10 mentiras que você acreditou na infância e que vão chocar você agora

Ser criança é sempre uma coisa boa, não é verdade? Essa é a fase em que experimentamos o mundo e, muito provavelmente, vai ser a fase da sua vida que mais vai marcar você, desde os mínimos detalhes, como você já conferiu aqui, nesta outra matéria.

Mas, independente de você ter nascido nos anos 80 ou 90, ou mesmo antes ou depois disso, a verdade é que existem várias mentiras que você acreditou na infância jurando que fosse tudo verdade. Sabia disso?

Uma bela prova dessa teoria está nos fatos que listamos abaixo e que, muito provavelmente, vão abalar um pouco a confiança que você tem em sua memória sobre essa época. Isso porque muitas das coisas que você amava não passavam de mentiras bem contadas.

Um exemplo de mentiras que você acreditou na infância? Que tal descobrir que Danoninho não é iogurte e que o personagem Cascão, da Turma da Mônica, tem SIM dedos nos pés?

Terrível, né? Pena que este não é nem o começo da tortura!

10 mentiras que você acreditou na infância e que vão chocar você agora:

1. O guarda-chuva da Madonna que você sempre quis não era da Madonna. Olhe novamente para o rosto da modelo.

2. Lembra da Vovó Mafalda? Ela era um homem: o ator Valentino Guzzo.

3. O Papai Papudo do Bozo era, na verdade, Gibe, ator das pegadinhas clássicas dos programas do Silvio Santos, no SBT.

4. A Pópis era vivida pela mesma atriz que interpretava Dona Florinda, em Chaves, a mexicana Florinda Meza.

5. Sabe o “alec full”, golpe especial do Guile, do Street Fighter? Lamentamos informar, mas, na verdade, ele se chama “sonic boom”.

6. Danoninho não é iogurte, é um queijo do tipo “petit suisse”, não maturado.

7. Sim, o Cascão da Turma da Mônica tem dedos do pé.

8. Daniela Mercury nunca cantou “jogue suas tranças de mel, Rapunzel”, mas, “love suas transas de mel”.

9. Não foi a Angélica que criou a música “Vou de táxi”. Ela é uma versão da canção francesa “Joe le taxi”, da cantora também francesa Vanessa Paradis (que, inclusive, já foi casada com Johnny Depp).

10. E, não, o Falcor de “História sem fim” não era um cachorro gigante que podia voar. Na verdade, ele era um dragão peludo.

E agora, caro leitor, quais dessas mentiras que você acreditou na infância mais mexeu com seu psicológico? E, mesmo que você tenha passado por essas informações reveladoras ileso, temos certeza que você sucumbir a esta outra matéria: O capítulo final de Família Dinossauros vai destruir sua infância.

Fonte: BuzzFeed