5 regras da dieta low carb que você precisa conhecer antes de começar

Se você está querendo emagrecer, com certeza, já deve ter ouvido alguém mencionar os milagres possíveis de se conseguir com a dieta low carb. Queridinha entre os famosos, a dieta baseada no consumo reduzido de carboidratos e no alto consumo de proteínas e gorduras tem ajudado muita gente a conseguir resultados rápidos. No entanto, ela deve ser feita de forma consciente.

Assim como qualquer regime ou reeducação alimentar, a dieta low carb precisa ser acompanhada por um profissional de nutrição para que cada pessoa consuma a quantidade ideal de calorias para seu tamanho, peso e idade. Além disso, não é todo mundo que pode fazer a dieta low carb, por isso, exames médicos são importantes antes de entrar nessa onda.

Christina Aguilera, cantor a e compositora que também emagreceu fazendo a low carb

Agora, se você está a fim de disciplinar suas refeições e já está recebendo ou procurando acompanhamento médico para fazer a dieta low carb, antes de dar início a essa nova jornada, fique sabendo que existem alguns detalhes interessantes a se conhecer sobre o método de redução.

Como você vai conferir abaixo, algumas regras da dieta low carb são essenciais para alcançar os resultados desejados e podem causar dor de cabeça, caso sejam ignoradas. Quer ver?

Confira 5 regras da dieta low carb que você precisa conhecer antes de começar:

1. Proteínas certas

Se bem escolhidas, as proteínas matam a fome sem prejudicar o metabolismo. Isso não acontece quando você escolhe, por exemplo, carnes processadas e embutidos, que são ricos em sódio. Além de deixar você com sensação de fome, eles contribuem para o inchaço e podem trazer sérios problemas de saúde se consumidos excessivamente ao longo dos anos, como hipertensão e câncer.

2. Lácteos orgânicos

Da mesma forma que as carnes, os derivados do leite que você consumir durante a dieta low carb devem ser, preferencialmente, orgânicos. Conforme especialistas, isso evita que você seja exposto a hormônios usados na criação de bovinos, como o estrogênio, e que acabam se concentrando em grandes quantidades em algumas marcas de leites, iogurtes, manteigas e outros produtos industrializados à base de leite.

3. Alimentos fermentados

É essencial que você inclua alimentos fermentados em seu cardápio da dieta low carb. Isso porque esse tipo de alimento ajuda a obter quantidade saudáveis de probióticos, que se tratam, basicamente, de bactérias do bem, que mantém a saúde intestinal em dia.

4. Vegetais e frutas orgânicos

Assim como no caso dos laticínios, que são consumidos em grandes quantidades, os vegetais e as frutas também são a base da dieta low carb e precisam ser ingeridos diariamente. Para reduzir o consumo de pesticidas e herbicidas, que podem bloquear a função da tireoide (fato que pode causar sério problemas de saúde, como você já viu nessa outra matéria), o ideal é incluir vegetais e frutas orgânicos no menu.

5. Gordura hidrogenada JAMAIS!

Embora a dieta low carb seja baseada em proteínas e gorduras, a gordura hidrogenada não deve ser inclusa na alimentação. Por ser industrializada e pobre em nutrientes, a hidrogenada contribui para doenças cardíacas, além de hipertensão e diabetes.

O pior de tudo é que esse tipo de gordura se esconde em vários tipos de alimentos, desde as frituras, até os alimentos industrializados mais crocantes, que só ganham esse tipo de textura por causa dela. Mas, sem dúvida, o maior dos vilões da saúde e o grande esconderijo da gordura hidrogenada é a margarina. E é por isso que você deve parar de consumir esse produto agora mesmo!

E então, você conhecia essas regras? Já tinha feito, pensa em fazer ou conhece alguém que faça a dieta low carb? Não deixe de nos contar tudo isso nos comentários!

E, falando em gorduras boas, essa outra matéria vai deixar você impressionados: Batata frita pode ser mais saudável que a cozida, diz estudo.

Fonte: Vix