Curiosidades

É verdade que a Amazônia pertence aos Estados Unidos?

Boatos existem para todo lado, mas será que é verdade que a Amazônia pertence aos Estados Unidos? Como isso aconteceu?

Com certeza, não é a primeira vez que você escuta/lê/ouve que a Amazônia pertence aos Estados Unidos.

As mais diversas histórias, muitas vezes absurdas, são contadas desde as sociedades indígenas, socialistas, autônomas presididas por gringos até invasões militares de países europeus.

Mas e aí? O que realmente acontece?

A Amazônia pertence aos Estados Unidos?

No início do século 21, em 2001, foi espalhado um boato pela internet. O assunto, aliás, deixou muitas pessoas preocupadas: a Floresta Amazônica estaria sendo mostrada, em alguns livros didáticos, como “reserva nacional” sob tutela dos Estados Unidos.

A imagem foi amplamente difundida pela ‘net’, especialmente em correntes de e-mail. Basicamente, a ilustração mostrava um mapa da América do Sul com um texto explicativo sobre a tal reserva internacional.

É verdade que a Amazônia pertence aos Estados Unidos?

Continua após a publicidade

Nesse mapa, toda a extensão da Floresta Amazônica, incluindo os países vizinhos ao Brasil, foram marcados como “Former International Reserve of Amazon Forest” ou FINRAF.

Inclusive, o texto afirmava que, em meados dos anos 1980, a Floresta Amazônica havia passado a ser responsabilidade dos Estados Unidos. Isso porque ela está situada em países de extrema pobreza, com autoridades irresponsáveis e cruéis.

Parece ruim demais até aí? Contudo, isso não é tudo.

Na época, foi difundido que a criação da FINRAF teria sido aprovada pelas nações do G-23. Diziam ainda que isso teria sido uma “dádiva” para o mundo. Afinal de contas, uma floresta tão rica não poderia ficar nas mãos de países tão primitivos.

Tudo mentira

É verdade que a Amazônia pertence aos Estados Unidos?

Contudo, esse suposto conteúdo foi desmascarado já há alguns anos. Profissionais de diversas áreas e diversas nacionalidades se empenharam para desfazer o boato.

Continua após a publicidade

Foi comprovado, então, que toda conversa não passaria de uma invenção de universitários. Assim, a gente pode imaginar a quantidade de boatos envolvendo uma área tão grande, importante, pouco povoada e vigiada que existem.

De empresas farmacêuticas interessadas em explorar sua flora até empresas mineradoras, que acreditam que o solo amazônico pode esconder riquezas incalculáveis, ameaçam a integridade da reserva.

Agora, se somarmos isso a imensa quantidade de ONGs atrás das mais variadas atividades na floresta – seja cuidando de índios ou catalogando animais e plantas -, não é de se estranhar que surja um certo pânico e sentimento de necessidade de reforçar o patriotismo.

Outro rumor – pesado – foi a história de que índios yanomamis teriam fundado uma nação exilada no meio da floresta. Segundo o boato, a intenção era de se separarem do Brasil.

Não apenas isso, eles teriam como presidente um estadunidense e, como vice-presidente, um alemão. Mas o melhor vem agora : eles estariam criando um país socialista, que exploraria com exclusividade as riquezas da floresta.

Proteção da Amazônia

A tecnologia está sendo usada cada vez mais para evitar exploração criminosa da Floresta Amazônica, o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) tem à disposição uma aparelhagem moderna para vigiar as fronteiras brasileiras e sua gigantesca extensão.

Continua após a publicidade

Basicamente, são: seis satélites, 18 aviões, sete radares fixos, seis radares móveis e mais 20 secundários, providenciados para essa complicada tarefa. Todos através de uma empresa que também tem as forças armadas americanas entre seus clientes.

8 coisas banidas dos Estados Unidos que são inacreditáveis

O que explica a origem dos rumores e boatos, além de dizer que todas as imagens e dados gerados pela plataforma de defesa passam primeiro pelo Pentágono, antes de chegar ao exército brasileiro.

Vender riquezas para pagar dívidas

É verdade que a Amazônia pertence aos Estados Unidos?

Essa é a ideia de Margaret Thatcher que, entre outros importantes e influentes políticos, disse em 1983 que os países subdesenvolvidos deveriam vender suas riquezas caso não fossem capazes de pagar suas dívidas externas.

O francês François Mitterrand também disse que o Brasil precisaria aceitar a soberania de outros países sobre a Amazônia.

Continua após a publicidade

Al Gore, ex-candidato à presidência americana, afirmou que a Amazônia pertence a todo mundo. Apesar dessas falas, nada indica que haja algum tipo de poder externo sobre a reserva.

De qualquer maneira, os boatos sempre existiram e sempre vão existir. Especialmente entre as pessoas que adoram uma teoria da conspiração.

O importante é manter a saúde da Floresta Amazônica para que sua fauna e flora possam desenvolver naturalmente. Consequentemente, fazendo bem não só para o Brasil, mas para todos os países.

E então, o que acha sobre esse assunto?

E, falando na biodiversidade brasileira e em nossas matas, você precisa conferir ainda: 11 animais em extinção no Brasil que podem sumir nos próximos anos.

Fonte: Mega Curioso

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você