Curiosidades

11 jeitos mais bizarros que acordar uma pessoa

Acha que sua família não tem o menor talento para acordar as pessoas? Você vai mudar de opinião. Conheça 11 jeitos mais bizarros que acordar uma pessoa.

Atualizado em 28/09/2018

Tem coisa melhor nesse mundo que dormir? Mesmo quem gosta muito de comer ou de fazer outras coisas, precisa concordar: quando aquele sono bate, os olhos ardem e o corpo fica pesado, não há nada mais gostoso que poder tirar um cochilo. Mas, e quando alguém tenta tirar você desse paraíso e acordar você?

Se acordar de forma não natural, em si, é uma situação ruim, imagina quando alguém resolve acordar você de uma forma totalmente bizarra? Pensa, que coisa mais deselegante!

Mas, se você está pensando aí que você é uma vítima e que já experimentou as piores experiências do mundo no quesito “ser acordado de forma estúpida”, fique sabendo que nada do que você já sofreu nesses anos todos se compara com a forma como alguém resolveu acordar essas pessoas. Acha que estamos exagerando?

Então pensa, você, dormindo em sua cama confortável ou tirando aquele cochilo pesado no sofá e alguém acha que acordar você com um aspirador de pós em sua boca pode ser engraçado? Ou ainda se alguém decide acordar você com o “doce som” de dezenas de bombinhas explodindo em uma panela, bem do seu lado? Sutil, não?

E o pior é que essas situações desesperadoras não são nem o começo do que você vai ver na lista que preparamos abaixo. Existe muita gente por aí, sem o mínimo pudor na hora de acordar outras pessoas das maneiras mais bizarras e criativas possíveis do mundo. Quer ver?

Confira 11 jeitos mais bizarros que acordar uma pessoa:

Você riu, não riu? Isso é maldade, hein!? Agora, se você acordar uma pessoa de alguma dessas formas aí, muito provavelmente vai ser precisa mostrar essa outra matéria para sua “vítima”: 5 dicas para dormir mais rápido, mesmo se estiver estressado.

Fonte: Tudo Interessante

Por <a href='https://segredosdomundo.r7.com/author/renata/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Thamyris Fernandes</a>
Por Thamyris Fernandes
Jornalista pela PUC Goiás. Já flertou com assessoria de imprensa, passou um tempo em jornais impressos e encontrou na internet seu habitat natural. Basicamente, uma taurina curiosa. Gosta de vinho, café, livros, um bom papo e aconchego. Ama o que faz e faz o que ama por aqui. Instagram: @thamyriscf