Curiosidades

Gírias antigas que as pessoas PRECISAM voltar a falar

Já ouviu dizerem "vai catar coquinho"? E que alguma coisa "é do balacubaco"? Confira gírias antigas que as pessoas PRECISAM voltar a falar.

Assim como roupas e sapatos, as gírias são palavras que entram e saem da moda. Aliás, gírias antigas marcam épocas, mas que acaba sendo esquecidas com o passar do tempo. Ou você vai dizer que nunca alguém mais velho usando expressões das quais você não sabe o significado?

Acontece, no entanto, que as gírias antigas eram bem mais legais que as de agora. Isso porque as gírias de antigamente eram divertidas, bem mais leves e com sentido implícito.

Aliás, essas características são bem raras hoje em dia, não acha? Até porque todo mundo diz palavras pesadas uns aos outros, com os significados bem escancarados.

Por exemplo, as gírias do seu avô, com certeza, são mais “gostosinhas” de se ouvir e de se falar. Aliás, elas realmente deveriam voltar a ser usadas.

Abaixo, inclusive, selecionamos algumas amostras disto. Que tal usar um “vai catar coquinho!” ou, quem sabe, um “supimpa” ou um “arco da velha”? Certamente, seria mais agradável de se ouvir e de se falar.

Legal, não? Portanto, se quiser conhecer outras gírias antigas interessantes continue com a gente. Sobretudo, para descobrir de uma vez por todas o significado de algumas mais complicadas.

Confira 19 gírias antigas que as pessoas PRECISAM voltar a falar:

1. Quando alguma coisa é muito boa

2. Quando algo é muito antigo

3. Quando um cara é bonitão

4. Da mesma forma que você diria “porra”

5. Da mesma forma que você diria “foda, isso aí”

6. Quando alguma coisa é muito legal

7. Quando é preciso fazer uma gambiarra

8. Quando você espera que alguém entenda

(Vem, diretamente, de “ficha”. Ou seja, aquelas primas das moedas, que usavam nos telefones públicos, antes dos cartões)

9. Quando alguma coisa é muito óbvia

10. Quando alguma coisa ou ideia sugerida está completamente errada

11. Quando sair para tomar alguns drinks

12. Ao invés de mandar alguém “ir à merda”

13. Quando alguém nunca cala a boca

14. Quando alguma coisa não vale nada ou não vale tanto

(Entre 1918 e 1935, por exemplo, a moeda de 100 réis valia um tostão no Brasil. E, um tostão furado, portanto, não valia nada).

15. Alguém muito burocrático

16. Uma situação muito sem graça

17. Quando se está tomando aguardente

18. Quando alguém entra na conversa e quer dar opinião ou polemizar

19. Quando pede alguém para repetir alguma coisa

(Na época das fitas K-7, em suma, era preciso rebobinar a fita. Ou seja, fazê-la voltar, para ver alguma coisa que já tinha passado ou para voltá-la ao começo do vídeo).

E, já que estamos falando de expressões populares (mesmo já não sendo tão populares assim), confira ainda: 13 palavras que você fala, mas não conhece o significado.

Fonte: BuzzFeed

Próxima página »

Escolhidas para você