10 efeitos especiais mais vergonhosos de Hollywood

Todo mundo tem um filme do coração, não é mesmo? Mesmo que ele não seja lá essas coisas no quesito “qualidade”, no roteiro ou nos efeitos especiais. Aliás, por falar em efeitos especiais, você vai ver alguns dos mais vergonhosos e pobres de Hollywood.

Agora, se você está pensando que nessa lista estão filmes “de sessão da tarde” está muito enganado. Muitos machões e geeks perdem a cabeça pelos filmes, de péssimos efeitos especiais, que selecionamos hoje.

Quer ver só uma prova? Que tal se começássemos falando sobre os efeitos especiais vergonhosos de Star Wars? Isso mesmo, aquela cena com o Jaba é horrível, gente. Ninguém nunca tinha percebido isso? Pelo amor de Deus!

E, que tal, se falássemos agora de RobCop? Por favor, aqueles membros de “bonecos de Olinda” daquele cara que cai da janela são terríveis! Como alguém acreditou naquilo algum dia? Difícil explicar.

Mas, tudo bem, melhor parar de falar sobre efeitos especiais ruins e deixar que você mesmo veja o quão porcalhões eles são. Quer ver?

Veja 10 efeitos especiais mais vergonhosos de Hollywood:

O Retorno da Múmia – O Escorpião-Rei

1

Jornada nas Estrelas: Insurreição – Rostos esticados

2

Star Wars – Han Solo e Jabba the Hutt

3

King Kong – A perseguição do dinossauro

4

RoboCop – Os membros estranhos

5

Blade II – Wesley Snipes em CG

6

O Fugitivo – A queda

7

Fuga de Los Angeles – A cena de surfe

8

Tubarão III – A cena do tubarão em câmera lenta

9

Star Wars: Ataque dos Clones – Os clonetroopers

10

No vídeo abaixo você vai poder ver um pouco mais dos efeitos especiais e entender porque eles estão entre os mais vergonhosos e pouco engenhosos de Hollywood. Preparado para isso? Acredite, depois de hoje você vai gostar um pouco menos de alguns filmes… como Star Wars, por exemplo.

Veja os efeitos especiais listados:

 

E, por falar em filmes de Hollywood, tem alguns que escondem detalhes que você jamais poderia imaginar. Quer ver? Essas são 17 cenas improvisadas do cinema que ficaram famosas.

Fonte: Gizmodo