Centralia: cidade americana está em chamas há 50 anos

Centralia era um lugar calma, como qualquer outra cidadezinha. Localizada no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, a cidade contava com cerca de 5 mil habitantes na década de 60, tinha escolas, cinema, hospital, comércio em funcionamento e, claro, ruas pavimentadas e casas.

Hoje, no entanto, Centralia é uma cidade fantasma, daquelas que dão medo. Aliás, a cidade já chegou até a ser cenário de filme terror e é a Silent Hill da vida real. Mas, porque todo mundo abandonou?

Bom, a história é algo que quase ninguém poderia imaginar ser possível na verdade. Isso porque Centralia está em chamas, isso mesmo queimando, há um pouco mais de 50 anos! Agora a parte mais interessante: é o subsolo da cidade que está em combustão!

2

Rachaduras no asfalto das ruas desertas, outrora cheias de movimento, pessoas, casas e carros, denunciam que existe algo errado em Centralia. Embora em muito lugares já não se possa ver as chamas, o solo libera uma fumaça tóxica e quente o tempo inteiro.

O incêndio de Centralia

O desastre que comprometeria para sempre a existência da pequena cidade americana de Centralia começou em maio de 1962. Conforme peritos que estudam o lugar já décadas, tudo começou com um incêndio, em um depósito de lixo do lugar, que acabou saindo do controlem, chegando até a mina subterrânea da região.

9

Aliás, uma das formas econômicas de Centralia naquela época era o carvão mineral, responsável pela sua ascensão e também pelo seu fim. Assim que o fogo chegou à mina, o mineral se encarregou se espalhar o fogo, que até hoje toma conta do subsolo da cidade.

7

Desde de então, por mais que especialistas tentem, o fogo e os gases tóxicos da queimada do carvão mineral não pode ser interrompido. Até mesmo tubos para o vazamento da fumaça e dos gases foram instalados por todo o terreno, mas o incêndio persiste há mais de 5 décadas.

Abandono de Centralia

No início, ninguém poderia imaginar que o incêndio tomaria proporções tão grandiosas e perigosas também. Mas assim que as autoridades americanas tomaram conhecimento da situação de Centralia, medidas foram tomadas para que a cidade fosse desocupada.

5

À medida que os níveis de gases tóxicos aumentavam em uma região da cidade, os moradores eram obrigados, pela justiça, a abandonar seus imóveis. Até que chegou o dia em que a Centralia se tornou, praticamente, uma cidade fantasma.

3

Atualmente, embora alguns moradores do lugar desobedeçam a justiça e insistam em ficar em suas casas, é visível o abandono de Centralia. Ruas inteiras foram cobertas pelo mato, centenas de casas estão demolidas ou abandonadas e é difícil encontrar pavimentação que não esteja em profundas rachaduras devido à queima do carvão.

8

Embora não já mais cheiro de enxofre no a e o solo já tenha pedido o calor ao toque, o clima da cidade de Centalia é bastante hostil, diferente da tranquilidade do passado. Mas, mesmo assim, a previsão é que as camadas mais profundas da área continue queimando por mais algumas décadas, ou melhor, por mais alguns séculos.

1

Os resistente do lugar não acreditam que exista uma ameaça real na região. Para eles, todo a história de Centralia não passa de uma conspiração, já que o governo teria intenção de explorar aquelas terras para a mineração de carvão mineral.

Abaixo, você assite uma matéria da BBC Brasil, que mostra um pouco mais sobre o estado de Centralia hoje em dia:

Trágico, mas interessante, não é?

E, por falar em cidades estranhas e com histórias um tanto bizarras, leia também: 10 cidades perdidas que ressurgiram do passado.

Fontes: O Globo, BBC Brasil, Tecmundo