Curiosidades

Qual a voltagem no Brasil: 110v ou 220v? [por estado e cidade]

Ao viajar pelas cidades do Brasil sempre nos perguntamos se a tensão (voltagem) é 110V ou 220V? Saiba como descobrir!

Nossos dispositivos elétricos e eletrônicos no Brasil são frequentemente usados ​​na tensão de 220V. No entanto, haverá momentos em que você encontrará locais que exigem o uso de tensão de 110V. Além disso, para aqueles que viajam com frequência para diferentes lugares do país, provavelmente estarão familiarizados com a diferença de tensão da rede em cada lugar.

Mas, afinal, qual a voltagem no Brasil? Vamos encontrar a resposta através deste artigo. E você ainda vai saber por que existem diferenças nos padrões de tensão entre os estados e cidades.

Qual a diferença entre as tensões 110V e 220V?

Em primeiro lugar, você precisa saber que ambas as tensões são potencialmente perigosas para a vida humana. No entanto, quanto maior a tensão, maior o perigo.

Como sabemos, um dos efeitos da corrente elétrica é o efeito fisiológico. De acordo com o estudo, tensão de 24V e corrente de 10mA ou mais pode causar a morte. Portanto, tenha muito cuidado ao usar eletricidade, independentemente da voltagem.

Continua após a publicidade

Tensão ou voltagem?

Tecnicamente, o nome correto é “diferença de potencial elétrico” ou “tensão elétrica’. Contudo, voltagem é um termo mais comum que se popularizou nas cidades do Brasil.

Desse modo, o conceito de tensão é a diferença de tensão entre dois pontos. A diferença é que é possível mover uma partícula de carga em um campo eletrostático de um ponto para outro.

No sistema internacional de medição, a unidade de tensão é Volt (abreviada como V). Quanto maior a voltagem, mais forte a força repulsiva das partículas carregadas.

Em termos de equipamentos usados, o fabricante fabrica dispositivos adequados para cada padrão de tensão utilizado em diferentes locais. Principalmente 100-120V e 220-240V.

Continua após a publicidade

Alguns aparelhos de pequena capacidade são geralmente feitos em tensões de 110V e 220V. Dispositivos de alta capacidade, como secadores, compressores, etc. geralmente requerem o uso de tensão de 220V.

Eficiência econômica

Em termos de eficiência econômica, a tensão de 110-120V é considerada mais segura. Contudo, há uma rede de distribuição mais cara por causa da sua capacidade, que exige uma seção de fio maior, portanto, se você não economizar, alguns aparelhos podem se tornar verdadeiros vilões da conta de luz.

Além de evitar perdas líquidas causadas por resistores puros, condutores que precisam usar materiais mais puros devem ser mais caros (usar menos cobre para fasear). Em contraste, a energia de 240V é mais fácil de transmitir, maior eficiência e menor perda, mas menos segura.

No início, a maioria dos países usava tensão de 110V. Então por causa do aumento da demanda, foi necessário substituir os fios para suportar correntes mais altas.

Continua após a publicidade

Naquela época, alguns países passaram a usar tensão dupla, ou seja, 220V. Assim, quanto menor o sistema elétrico, mais jovem a conversão não será alta e vice-versa.

Portanto, a escolha de qual tipo de tensão usar em todo o país é baseada não apenas em fatores técnicos, mas também em outros fatores, como escala da rede, contextos históricos e políticos, etc.

Posso ligar 220V em 110V e vice-versa?

Não é aconselhável conectar um dispositivo de 220V a uma tomada de 110V e muito menos fazer o oposto. Se o fez, é muito provável que danifique ou destrua o aparelho.

Além disso, se o seu dispositivo não tiver motor, ele terá um desempenho ruim, funcionando com metade da energia necessária; e se tiver um motor, a tensão mais baixa pode danificá-lo.

Continua após a publicidade

No caso de conectar uma equipamento de 110V em uma tomada de 220V, isso pode sobrecarregá-lo e na pior das hipóteses, existe o risco de choque elétrico, queimadura, incêndio ou mesmo explosão do aparelho.

Voltagem nos estados do Brasil

No Brasil, muitos lugares utilizam principalmente tensões de 110V (atual 127V). Entretanto, cidades como Brasília e algumas do nordeste do país usam tensão de 220-240V. Confira mais abaixo:

Estado Voltagem
Acre 127 V
Alagoas 220 V
Amapá 127 V
Amazonas 127 V
Bahia 220 V
Ceará 220 V
Distrito Federal 220 V
Espírito Santo 127 V
Goiás 220 V
Maranhão 220 V
Mato Grosso 127 V
Mato Grosso do Sul 127 V
Minas Gerais 127 V
Pará 127 V
Paraíba 220 V
Paraná 127 V
Pernambuco 220 V
Piauí 220 V
Rio de Janeiro 127 V
Rio Grande do Norte 220 V
Rio Grande do Sul 220 V
Rondônia 127 V
Roraima 127 V
Santa Catarina 220 V
São Paulo 127 V
Sergipe 127 V
Tocantins 220 V

Voltagem por cidades

Abreu e Lima, PE – 220V
Alegrete, RS – 220V
Alfenas, MG – 127V
Americana, SP – 127V
Anápolis, GO – 220V
Angra dos Reis, RJ – 127V
Aracaju, SE – 127V
Araruama, RJ – 127V
Araxá, MG – 127V
Ariquemes, RO – 127V
Balneário Camboriú, SC – 220V
Balneário Pinhal, RS – 127v
Bauru, SP – 127V
Barreiras, BA – 220V
Barreirinhas, MA – 220V
Belém, PA – 127V
Belo Horizonte, MG – 127V
Biritiba Mirim, SP – 220V
Blumenau, SC – 220V
Boa Vista, RR – 127V
Botucatu, SP – 127V
Brasília, DF – 220V
Brusque, SC – 220V
Búzios, RJ – 127V
Cabedelo, PB -220v
Cabo Frio, RJ – 127V
Caldas Novas, GO – 220V
Campina do Monte Alegre, SP – 127V
Campinas, SP – 127V
Campo Grande, MS – 127V
Campos do Jordão, SP – 127V
Canela, RS – 220V
Canoas, RS – 220V
Cascavel, PR – 127v
Capão Canoa, RS – 127V
Caruaru, PE – 220V
Caxias do Sul, RS – 220v
Chapecó, SC – 220v
Contagem, MG – 127v
Corumbá, MS – 127 V
Cotia, SP – 127v
Criciúma, SC – 220 V
Cruz Alta, RS – 220 V
Cubatão, SP – 220 V
Cuiabá, MT – 127 V
Curitiba, PR – 127 V
Divinópolis, MG – 127 V
Espirito Santo de Pinhal, SP – 127 V
Fernandópolis, SP – 127v
Fernando de Noronha – 220 V
Florianópolis, SC – 220 V
Fortaleza, CE – 220 V
Foz do Iguaçu, PR – 127 V
Franca, SP – 127v
Galinhos, RN – 220 V
Goiânia, GO – 220 V
Gramado, RS – 220 V
Gravataí, RS – 220 V
Guaporé, RS – 220 V
Guarapari – 127 V
Guaratinguetá, SP – 127 V
Guarujá, SP – 127 V
Ilhabela, SP – 127 V
Ilha do Mel – 127 V
Ilha Grande – 127 V
Imperatriz, MA – 220v
Indaiatuba, SP – 220 V
Ipatinga, MG – 127 V
Itabira, MG – 127 V
Itapema, SC – 220 V
Itatiba, SP – 127 V
Jaguarão, SC – 220 V
Jaú, SP – 127 V
Jericoacoara, CE – 220 V
Ji-Paraná, RO – 127 V
João Pessoa, PB – 220 V
Juazeiro do Norte, CE – 220v
Juiz de Fora, MG – 127 V
Jundiaí, SP – 220v
Lençóis, BA – 220 V
Londrina, PR – 127 V
Macaé, RJ – 127 V
Macapá, AP – 127 V
Maceió, AL – 220 V
Manaus, AM – 127 V
Maragogi, AL – 220 V
Maringá, PR – 127 V
Mauá, SP – 127v
Mogi da Cruzes, SP – 220 V
Monte Carmelo, MG – 127 V
Montes Claros, MG – 127 V
Morro de São Paulo – 220 V
Mossoró, RN – 220 V
Munial, MG – 127 V
Natal, RN – 220 V
Niterói, RJ – 127 V
Nova Friburgo, RJ – 220 V
Novo Hamburgo, RS – 220 V
Nova Iguaçu, RJ – 127 V
Ouro Preto, MG – 127 V
Palmas, TO – 220 V
Palmeira das Missões, RS – 220 V
Paraty, RJ – 127 V
Parintins, AM – 127 V
Parnaíba, PI – 220 V
Passo Fundo, RS -220v
Patos de Minas, MG – 127 V
Pelotas, RS – 220V
Peruíbe, SP – 127V
Petrópolis, RJ – 127v
Piracicaba, SP – 127V
Poá, SP – 127v
Poços de Caldas, MG – 127V
Ponta Grossa, PR – 127v
Pontes e Lacerda, MT  -127V
Porto Alegre, RS – 127V
Porto Belo, SC – 127V / 220V
Porto de Galinhas, BA – 220V
Porto Seguro, BA – 220V
Porto Velho, RO – 127V / 220V
Pouso Alegre, MG – 127V
Presidente Prudente, SP – 127V
Recife, PE – 220V
Ribeirão Preto, SP – 127V
Rio Branco, AC – 127V
Rio de Janeiro, RJ – 127V
Rio Verde, GO – 220v
Rondonópolis, MT – 127V
Salvador, BA – 127V
Santa Bárbara d’Oeste, SP – 127V
Santarém, PA – 127V
Santa Maria, RS – 220V
Santo André, SP – 127v
Santos, SP – 220V
São Carlos, SP – 127v
São Gonçalo, RJ – 127v
São João do Meriti, RJ -v127v
São José, SC – 220V
São José do Rio Pardo, SP – 127V
São José do Rio Preto, SP – 127V
São José dos Campos, SP – 220V
São Leopoldo, RS – 220V
São Lourenço, MG – 127V
São Luís, MA – 220V
São Paulo (região metropolitana) – 127V
São Sebastião, SP – 220V
Sete Lagoas, MG – 127v
Sobral, CE – 220v
Sorocaba, SP – 127V
Taubaté, SP – 127V
Teresina, PI – 220V
Tiradentes, MG – 127V
Tramandaí, RS – 127v
Três Pontas, MG – 127V
Três Rios, RJ – 127V
Tubarão, SC – 220V
Tupã, SP – 220V
Uberaba, MG -127v
Uberlândia, MG – 127V e 220V
Umuarama, PR – 127V
Vitória, ES – 127V
Vinhedo, SP – 220V
Votorantim, SP – 127v

Para outras informações o site da ANEEL tem a lista completa das cidades.

Continua após a publicidade

Então, gostou de saber mais sobre a voltagem nas cidades do Brasil? Pois, leia também: Você sabe para que serve o terceiro pino da tomada?

Fonte: Esse Mundo Nosso

Próxima página »

Escolhidas para você