Mundo Animal

Animais em risco de extinção – Quais são no Brasil e no Mundo

Há muitos animais em risco de extinção no Brasil e em todo o mundo. Dessa forma, muitas espécies de animais podem deixar de existir.

A fauna brasileira é uma das mais bonitas e diversificadas do mundo. Pois o país possui uma rica biodiversidade composta por mais de 120 mil espécies de animais invertebrados e 8.930 espécies de animais vertebrados. No entanto, devido a vários fatores há mais de 1000 espécies de animais em risco de extinção em algumas regiões brasileiras. Mas, infelizmente esse problema não é exclusivo do Brasil.

De acordo com a Federação Mundial de Vida Selvagem, nos últimos 40 anos, metade da vida selvagem do mundo todo foi extinta. Sendo que grande parte desse problema está relacionado ao estilo de vida humano. Por exemplo, o consumismo desenfreado que causa desmatamentos e a destruição do habitat natural de muitos animais.

Assim como as mudanças climáticas, causadas pelas queimadas e poluição, também são responsáveis por muitas espécies estarem correndo risco de extinção. Dessa forma, caso algo não seja feito o quanto antes, é provável que esse número aumente cada vez mais, e muitas outras espécies acabem desaparecendo do planeta também. Agora, confira alista dos animais em risco de extinção no Brasil e no restante do mundo.

Animais em risco de extinção no mundo

1 – Coala

Gettyimages

De acordo com a Fundação Australiana de Coalas, atualmente existem entre 52 e 87 mil coalas no país. No entanto, esse número vem diminuindo aos poucos fazendo com que entrem para a lista dos animais em risco de extinção. Ademais, a causa seria as mudanças climáticas, pois com o aumento da quantidade de carbono no ar, diminui o valor nutricional dos eucaliptos (fonte de alimento da espécie). Além disso, os incêndios florestais e secas também influenciam para a redução da população de coalas.

2 – Ursos Polares

Gettyimages

Os ursos polares também estão entre os animais em risco de extinção. De acordo com a Polar Bears existem no mundo entre 20 e 25 mil ursos polares. Apesar de que das 19 populações de ursos polares existente, apenas uma delas está aumentando. Pois, as mudanças climáticas estão derretendo o gelo marítimo, com isso, os ursos não conseguem caçar focas, sua principal fonte de alimento.

3 – Leões-marinhos

Gettyimages

Devido ao aquecimento das águas do Pacífico, uma espécie de alga (que produz uma toxina chamada de ácido domóico) está florescendo em grandes proporções. Dessa forma, os peixes se alimentam dessa alga, e os leões-marinhos se alimentam desses peixes. Consequentemente, acabam envenenados. Além disso, as sardinhas, sua outra fonte de alimentação está migrando para águas mais frias ao norte. Por isso, os leões-marinhos também fazem parte da lista de animais em risco de extinção.

Continua após a publicidade

4 – Pinguins-imperadores

Gettyimages

Os pinguins-imperadores também sofrem com o degelo que afeta diretamente sua fonte de alimentação e sua reprodução. De acordo com pesquisadores, a previsão é que até o final do século a população dessa espécie reduza 19% e 20% está entre os animais em risco de extinção.

5 – Estrela-do-mar

Gettyimages

As estrelas-do-mar fazem parte das espécies de animais invertebrados e também são afetadas pelas mudanças climáticas, principalmente o aquecimento dos oceanos. Por isso, a população de estrelas-do-mar corre o risco de serem extintas. Pois, com o aumento da temperatura das águas favorece o aparecimento de uma doença chamada Sea Star Wasting Syndrome, que afeta o desenvolvimento das estrelas-do-mar.

6 – Animais em risco de extinção: Ursos-do-mar

Gettyimages

Os ursos-do-mar estão entre os animais em risco de extinção devido ao fato de que sua alimentação vem sendo prejudicada. Pois, eles se alimentam de uma espécie de animal invertebrado conhecido como Krill, que vem desaparecendo nos últimos anos. Além disso, também vem afetando sua reprodução, já que eles tem filhotes cada vez mais tarde.

7 – Sage Grouses

Gettyimages

O sage grouses é um pássaro que vive nas estepes dos Estados Unidos, local onde há artemísias. No entanto, esse tipo de habitat teve uma redução de 56% nos últimos 100 anos e estima-se que reduza um total de 71% até o ano de 2080. Pois, devido as secas, esses campos estão diminuindo, consequentemente, deixando o sage grouses entre os animais em risco de extinção.

8 – Animais em risco de extinção: Saigas

Gettyimages

De acordo com o New York Times, em menos de um mês mais da metade da população de saigas desapareceu. Segundo cientistas, o motivo seria elementos patogênicos encontrados no sangue da espécie, que antes era inativo. Mas, devido ao aumento das temperaturas acabou se tornando venenoso, dizimando grande parte da espécie. Com isso, as saigas estão entre os animais em risco de extinção.

9 – Raposas voadoras australianas

Gettyimages

As raposas voadoras são parecidas com morcegos e como são bastante sensíveis ao aumento de temperaturas, muitas vem morrendo nos últimos anos. Por exemplo, em apenas um dia quando as temperaturas ficaram muito elevadas, 45 mil raposas voadoras morreram. Por isso, elas também estão entre os animais em risco de extinção.

Continua após a publicidade

10 – Ochotona

Gettyimages

Com o aumento da temperatura, o habitat natural do ochotona vem desaparecendo, além disso, é uma espécie sensível a temperaturas acima de 25 graus. Com isso, eles são obrigados a subir cada vez mais alto nas montanhas e estão entre os animais em risco de extinção.

Animais em risco de extinção no Brasil

1 – Ararajuba

Gettyimages

A ararajuba, também conhecida como guaruba, é uma ave que existe apenas na Amazônia. Ademais, está entre os animais em risco de extinção devido ao tráfico e o desmatamento do bioma.

2 – Animais em risco de extinção: Arara-azul

Info Escola

Encontrada na Amazônia e no Pantanal, a arara-azul está entre os animais em risco de extinção. Isso devido ao tráfico de animais, pois suas penas possuem grande valor no exterior, a caça ilegal e ao desmatamento de seu habitat natural.

3 – Ariranha

Gettyimages

Conhecida como lobo do rio ou lontra gigante, a ariranha vive no Pantanal e na Amazônia. Também está entre os animais em risco de extinção devido à pesca predatória, caça ilegal e a poluição dos rios.

4 – Animais em risco de extinção: Cervo-do-Pantanal

Gettyimages

O cervo-do-pantanal pode ser encontrado no Pantanal, na Amazônia e no Cerrado, mas é um dos animais em risco de extinção devido ao desmatamento e a caça predatória.

5 – Gato Maracajá

Gettyimages

Bastante cobiçado pelos caçadores devido o valor de sua pele, o gato maracajá pode ser encontrado na Amazônia, nos Pampa e No Pantanal. E está entre os animais em risco de extinção devido ao desmatamento do seu bioma.

Continua após a publicidade

6 – Lobo-Guará

Gettyimages

O lobo-guará é considerado como o maior mamífero canídeo da América do Sul, tendo como seu habitat natural o Cerrado, Pantanal e Pampas. Também pode ser encontrado nas regiões da Argentina, Bolívia, Paraguai, Peru e Uruguai. Inclusive, é o desmatamento de seu habitat que faz com que o lobo-guará corra o risco de ser extinto.

7 – Animais em risco de extinção: Macaco-aranha

Gettyimages

O macaco-aranha é encontrado na Amazônia, no entanto, está entre os animais em risco de extinção. Pois, a destruição do seu habitat natural, a caça ilegal e o tráfico de animais têm representado grandes ameaças para sua espécie.

8 – Mico-leão-dourado

Gettyimages

O mico-leão-dourado sofre há décadas com o desmatamento do seu habitat (Mata Atlântica) e com o tráfico de animais. Com isso, sua espécie foi quase toda eliminada, consequentemente, o mico-leão-dourado corre o risco de ser extinto.

9 – Muriqui-do-norte

Gettyimages

É o maior primata das Américas e pode ser encontrado exclusivamente na Mata Atlântica. Devido ao desmatamento da região e a caça ilegal e indiscriminada, o muriqui-do-norte faz parte da lista dos animais em risco de extinção.

10 – Animais em risco de extinção: Onça-Pintada

Gettyimages

O maior felino das Américas está entre os animais em risco de extinção, devido à destruição de seu habitat e caça ilegal. Pois a sua pele tem grande valor no mercado mundial. Ademais, a onça-pintada pode ser encontrada em quase todos os biomas brasileiros, exceto nos Pampas, onde já foi extinta.

11 – Boto cor-de-rosa

Gettyimages

Encontrado nos rios da Bacia Amazônica, o boto-cor-de-rosa é considerado como o maior golfinho de água doce do mundo. No entanto, corre o risco de ser extinto devido à caça predatória.

Continua após a publicidade

12 – Animais em risco de extinção: Pica-pau-amarelo

Gettyimages

É uma espécie de ave brasileira que vive nas regiões do Rio de Janeiro e Alagoas. No entanto, a destruição do seu habitat faz com que enteja entre os animais em risco de extinção.

13- Soldadinho-do-araripe

Info Escola

Espécie de ave da Caatinga, restrita a Chapada do Araripe, no Ceará, está entre os animais em risco de extinção. Pois a desmatamento da região e crescimento desordenado das cidades vem fazendo com que o soldadinho-do-araripe perca seu habitat natural.

14 – Tartaruga-oliva

Info Escola

É uma espécie migratória, cuja desova é feita principalmente no litoral do sul do Alagoas e no norte da Bahia. E mesmo com os projetos de conservação ambiental, a tartaruga-oliva sofre com a coleta dos ovos, a abate ilegal e poluição. Por isso, é um dos animais em risco de extinção no Brasil.

15 – Tartaruga-de-couro

Gettyimages

Essa outra espécie de tartaruga pode viver até 300 anos. Porém, devido ao consumo de seus ovos, o abate ilegal e a captura acidental na pesca, a população de tartaruga-de-couro  corre o risco de ser extinta.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Animais da Amazônia – 15 mais famosos e exóticos da floresta.

Fontes: Meon, Hypeness, Associação Animal Care

Continua após a publicidade

Imagens: Guia do Estudante, Gettyimages, Info Escola

Próxima página »

Escolhidas para você