Americana mostra efeitos do câncer de ovário e comove internet

Uma das doenças mais tristes e devastadoras atualmente, o câncer não escolhe cor, gênero, nem idade de suas vítimas. Ás vezes, a pessoa nem sequer sabe que está doente e, do nada, a doença se instala e altera todo o ritmo de vida.

A americana Cheyann Clark é um exemplo vivo disso. Aos de 23 anos, ela descobriu um câncer de ovário e está em tratamento há alguns meses. Antes de descobrir a doença, no entanto, a moça era halterofilista, modelo fitness e se preparava para um concurso de biquíni, nos Estados Unidos.

Mas, depois de sentir fortes dores de estômago, a carreira de Cheyann precisou ser interrompida. Isso porque, no dia 3 de agosto deste 2016, a moça foi diagnosticada com câncer de ovário. De lá para cá, a rotina da competidora se alterou completamente devido aos tratamentos e internações.

Efeitos do câncer de ovário no corpo

Depois de um tempo sumida de seus fãs na internet, Cheyann resolveu mostrar os efeitos do câncer de ovário em seu corpo, logo depois da cirurgia. O resultado foi que a internet inteira se comoveu com a transformação.

Muitos quilos mais magra e visivelmente abatida, a competidora agora perdeu os cabelos longos e seus músculos definidos (especialmente o do bumbum, que era seu maior orgulho) sumiram. Entretanto, a mensagem que ela postou em seu perfil do Instagram abriu os olhos das pessoas para o que existe além da aparência:

“Eu estaria mentindo se eu dissesse que não estou com medo, porque eu estou com muito medo. Eu não vou deixar o câncer vencer, no entanto. Meu espírito não vai desaparecer e eu vou viver minha vida e lutar essa batalha”.

Superação

Há alguns dias, para alegria das pessoas que acompanharam a doença, a modelo informou que está bem, voltando à atividade com seu canal no Youtube, e que recomeçou os treinos. Segundo ela, o “objetivo é ser a guerreira do câncer mais em forma que existe agora.”

Veja outras fotos do antes e do depois da americana:

E, falando em câncer, nem tudo sobre a doença é de conhecimento público, sabia? Na próxima matéria, no entanto, você vai poder descobrir tudo o que os médicos não comentam sobre a doença: 7 verdades sobre o câncer que deveriam ser mentiras.

Fontes: Área de Mulher, Catraca Livre, Metro