7 segredos dos cartões de créditos que os bancos não revelam

Aceitos no cinema, na loja de roupas, no supermercado, no tio do sanduíche da esquina e em milhares de outros lugares do mundo onde a tecnologia já chegou, os cartões de crédito hoje em dia são um das formas mais populares de pagamento no mundo.

Isso porque esse os cartões de crédito são capazes de transferir dinheiro ou de pagar em crédito contas que, há muitos anos atrás, seriam pagar somente no dinheiro, em cheque ou que ficariam “penduradas”, no famoso e odiado fiado.

Mas, tanta facilidade trazida pela popularização dos cartões de crédito também veio acompanhada de alguns sérios problemas. As pessoas, normalmente, se esquecem que um dia a fatura dos cartões de crédito chegam e, no calor do momento, compram muito mais do que deveriam ou do que conseguem pagar… e ai o problema está criado. Quem nunca passou por isso que atire a primeira pedra, não é mesmo?

No entanto, mesmo sendo essa a desvantagem mais comum dos cartões de crédito, existem muitos outros problemas e segredos sobre esse assunto que os bancos e empresas operadores gostariam de admitir. Um bom exemplo, como você vai ver abaixo, são os encargos contratuais e os juros embutidos nas compras feitas usando cartões de crédito que as pessoas normalmente não têm consciência, mas que encarecem de forma assustadora o preço final a ser pago.

Assustou ai? Pois é, então não perca por esperar para descobrir, nessa matéria, outras coisas sobre os cartões que ninguém nunca comenta.

Veja, abaixo, outros segredos dos cartões de crédito:

1. Os números

1

Os grandes responsáveis pelas informações que tornam os cartões de crédito tão funcionais, para quem nunca notou, são as combinações de números que existem neles. Ao todo, são 16 números, sendo que o primeiro dígito deles indica, logo de cara, a bandeira à qual os cartões de crédito respondem. Por exemplo:

3 – American Express e Diners Club

4 – Visa

5 – MasterCard, ELO

6 – Discover

Por outro lado, os números da 2ª à 6ª posição indicam o banco que emitiu o cartão. E os significados não param por aí: do 7º ao 15º, os números indicam a conta bancária ao qual está ligada o cartão. Já, o último dígito, conhecido como dígito de verificação, serve como algoritmo e determina se a combinação numérica é valida.

2. Código de Segurança

2

Se você já fez compras online, com certeza, já teve que usar o código de segurança dos cartões de crédito. Isso, aliás, se refere aos três números que ficam, na maioria das vezes, no verso dos cartões de crédito. Sem eles, inclusive, é impossível fazer compras à distância.

Sobre a função desse conjunto de números, os bancos não contam, mas são um forma de segurança extra. Por isso mesmo é importante que você jamais permita que qualquer pessoa tenha acesso a esse seu conjunto de números que forma o código de segurança dos cartões de crédito, já que com o número e a data de validade de seu cartão esses algarismos dão acesso livre à compras online ou por telefone.

3. Tarjas

3

No verso dos cartões de crédito, as tarjas metálicas servem para armazenar informações também sobre o banco, o usuário e, claro, sobre o próprio cartão. O interessante é que, de três linhas que traz gravadas, apenas duas são usadas para a leitura dos cartões de crédito e jamais podem ser alteradas. A última, por sua vez, contem dados que podem alterados ao longo do tempo em que os cartões de crédito estiverem em uso.

4. Crédito

4

Embora muita gente pense nos cartões de crédito como uma forma de comprar mais e não ter que se preocupar em pagar (pelo menos não imediatamente), a verdade é que a junção crédito dos cartões funciona como qualquer outro tipo de empréstimo. Isso porque, quando se compra ou parcela compras nos cartões de crédito, juros e outras taxas são acrescentados ao valor que o usuário prorrogou para o mês seguinte, o que deixa a dívida bem mais cara.

Isso é muito mais assustador quando as pessoas ainda resolvem pagar somente o valor mínimo das faturas mensais, gerando uma verdadeira bola de neve de juros, que vão ser somados à fatura integral do próximo mês.

5. Encargos

5

Se as pessoas não prestam atenção nos juros embutidos nos cartões de crédito, os encargos contratuais com o qual todos eles contam, então, passam totalmente despercebidos. E o pior, podem fazer um verdadeiro estrago no bolso! Isso porque os encargos dos cartões de crédito são controlados segundo a vontade de suas empresas operadoras, ao contrário dos juros que são controlados pelo Banco Central, no caso brasileiro.

E o que a maioria das pessoas não sabem: os encargos dos cartões de crédito estão em tudo! No saque, nas transferências, na emissão de extratos e assim por diante.

6. Dólar

6

Um dos segredos dos cartões de crédito que os bancos jamais revelam é sobre o risco que as compras em dólar representam para o bolso dos brasileiros. Isso porque não adianta esperar a moeda americana estar mais barata para fazer a compra daquele eletrônico, por exemplo, na função crédito.

As empresas dos cartões de crédito, na verdade, convertem o valor da sua compra somente no dia do fechamento de sua fatura, lançando o valor do dólar vigente nesse dia. Assim, os usuários dos cartões de crédito sempre recebem para pagar o valor do dólar reajustado. Isso, aliás, pode dar um susto enorme na hora de colocar a mão no bolso e pagar a conta.

7. Platinum

7

Você pode até na ser um cliente VIP dos cartões de crédito, mas, com certeza, sabe que existem por aí os cartões de crédito mais sofisticado, como no caso do Platinum, Black e assim por diante, segundo cada bandeira. Eles realmente têm um limite de crédito muito superior aos cartões de crédito usados por nós, simples mortais, mais também contam com juros e encargos muito mais baixos que os demais, sabia disso?

Por exemplo, um Platinum ou Gold, normalmente tem encargos de 2% a 4%, enquanto os demais cartões cobrem de 12% a 15%! Loucura, não?

Segundo os bancos, a explicação para isso é que pessoas consideradas clientes VIP são também consideradas bons pagadores e, por isso, têm como recompensa taxações e encargos mais leves que os pagadores duvidosos, digamos assim.

E você, sabia disso tudo sobre os cartões de crédito?

Ainda sobre segredos que você não sabe, leia também: 12 segredos que os atendentes da Subway nunca contam!