montanha de peito cinza – Mundoecologia

Esses tucanos estão espalhados nas florestas tropicais da Cordilheira dos Andes. Aliás, eles medem entre 40 e 55 cm e possuem plumagem muito brilhante e variada. O mesmo ocorre com a cor dos seus bicos.

São espécies do Tucano Andino:

  • Araçari-de-bico-preto – Andigena nigrirostris
  • Araçari-bico-de-placa – Andigena laminirostris
  • Tucano-da-montanha-de-peito-cinza – Andigena Hypoglauca

Araçari – Pteroglossus

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Araçari-de-pescoço-preto – Flickr

Esses animais são encontrados na zona tropical da América, ainda mais nas bacias dos rios Amazonas e Orinoco. Aliás, essas pequenas aves chegam a ter 40 cm de comprimento. Com exceção de uma única espécie, o araçari-banana, todos eles possuem as costas escuras e até pretas e as barrigas coloridas, algumas com listras horizontais.

Além disso, os araçaris costumam ter o bico amarelo e preto com 10 cm de comprimento, mais ou menos.

Só para ilustrar, são espécies de Araçari:

  • Araçari-miudinho – Pteroglossus viridis
  • Araçari-de-bico-de-marfim – Pteroglossus azara
  • Araçari-de-pescoço-preto – Pteroglossus torquatus

Curiosidades sobre os tucanos

Tamanho

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Twitter

Surpreendentemente se os tucanos fossem vistos sem suas pelagens seria possível perceber que o seu corpo ósseo tem quase o mesmo tamanho que o seu grande bico.

Vértebra da calda

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Fonte: Megacurioso

Com uma pequena modificação na vértebra da calda, os tucanos conseguem dormir enroladinhos, quase semelhantes a uma bola. Além disso, eles também escondem o seu bico embaixo da asa.

Língua

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Fonte: Folha1

Embora línguas no geral sejam uma estrutura estranha, as línguas desses animais são ainda mais diferentes do que as pessoas estão acostumadas. Isso porque elas se assemelham muito com uma pena e podem ter até 15 cm de comprimento.

Origem do nome

Fonte: Afazenda

A princípio, o nome do tucano veio dos povos Tupi que originalmente chamavam as aves de tukana. Enfim, claramente não mudou muito com os anos, não é?!

Gêneros

Tucanos - Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave
Araçari-banana – Wikipedia

Por fim, os tucanos mais conhecidos são os do gênero Ramphastos. Entretanto, além dele, existem outros quatro diferentes tipos. O Andigena, o Selenidera, o Pteroglossus e o Aulacorhynchus.

Enfim, gostou da matéria? Em seguida leia: Cobra de duas cabeças – Espécie, hábitos e curiosidades sobre o animal

Imagens: Correio, Ebird, Wikipedia, Euviumpassarinho, Wikipedia, Medium, Ebird, Mundoecologia, Flickr, Megacurioso, Twitter, Afazenda, Folha1, Planetabird e Wikipedia

Fontes: Infoescola, Megacurioso, Britannica, G1 e Peritoanimal

Bibliografia: 

  • SILVA NETO, Osório J. et al. Origem, ramificação e distribuição da artéria celíaca no tucano-de-bico-verde (Ramphastos dicolorus Linnaeus, 1766). Pesquisa Veterinária Brasileira [online]. 2013, v. 33, n. 3 [Acessado 17 Agosto 2021] , pp. 399-404. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0100-736X2013000300021>. Epub 21 Maio 2013. ISSN 1678-5150.
  • MASSAROTTO, VM. e MARIETTO-GONÇALVES, GA. – Hemocromatose em aves da família- Ramphastidae– Vet. e Zootec.; 17(4): 450-460, 2010.
  • Tucano. In Britannica Escola. Web, 2021. Disponível em:
    <https://escola.britannica.com.br/artigo/tucano/483608>. Acesso em: 17 de setembro de 2020.
Próxima página »

Escolhidas para você