10 coisas proibidas na Índia que são normais em outros países

Se a Índia já parece um país de “outro mundo” para você pela diferença cultural, hoje você vai ficar ainda mais chocado com a capacidade desse país ser diferente do que estamos acostumados aqui, no ocidente.

Como você vai perceber ao longo desse post, muito do que fazemos no Brasil no dia a dia – e em outros países culturalmente semelhantes ao nosso – e de forma inocente é proibido por lei na Índia.

Um bom exemplo disso é o bom e velho churrascos, com carne de vaca. Enquanto aqui a iguaria é tradição, na Índia, comer carne de vaca pode render várias punições. Nem mesmo pessoas de outras partes do mundo têm permissão para consumir um bom bife no país.

E essa está longo de ser a única bizarrice da legislação indiana. Abaixo, na lista, você confere outras coisas que rendem multa e que podem até mesmo levar para a cadeia os desinformados de plantão que vão parar em terras indianas.

Confira 10 coisas bobas que são proibidas na Índia:

1. Carne de vaca

O hinduísmo, religião predominante na Índia, trata os bovinos como seres divinos. Por causa disso, o consumo da carne de vaca não é permitido no país.

Até algum tempo, estrangeiros ainda tinham permissão para consumir a carne no país, mas agora existe uma lei nacional que estipula uma multa bem salgada para quem cometer esse “sacrilégio”.

2. Conteúdos adultos

Filmes, publicações e sites voltados ao conteúdo adulto são proibidos na Índia. Aliás, quem consome esse tipo de conteúdo está, literalmente, cometendo crime no país.

Claro que nem todo mundo segue a lei à risca, especialmente dentro de casa. Uma prova disso é que existem atrizes do gênero na Índia, que usam suas contas nas redes sociais para divulgar seus trabalhos.

3. Homossexulidade

Até o ano de 2017, a homossexualidade era considerada ilegal no país pela lei 377, colocada em prática em 1861, pelo governo britânico. Segundo a norma, estavam previstos até mesmo a 10 anos de prisão como munição, caso manifestações homoafetivas fossem flagradas em público.

No dia 7 de setembro de 2018, no entanto, o tema foi descriminalizado na Índia. Em decisão de unânime, cinco juízes da Suprema Corte indiana decidiram que a lei era uma arma usada para perseguir e assediar membros da comunidade gay e que causava discriminação.

Os autores da petição que questionava a lei 377 foram cinco cidadãos comuns, que apontaram o caráter discriminatório da legislação. Na decisão, o tribunal indiano disse que deve proteger o direito de um indivíduo de viver com dignidade, e que tal direito é fundamental.

Mas, mesmo essa sendo uma vitória a ser comemorada, esse não é o único lugar do mundo onde ser gay é crime, como você já conferiu aqui.

4. Foie Gras

O fígado de ganso – inchado ainda com o animado vivo, devido a uma dieta forçada -, considerado uma iguaria em muitas partes do mundo, também é proibido na Índia. Aliás, esse foi o primeiro país a banir esse alimento dos cardápios.

O motivo é a crueldade no preparo desse alimento. Aliás, por esse mesmo motivo o consumo do foie gras é proibido também na Inglaterra e na Alemanha.

5. Propagandas de bebidas

Em todo o país, a propaganda de bebidas alcoólicas é proibidas e existem ainda alguns estados indianos onde até mesmo o consumo é ilegal.

Os motivos para isso, segundo as autoridades, são os mesmos que proíbem a propaganda do cigarro no Brasil: não estimular o consumo de um produto que faz tão mal à saúde.

6. Dança em bares (para mulheres)

Se uma mulher for pega dançando em casas noturnas da Índia podem receber uma multa salgada, que pode chegar ao valor equivalente a R$ 330 mil, sem contar o risco de ir para a prisão.

Conforme a lei, bares e casas noturnas, supostamente, são epicentros para a prostituição, que também é proibida na Índia.

7. Convidar estrangeiros para festa

Participar de festas com estrangeiros também é considerado uma transgressão da lei no estado indiano de Karnataka. A medida é entendida pelas autoridades locais como uma espécie de precaução contra o crescente número de crimes contra estrangeiros que vivem no território.

Por causa disso, para convidar alguém que não seja um indiano nativo para uma festa, o locais precisam precisam pedir permissão ao governo.

8. Beijar a boca em público

Não somente as manifestações de afetos homoafetivas são vistas com maus olhos na Índia. O beijo em público e até mesmo o fato de um casal sair de mãos dadas na rua pode render problemas com a lei.

Aliás, o assunto ali é realmente sério: existe um grande número de casos em que as pessoas foram espancadas na rua ou até mesmo obrigadas a casar por terem sido flagradas demonstrando afeto por alguém em público.

9. Manequins com lingerie

Nem mesmo os manequins nas vitrines podem ficar expostos com peças de lingerie.

O governo indiano diz que essa é uma forma de evitar que os homens sejam tomados por pensamentos impuros. Aliás, para eles, essa é uma forma de reduzir o número de estupros e abusos contra as mulheres.

10. A trilogia 50 Tons de Cinza

Tanto os livros quanto os filmes de 50 Tons de Cinza são proibidos no país. Os órgãos nacionais de censura consideram impróprio o conteúdo das histórias para a cultura da Índia.

E você, sabia que tanta coisa aparentemente comum para o mundo ocidental poderia ser proibida na Índia? Conhece outros pontos polêmicos que rendem proibições no país? Não deixe de comentar!

Agora, falando em coisa proibidas, você precisa conferir ainda: 10 coisas que são proibidas na Rússia e você não sabia.

Fonte: Mistérios do Mundo, Midia News