Curiosidades

Canto do cisne: origem e significado da expressão

Canto do cisne é uma expressão usada há séculos, usada principalmente como uma metáfora para se referir ao último feito de alguém antes de morrer.

Canto do cisne é uma expressão popular usada como uma metáfora para descrever as realizações importantes de uma pessoa. Mas, você deve estar se perguntando, o que a expressão tem a ver com o lindo animal? Acreditava-se que o cisne-branco (Cygnus olor), passava toda a sua vida sem emitir nenhum som. Até que ao chegar o momento de sua morte, ele exprimia uma bela canção.

De acordo com o professor Ari Riboldi, foi a partir da bela canção emitida nos últimos momentos da vida do cisne-branco, que deu origem a expressão canto do cisne. Em suma, a expressão se refere a algo grandioso que uma pessoa possa ter feito antes de sua morte. Dessa forma, o canto do cisne é muito usado como referência a obras finais de artistas. Assim como a tentativa de manter uma carreira grandiosa em qualquer esfera social.

Segundo o professor Ari Riboldi, o uso da expressão se deve à semelhança poética. Pois, em seus últimos momentos de vida, conseguiu transparecer todo o seu raro talento. Aparentemente, a primeira menção a essa expressão teria sido pelo filósofo grego Sócrates, momentos antes de sua morte.

Canto do cisne: origem da expressão

Significados

De acordo com estudiosos, a primeira menção a expressão canto do cisne ou cygnea cantio, teria sido feita pelo filósofo grego Sócrates na Grécia Antiga. Isso, momentos antes de se suicidar ingerindo cicuta, em 399 a.C. Pois, no diálogo Fédon, Platão apresenta o que seria a última frase de Sócrates. E nela, o filósofo grego havia feito referências aos cisnes.

Continua após a publicidade

“Quando sentem a hora da morte se aproximar, essas aves, que durante a vida já cantavam, exibem então o canto mais esplêndido, mais belo; eles estão felizes de ir ao encontro do deus do qual são os servidores. (…) Eu, pessoalmente não acredito que eles cantem de tristeza; acredito, ao contrário, que, sendo as aves de Apolo, os

cisnes possuam um dom divinatório e, como pressentem as alegrias que gozariam no Hades, cantam, nesse dia, mais alegremente do que nunca.”

Continua após a publicidade

Ademais, Sócrates usa essa ideia do cisne como prova da existência de vida após a morte. Pois, o filósofo acreditava que o animal cantava uma canção tão bela, porque sabia o que o esperava após sua morte. Dessa forma, Sócrates tina certeza absoluta de que iria passar para uma existência melhor.

Enfim, durante muito tempo, por acreditarem ser verdade esse mito do cisne-branco, a expressão foi amplamente usada por poetas, artistas e músicos.

Continua após a publicidade

A verdade

Amino Apps

Apesar de ser muito usada, a expressão o canto do cisne não condiz com a verdade sobre o animal. Pois, cientistas desmentiram a história sobre o cisne-branco. Na verdade, o cisne não canta, nem mesmo momentos antes de sua morte. Mas, também não é mudo, ele grunhem e assovia durante sua vida toda.

Portanto, o sábio Sócrates estava errado, mas a expressão tornou-se tão famosa ao longo dos séculos, que até os dias de hoje, é usada para se referir à última grande obra antes de sua morte. Enfim, isso mostra como as expressões enraizadas culturalmente, o seu sentido metafórico tem mais validade do que a sua verdade científica.

Canto do Cisne de Schubert

Fritz Dobbert

Poucas semanas antes de morrer, o compositor austríaco Franz Schubert (1797-1828), aos 31 anos, escreveu dois conjuntos de canções sobre poemas de Ludwig Rellstab e Heinrich Heine. Dessa forma, um ano após sua morte, Tobias Haslinger reuniu os dois conjuntos de Schubert e publicou uma coleção póstuma. Cujo título era “Schwanengesang” ou canto do cisne em alemão. Enfim, foram as últimas criações de Schubert. E algumas pessoas acreditam que o compositor pressentiu sua morte. Então, reuniu tudo o que lhe restava de vida para criar seu último trabalho magnífico.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Sons dos animais, quais são? Quando e como são usados

Continua após a publicidade

Fontes: Significados, História do Mundo, Terra, Mitologia

Imagens: Jornal de Curitiba, Amino Apps, Fritz Dobbert

Próxima página »

Escolhidas para você