9 melhores eventos astronômicos que serão vistos no céu em 2018

Se 2017 foi um ano cheio de novidades para quem gosta de astronomia, 2018 também não vai decepcionar. Especialistas já previram vários eventos astronômicos interessantíssimo e variados que acontecerão ao longo do ano, como você vai ver na lista.

Logo em janeiro, o ano começa sendo presenteado com uma superlua para lá de especial, acompanhada com um eclipse lunar. Depois o ano segue com muito mais eclipses solares e lunares, chuvas de meteoros, alinhamento de planetas, aproximação de planetas com a Lua, com a Terra e assim por diante.

Abaixo, listamos alguns dos mais interessantes dos eventos astronômicos que acontecerão em 2018, as datas que eles devem acontecer, porque se realizarão, entre outros detalhes interessantes que você pode gostar de descobrir sobre eles.

Confira alguns dos eventos astronômicos de 2018:

1. Dia 31 de janeiro – Superlua de Sangue Azul

A tão esperada Superlua de Sangue Azul vai iluminar o céu no último dia de janeiro, combinando três fenômenos diferentes: a Superlua, a Lua Azul e a Lua de Sangue.

O primeiro deles consiste na aproximação da lua de nosso planeta, a deixando 30% maior que as luas cheias regulares e fica 15% mais brilhante.  Já, a Lua Azul, é apenas o nome dado à lua cheia do mês, que só acontece a cada dois anos e meio.

A Lua de Sangue, por outro lado, é o nome dado ao eclipse lunar total. Esse fenômeno recebe esse apelido porque durante seu acontecimento, a luz que passa pela atmosfera da Terra e reflete na lua é vermelha, já que é o reflexo da luz do sol.

2. Dia 15 de fevereiro – Eclipse solar parcial

Outro dos eventos astronômicos mais esperados de 2018, esse eclipse deve ser visto do Brasil. Conforme o Observatório de Valongo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Região Sul do país será a mais privilegiada na questão da observação, mesmo com visibilidade reduzida.

3. Dias 7 e 8 de março – Desfile dos planetas

O alinhamento dos planetas Saturno, Marte e Júpiter consiste no chamado “desfile dos planetas”, como explicou o pessoal do National Geographic. O fenômeno poderá ser observado no céu durante o mês, com direito a visitas da Lua em cada um deles nesse período.

4. Dias 4, 5 e 6 de maio – Chuva de meteoritos das Eta Aquáridas

Essa chuva, produzida a partir das partículas deixadas pelo cometa Halley, deve ser vista em todo Hemisfério Sul. A expectativa dos especialistas é que seja possível observar até 60 meteoros por hora durante o pico do evento.

Mas, se observada do outro lado do mundo, esse evento não será muito impressionante: a previsão é de que reduza pela metade a quantidade de meteoros observáveis.

De toda forma, a lua deve esconder uma parte considerável do espetáculo esse ano, mas ele ainda poderá ser apreciado depois da meia noite.

5. Dia 16 de julho – Encontro de Vênus com a Lua

Em meados do mês de julho, a Lua e o planeta Vênus devem ser encontrar no céu. Eles poderão ser observados lado a lado nas primeiras horas da noite. A impressão será de que os dois corpos celestes estarão separados por menos de 1.6 graus um do outro.

A notícia ruim, no entanto, é que o melhor ponto do globo para observar isso acontecendo é na América do Norte.

6. Dia 27 de julho – Eclipse lunar

O mundo inteiro poderá observar esse eclipse lunar. Ele acontecerá de forma total na África, na Ásia e no sul da Europa. No Brasil e nos territórios ao nosso redor, no entanto, o eclipse lunar será apenas parcial.

7. Dia 31 de julho – Marte se aproximará MUITO da Terra

Depois de 15 anos, esse fenômeno poderá ser observado no céu novamente e será um dos eventos astronômicos mais incríveis de 2018. De forma geral, o que vai acontecer é uma aproximação máxima de Marte de nosso planeta.

A última vez que isso aconteceu, aliás, foi em 2003.

8. Dias 12 e 13 de agosto – Chuva de meteoritos das Perseidas

Famosa por seu grande número de meteoros brilhantes, as Perseidas são uma das melhores chuvas de meteoros para quem gosta de observar eventos astronômicos.

Embora o ápice do evento seja nos dias 12 e 13 de agosto, a chuva terá início no dia 17 de julho e só deve terminar em 24 de agosto.

9. Dia 11 de novembro – Asteroide Halloween

Algumas semanas antes do Dia das Bruxas, o céu será palco da passagem de um asteroide.

O corpo celeste 2015 TB145 foi apelidado de Asteroide Halloween não só por sua proximidade com a data comemorativa, mas também porque os cientistas perceberam que seu formato é muito parecido com o de uma caveira.

E então, anotou na sua agenda todos esses eventos astronômicos do ano? Tomara que você não perca nenhum!

Agora, falando acontecimentos dos quais o homem não tem controle, você pode gostar de conferir ainda: Como são escolhidos os nomes dos furacões e porque os furacões com nome de mulher são os mais mortais.

Fonte: Último Segundo