8 alimentos que roubam cálcio do seu corpo

Manter as quantidades de nutrientes equilibradas em seu corpo é o grande segredo para manter a saúde em dia. O cálcio, por exemplo, bastante encontrado em leite e derivados, assim como em ovos e em outros alimentos que fazem parte de nosso dia a dia; é extremamente importante para nosso organismo e mantém os ossos resistentes.

No entanto, alguns outros alimentos que colocamos no prato, embora tenham o consumo diário recomendado e sejam saudáveis, podem acabar impedindo a absorção do cálcio pelo organismo ou até mesmo roubando este nutriente que já estava em seus ossos. Tenso, não?

Quer bons exemplos destes “vilões do cálcio”? Então anote aí o café e até mesmo a proteína. Ambos, se consumidos em excesso, podem prejudicar bastante o processo de absorção de cálcio por seu organismo.

Portanto, para evitar futuros problemas de saúde, além de equilíbrio na alimentação, é preciso conhecer os alimentos que você consome. Para isso, aliás, preparamos uma lista abaixo que vai ajudar você nessa missão de “reconhecimento” e dosagem de sua comida.

Confira 8 alimentos que roubam cálcio do seu corpo:

1. Sal

O problema não é, exatamente, o sal, mas o sódio encontrado nele. Este nutriente, embora faça bem à saúde em pequenas porções, em excesso aumenta a excreção de cálcio pela urina. Pessoas que sofrem de osteoporose, por exemplo, são desaconselhadas a acrescentar sal em comidas como em saladas, salgados e assim por diante. Alimentos que precisam ser temperados à parte podem ficar mais saborosos com limão, azeite e especiarias como tempero.

2. Café

Especialmente se ingerido junto ou após o consumo de algum alimento fonte de cálcio, como o leite, o café acaba roubando cálcio do organismo. Isso porque a cafeína tem efeito diurético e faz com que grandes quantidades de cálcio sejam eliminadas na urina.

Mas, calma! O café, segundo especialistas, só atrapalha na absorção do cálcio se ingerido em quantidade superior a 300 mg por dia, o que corresponde a três xícaras médias. Se você bebe muito menos café que isso, não há problemas.

3. Refrigerantes

Rica em fósforo, a bebida também inibe a absorção do cálcio ingerido e rouba ainda mais cálcio do organismo. Isso acontece porque o fósforo é responsável pela liberação do hormônio que regula a quantidade de cálcio em nossas células e ossos, o paratormônio.

Logo, se este regulador estiver em níveis elevados, ele acaba atrapalhando o corpo a aproveitar novas absorções de cálcio e forçando que o cálcio que já está no ossos seja levado até a corrente sanguínea. O resultado disso? Ossos mais fracos, claro.

4. Nozes e outros alimentos ricos em ácido oxálico e fitatos

Encontrado no gérmen de trigo, nas nozes, no feijão, no espinafre, no tomate e em muitos outros alimentos do dia a dia, o ácido oxálico aumenta a eliminação de cálcio pelas fezes. A mesma coisa acontece com os fitatos.

Por isso, é bom tomar cuidado com a ingestão excessiva de cereais integrais, que são fontes riquíssimas dos dois nutrientes alarmantes para o cálcio de nosso organismo. Isso porque, ricos em fibras, eles ajudam no funcionamento do intestino, mas acabam estimulando a eliminação de cálcio também.

5. Chocolate

Rico em ácido oxálico e em cafeína, o chocolate é, praticamente, uma representação dos alimentos que não são nada amigos do cálcio. Isso também vale para o achocolatado em pó ou para o chocolate em pó, por estes dois nutrientes terem os efeitos que já elencamos mais cedo.

Agora, se você quiser comer chocolate mesmo assim, prefira os com maior teor de cacau na composição, como os amargos e meio amargos. Embora eles também prejudiquem um pouco a absorção do cálcio, a ação antioxidante nesse tipo de chocolate é maior que nos demais.

6. Manteiga e outros alimentos ricos em gordura

Esse tipo de gordura também é vilão da absorção do cálcio porque também provoca um descarte maior deste nutriente nas fezes, ao invés de ajudá-lo a chegar aos ossos. A culpa, aliás, são dos ácidos graxos saturados de cadeia longa que, ao chegar ao intestino, forma o oxalato, substância que se liga ás moléculas do cálcio e faz com que ele seja eliminado nas fezes.

7. Folhas verdes, cereais integrais e outros alimentos ricos em ferro

Assim como o cálcio, o ferro é importantíssimo para a manutenção de nossa saúde, mas, em excesso, ele acaba atrapalhando na aborção do cálcio por nosso organismo. Especialistas explicam que isso acontece já que os dois nutrientes são absorvidos pela mesmo “porta”, a glute, que encaminha as substâncias à corrente sanguínea.

É nessa etapa que acabamos de descrever que cálcio e ferro competem entre si para serem absorvidos. No caso, o ferro costuma vencer a disputa quando está em quantidade maior.

8. Carnes e outros alimentos ricos em proteínas

Se consumidas em excesso, as proteínas prejudicam o corpo quanto ao cálcio porque consomem muito deste nutriente para serem absorvidas. Logo, quando se come muita proteína, a eliminação de cálcio pela urina pode aumentar bastante.

Para evitar o problema, especialistas recomendam que cada pessoa consuma de 0,8 a 1g de proteína por dia por quilo de seu peso.

E, falando em absorção de nutrientes, esta outra matéria também é bastante importante para sua saúde: 11 sinais de que está faltando de vitamina D em seu corpo.

Fonte: Minha Vida