Curiosidades

Brexit – Como foi a saída do Reino Unido da União Européia

Brexit: Saiba como foi a saída do Reino Unido da União Europeia e o papel de, Theresa May e Boris Jonhson, os responsáveis por isso.

Na última semana de Janeiro de 2020, chegou ao fim uma discussão política que durou quase quatro anos. O Brexit, saída do Reino Unido da União Europeia, foi uma das pautas mais importantes para o cenário sociopolítico mundial. E após tantos conflitos, debates, e negociações ela se concretizou no primeiro mês do ano.

Em suma, a União Europeia é um bloco econômico e político, no qual os Estados-Membro possuem um acordo para realizarem livremente transações comerciais e a circulação de pessoas.  Além de possuírem uma moeda unificada, o bloco é controlado por um Parlamento Europeu, formado por deputados dos países participantes. Certamente, essa cooperação econômica, social e política é uma das alianças mais fortes da nossa história.

O termo Brexit quer dizer “British exit”, ou seja, saída britânica do bloco. Nesse caso, não resta dúvidas de como essa saída tem um grande impacto para todas as nações. É a primeira vez em 47 anos de União Europeia que um país deixa o acordo.  Mas o que levou o Reino Unido a tomar essa decisão? Como foi essa discussão? E quais as consequências disso?

BREXIT: Como foi a saída do Reino Unido da UE.
Asmetro-SN

Como foi o processo?

No ano de 2016, o Reino Unido foi dividido em um intenso debate sobre o referendo em que havia a  proposta do Brexit. O partido conservador defendia a proposta de que os recursos passados para a UE, poderiam ser utilizados para políticas que impediriam a entrada de imigrantes no país. Por outro lado, as forças políticas favoráveis à continuação do país no bloco, afirmavam que o acordo trazia muitos benefícios à população e que não seria interessante perder essas vantagens.

BREXIT: Como foi a saída do Reino Unido da UE.
Sabedoria Política

Ademais, a vitória do Brexit no referendo, foi de 52% a 48%, o que mostra a forte divisão de opiniões por parte da população. Além de ter sido uma das votações com maior participação pública desde 1992, em que 72% dos cidadãos foram às urnas. Em seguida, o então primeiro-ministro, David Cameron, renunciou o cargo. Dando espaço, para o partido conservador indicar Theresa May para assumir o posto.

Theresa May, qual foi seu papel para o Brexit?

BREXIT: Como foi a saída do Reino Unido da UE.
Exame

Como todos sabem, Theresa tinha como principal função seguir com as negociações para a concretização do Brexit. Em seguida, no ano de 2017, a Suprema Corte do país define que o processo deveria passar pelo Parlamento, a fim de confirmar a decisão do ano anterior.

Nesse sentido, o trabalho de Theresa May se torna ainda mais complicado. As negociações giravam em torno da multa a ser paga pelo Reino Unido por conta da saída, as regras de comércio e circulação de pessoas e a situação de fronteira entre a Irlanda e a Irlanda do Norte.  O ano de 2018 foi pautado por uma série de negociações e apresentações de propostas para os ministros britânicos.

BREXIT: Como foi a saída do Reino Unido da UE.
NSC Total

Como imaginamos, isso atrasou muito a efetivação do Brexit. Tendo em vista que o acordo de retirada, proposto pela primeira-ministra, foi rejeitado três vezes pelo Parlamento Britânico. E, diante a tantas derrotas, a premier britânica decidiu renunciar o cargo em julho de 2019. Mas, independente da decisão da primeira-ministra, o seu papel foi fundamental para a criação do acordo.

A entrada de Boris Johnson.

BREXIT: Como foi a saída do Reino Unido da UE.
G1

Com a saída de Theresa May, um novo primeiro-ministro assumiu o cargo, o indicado foi Boris Johnson. Isto posto, ele fez uma campanha forte para conseguir efetivar o Brexit até o fim de outubro de 2019. Antes de tudo, em uma jogada inteligente, Johnson solicita a rainha a suspensão do Parlamento, ele é atendido. E tenta passar o acordo nesse período, mas é barrado pelos parlamentares.

Após isso, o novo primeiro-ministro apela, no Legislativo, por novas eleições ao Parlamento no final do ano. Com o resultado das eleições gerais e a opinião do novo Parlamento a seu favor, Johnson aprova o acordo de retirada. A saída oficial foi datada para 31 de Janeiro de 2020. Com efeito, a grande conquista do partido conservador culminou na renúncia do líder da oposição, Jeremy Corbyn.

Mas o que diz esse acordo?

BREXIT: Como foi a saída do Reino Unido da UE.
European Parliament

Com toda a certeza, o documento apresentado por Johnson é muito semelhante ao que foi escrito por Theresa May.  E demandas como criar uma fronteira alfandegária entre o Reino Unido e a Irlanda do Norte, a fim de taxar produtos e mercadorias que iriam sair do território, foram abordadas.

Além disso, também foi colocado que os cidadãos da UE no Reino Unido e dos britânicos na UE não sofreram perda de direitos e as relações comerciais permaneceram iguais, durante o período de transição.

Isto posto, a duração do período de transição é de onze meses a partir da data oficial da retirada, cuja ocorreu no último dia 31. Outro ponto importante, foi estabelecido que o Reino Unido terá que pagar para a UE o equivalente R$170 bilhões. Nesses próximos onze meses ocorreram uma série de negociações para definir como serão as novas relações econômicas e sociais entre os países.

Por exemplo, algumas das pautas abordadas nesse processo podem ser;

  • Um novo acordo de livre comércio.
  • Questões aduaneiras.
  • Compartilhamento de dados e segurança.
  • Normas e segurança da aviação.
  • Acesso à áreas de pesca.
  • Fornecimento de eletricidade e gás.
  • Licenciamento e regulamentação de medicamentos.

Sem dúvida, são muitas questões a serem abordadas. É evidente, que o cronograma é desafiador, como foi alertado pela Comissão Europeia. Em síntese, e de maneira geral, assim ocorreu o processo de saída do Reino Unido da União Europeia.

Eai, entendeu o que é o Brexit? Se interessa por politica mundial? O que você acha de dar uma olhada no nosso texto sobre O que é Ciência Geopolítica e como ela interfere nas relações globais?, é provável que você goste.

Fonte: InfoEscola, BBC, AgenciaBrasil, Revistapegn.

Imagem Destaque: ND

Próxima página »

Escolhidas para você