8 coisas banidas dos Estados Unidos que são inacreditáveis

Conhecido há décadas como a maior potencia mundial, os Estados Unidos é um país evoluído em vários aspectos. Acontece, no entanto, que nem tudo na chamada “terra do Tio Sam” corre às mil maravilhas, como o mundo inteiro costuma imaginar.

Embora as escolas sejam de qualidade e a população conte com uma distribuição de renda mais justa, a coisas difíceis de entender acontecendo por lá, como a proibição de alguns produtos e práticas populares aparentemente inocentes. O resultado disso, como você vai ver hoje, são que algumas coisas banidas dos Estados Unidos são, simplesmente, inacreditáveis.

A lista abaixo, como você vai ver, mostra algumas das coisas bonitas dos Estados Unidos que mais deixam as pessoas espantadas. São itens que ficaram proibidos aos americanos e pessoas de fora, que habitam o país, por mais bobos que alguns desses produtos e até mesmo pessoas, possam parecer.

O mais impressionante, no entanto, é que os Estados Unidos ainda permitam seus cidadãos obterem armas livremente, enquanto seus governantes se preocupam com coisas como o delicioso (caro) e inocente Kinder Ovo, também entre os artigos retirado das prateleiras do país. Qual a lógica disso ninguém sabe, mas vamos lá conferir essas lista para lá de estranha?

Descubra, abaixo, 8 coisas banidas dos Estados Unidos que são inacreditáveis:

8. Desafio do balde de gelo

1

Se você é um cara de gosta de internet e que assiste aos noticiários, com certeza se lembra dessa época, em que todo mundo estava engajado em se deixar atingir por um balde cheio de gelo e água gelada. Acontece, no entanto, que os diplomatas do Departamento de Estado dos Estados Unidos – que estavam doidinhos para entra na brincadeira -, foram proibidos pelo governo de participarem do desafio.

Para quem não se lembra, aliás, o tal desafio se tratava de uma campanha filantrópica de apoio aos portadores da esclerose lateral amiotrófica (ELA). Mas, independente da nobreza da causa, os embaixadores e demais funcionários públicos do órgão foram avisados que não poderiam usar suas imagens (pessoais) para fins privados e ponto final.

7. Jogos demorados de bingo

2

Se durarem mais de 5 horas, os jogos de bingo, na Carolina do Norte, devem ser interrompidos… ou melhor: estão proibidos de acontecer. A exceção à regra (que sempre existe, claro) é se o jogo estiver acontecendo em uma feira.

6. Dicionários

3

Sim, parece piadinha de 1º de abril, mas foi verdade nos Estados Unidos, mais precisamente em 2010. Nesse ano, a 10ª edição do dicionário Merriam-Webster foi tirada de circulação e proibida nas salas de aula depois que um pai, no Sul da Califórnia, achou um absurdo as crianças terem acesso à definição de ‘sexo oral’. Ele entrou na justiça e ganhou, o que consiste na parte mais impressionante da história.

5. Poster inapropriado

4

A “indecência” do cartaz do filme Sin City 3, com a atriz Eva Green usando roupão transparente; foi motivo de escândalo nos Estados Unidos. O poster foi banido do país por ser considerado provacante demais e, claro, inapropriado. Na imagem, como você pode ver, a atriz segura uma arma, usa esmalte vermelho nas unhas, batom cereja e o contorno de seus seios estão à mostra.

4. Nigella Lawson

5

Embora seus programas de culinária sejam famosos no mundo inteiro, a apresentadora foi banida do solo americano e impedida de embarcar em um voo com destino aos Estados Unidos. Isso aconteceu depois que Nigella assumiu ter usado cocaína durante dois períodos de sua vida.

3. Barbatanas de tubarões

Embora pareça estranho para os costumes ocidentais, a barbatana de tubarão é um ingrediente usado na cozinha chinesa. Acontece que, desde 2011, os Estados Unidos deus ordens de que esse produtos nunca mais entrem no pais, devido à contribuição que seu consumo teria com a baixa dos tubarões no oceanos. Mas os defensores da cultura chinesa não concordam com a visão americana da questão: segundo eles, os tubarões continuam sendo mortos por aí e, se não houver consumo de suas barbatanas, elas continuarão sendo descartadas no mar.

2. Haggis

7

Outra cultura estrangeira que não é mais privilegiada nos Estados Unidos é a escocesa. Isso porque os Estados Unidos baniu de suas prateleiras o produto chamado Haggis, que consiste em um prato típico da Escócia, feito de tripas de carneiro recheadas com farinha de aveia e uma série de outros ingredientes.

1. Kinder Ovo

8

Enquanto essa guloseima – que oferece um brinde em seu interior – parece tão inocente para o mundo, os Estados Unidos enxerga nesse tal de Kinder Ovo um inimigo público. O chocolate foi banido do país, pela Administração Americana de Drogas e Alimentos (FDA), porque seus brinquedos ofereceriam grandes riscos de asfixia às crianças. Pelo menos foi assim que eles justificaram a decisão.

Fala sério, dá para acreditar nesse pessoal dos Estados Unidos?

Agora, para deixar você ainda mais chocado com os Estados Unidos, essa matéria vem para fechar com chave de ouro: 23 coisas absurdas permitidas por lei nos Estados Unidos.

Fonte: O Globo