8 remédios caseiros contra ressaca que vão salvar você no dia seguinte

Quem nunca teve vontade de sumir do mundo no dia seguinte a uma bebedeira não sabe o que é se sentir vivo (nem como é saber que cada célula do seu corpo está gritando com você)!. E, apesar de parecer um mal incurável, a verdade é que existem remédios caseiros contra ressaca muito mais eficientes para essas situações que os remédios encontrados nas farmácias.

Na verdade, como você vai perceber ao longo da matéria, além de serem mais baratos e fáceis de se conseguir, esses remédios caseiros contra ressaca costumam ser muito mais eficientes quando o assunto é se recuperar da bebedeira.

Se casados com uma boa dose de descanso, de comidas gordurosas e de litros e mais litros de água, as receitinhas que você vai conferir hoje serão muito mais eficientes contra os sintomas da bebedeira na manhã seguinte do que tudo que você já tenha tentado até hoje.

Conheça 8 remédios caseiros contra ressaca que vão salvar você:

1. Água de coco

Uma das principais causas da ressaca no dia seguinte é a desidratação. Por causa disso, um dos melhores remédios caseiros contra a ressaca é a água de coco.

Por conter 5 dos eletrólitos que também estão presentes no sangue, água de coco é muito mais eficaz que a própria água mineral, que não contém nenhum eletrólito e que bebidas como o Gatorade, que só contam com 2 eletrólitos. Isso, claro, sem contar que a água de coco ainda conta com açúcares naturais, importantes também para a reidratação; e 0% de gordura.

2. Missoshiro

Também conhecida como missô, essa é uma sopa japonesa a base de um caldo fermentado de soja, arroz e cevada. Ela alimenta e ajuda na reidratação, assim como a água, além de contar as bactérias fermentadas, enzimas e nutrientes que auxiliam na digestão.

Ou seja, ela pode ajudar você a vomitar menos enquanto ajuda a você se recuperar da ressaca.

3. Soro caseiro

Assim como a água de coco, esse é um dos melhores remédios caseiros contra ressaca que se tem notícias. O melhor de tudo é que ele é bem simples de se preparar: meia colher de chá de sal e duas colheres de sopa de açúcar misturados em dois litros de água.

Você deve ingerir a mistura ao longo do dia e esperar o milagre ser feito.

4. Cafeína

Embora não deva ser consumida logo depois da balada, por deixar você mais agitado e interferir negativamente no sono, uma boa fonte de cafeína como o café ou a Coca-Cola ajuda a fazer milagres quando o assunto é a ressaca.

Isso porque a cafeína aumenta a espessura dos vasos sanguíneos, naturalmente contraídos por causa do álcool; sem contar que ajuda a melhorar a dor de cabeça. Outra vantagem da cafeína, nesse caso consumida logo pela manhã, no dia seguinte, é ajudar você a ficar acordado e ter disposição para a vida no dia seguinte.

5. Taurina

Para quem não sabe, a taurina é um ácido orgânico naturalmente encontrado no fígado e, claro, nas bebidas energéticas. Embora essas bebidas não devam ser misturadas com álcool, como você já viu nessa outra matéria aqui, se consumidas no dia seguinte podem ser ótimos remédios contra a ressaca.

6. Mostarda

Um dos melhores remédios caseiros contra a ressaca, com certeza, é a mostarda. As propriedades desintoxicantes desse alimento melhoram a circulação sanguínea e, por causa disso, a mostarda (em pó, nesse caso) pode até mesmo ser utilizada em um banho de banheira, por exemplo.

7. Raiz-forte

Também conhecida como wasabi, esse tempero japonês também é um poderoso recurso na hora de desintoxicar e de cuidar da ressaca. O jeito certo de utilizá-lo é fervendo água com a raiz-forte e preparando um banho relaxante de banheira.

Se quiser, pode até mesmo misturar a mostarda em pó nesse banho, potencializando o efeito purificante. O único problema, como você deve imaginar, é o cheiro que vai ficar em sua pele.

8. Oxigênio

Quando você inala mais oxigênio você acaba aumentando a atividade metabólica e acelerando o processamento das toxinas pelo organismo. Isso é um ótimo remédio (mesmo que não seja muito caseiro) contra a ressaca.

Agora, se você não tem um tanque de oxigênio à disposição para inalar um pouco na manhã seguinte à bebedeira, praticar algum exercício físico que estimule a oxigenação, como corrida, natação, academia e assim por diante, pode ajudar.

E então, você sabia que tanta coisa poderia livrar você daqueles sintomas terríveis da ressaca no dia seguinte àquela bebedeira monumental? Agora, se você acha que esse é o único problema de sempre beber muito, não deixe de conferir essa outra matéria a seguir: 5 efeitos colaterais do álcool que ninguém comenta.

Fonte: Super Interessante