7 dos alimentos mais perigosos do mundo

Se você tem uma alimentação balanceada, provavelmente inclui em seu cardápio vários alimentos variados, de vários tipos diferentes. O problema, no entanto, é que comendo de tudo você acaba colocando no menu, sem querer, alguns dos alimentos mais perigosos do mundo, do tipo que podem ser letais. Sabia?

O problema é que a maior parte desses alimentos tóxicos parecem inocentes e estão na base de nossa alimentação, especialmente considerando as comidas que os brasileiros mais têm costume de consumir em casa. A mandioca, aliás, é um bom exemplo disso… ou você não sabia que ela também pode matar?

Tenso, não? O pior de tudo é que a lista de alimentos mais perigosos do mundo está longe de parar por aí. Leguminosas do nosso dia-a-dia, frutas e até mesmo alguns tipos de bebidas podem ser muito tóxicas ao corpo humano e, em casos extremos, chegam a levar à morte.

Então, se você é daquele tipo que acredita que só peixe morre pela boca, é bom acompanhar a lista que preparamos abaixo e ser mais conscientes de agora em diante a qualquer tipo de alimento que for consumir. Afinal, o perigo está escondido onde você menos espera. Quer ver?

Conheça 7 dos alimentos mais perigosos do mundo:

1. Broto de feijão

1

Esse é um dos alimentos mais perigosos do mundo porque suas plantações simulam a temperatura e o ambiente do corpo humano. Isso muito propício também para a reprodução das bactérias E.coli, salmonella e listeria, que podem ser fatais. O ideal é consumir apenas brotos de feijão que se conheça a origem da plantação.

Os incidentes mais comuns com esse tipo de alimento ocorrem na Europa, especialmente na Alemanha. Então, cuidado com aquela saladinha com cara inocentes, hein!?

2. Damasco

2

Calma que a frutinha, em si, está liberada. O grande problema mesmo e o que é considerado um dos alimentos mais perigosos do mundo é a semente do damasco. Embora pouca gente aqui, no Brasil, tenha acesso à fruta in natura, a verdade é que mesmo em baixas quantidades essa semente é tóxica em baixas quantidades e pode matar, em altas concentrações.

Isso acontece porque as sementes do damasco é cheia de glicosídeos cianogênicos, que podem desencadear sintomas de envenenamento e paralisias respiratória e muscular.

3. Feijão vermelho

3

Ele é bonito e tem um sabor delicioso, no entanto, o consumo de feijão vermelho precisa ser feito com atenção, já esse é um dos alimentos mais perigosos do mundo. Isso porque esse tipo de feijão tem uma substância chamada fitohemaglutinina, que tem o poder de “aglutinar” as células sanguíneas.

Conforme quem entende do assunto, o ideal é ferver o feijão vermelho por, no mínimo, 10 minutos para diminuir seu poder de intoxicação. Então, cuidado, hein!?

4. Carambola

4

Essa é uma fruta linda, mas que pode ser bastante tóxica. Suas neurotoxinas, aliás, podem afetar diretamente o sistema nervoso, com destaque para o cérebro. Além disso, ela é um verdadeiro veneno para quem tem problemas renais. O ideal é consumi-la com muita moderação.

5. Castanha de caju

5

Jamais consuma castanhas de caju cruas! Elas são ricas em uma substância também encontrada na tão temida hera venenosa, a urushiol, que pode até ser falta se consumida em grandes quantidades. No entanto, quando a castanha de caju está tostada, como a encontramos por aí, ela é completamente inocente.

6. Mandioca

6

Ela não pode faltar em seu churrasco, mas é bom ter cuidado, já que a mandioca também é um dos alimentos mais perigosos do mundo! Isso porque ela tem uma toxina poderosa, concentrada nas folhas e, claro, nas raízes (que é o que você consome), chamada cianureto de hidrogênio.

Conforme os médicos, a intoxicação com essa substância causa náuseas, vômitos e até mesmo a morte, em menos de três horas. Mas, claro, se preparada corretamente, essa toxina é eliminada.

7. Casu Marzu

7

Típico da Sicília, na Itália, esse queijo além de ser considerado um dos alimentos mais perigosos do mundo é também um dos mais estranhos que existem. Isso porque esse queijo fermentado fica coberto de larvas de moscas, que são consumidas juntamente com o queijo.

Qual o grande problema? Além de ser muito, muito nojento, essas larvas podem perfurar o intestino humano e causar sérias dores abdominais.

Bônus:

8. Absinto

9

Embora não seja, exatamente, um alimento, o absinto também pode ser perigoso se consumido em excesso. Isso porque essa bebida verde é rica em uma toxina, chamada tujona, encontrada no caruncho. Essa substância pode causar alucinações, além de desencadear tuberculose e epilepsia. Há até casos de suicídios depois de altas doses da bebida.

E, falando em alimentos, temos outra notícia não muito inspiradora sobre as coisas que você anda comendo por aí: 8 alimentos requentados que são um verdadeiro veneno.

Fonte: M de Mulher