Vale Conhecer

Cidades seguras pós-pandemia, quais são os melhores destinos?

A lista de cidades seguras pós-pandemia parte de um índice e avaliação desenvolvida pela divisão de pesquisa Economist Intelligente Unit

As cidades seguras pós-pandemia são destinos que passaram por um longo processo de modernização e transformação. Nesse sentido, as imposições da pandemia alteraram as paisagens, assim como o funcionamento do comércio. Por outro lado, a proteção sanitária e biossegurança tornaram esses locais em espaços seguros, em especial no contexto de saúde.

Sobretudo, a lista surgiu por meio da Economist Intelligente Unit, uma divisão de pesquisa e análise do grupo Economist. Desse modo, desenvolveram o índice de Cidades Seguras de 2021, com a classificação de 60 cidades seguras pós-pandemia. Em resumo, utilizaram de 76 indicadores de segurança, mas existem cinco categorias principais.

Por um lado, tem-se a segurança digital, de saúde, de infraestruturas e pessoal. Mais recentemente, adicionaram também a segurança ambiental. Apesar de ser a quarta edição do relatório, houveram mudanças em decorrência da pandemia, assim como um enfoque no cenário pós-pandemia.

Ainda assim, Copenhague, na Dinamarca, tornou-se a primeira das cidades seguras pós-pandemia pela primeira vez. Basicamente, alcançou 82.4 pontos de 100 na avaliação do Índice. Acima de tudo, fatores como baixa taxa de criminalidade foram fundamentais na determinação desse pódio. Por fim, conheça a seguir as cidades mais seguras pós-pandemia:

Cidades seguras pós-pandemia, quais são?

1) Copenhague, na Dinamarca é a primeira das cidades seguras pós-pandemia

Fotografia de um local turístico

Como citado anteriormente, a campeã da lista alcançou 82.4 pontos na avaliação. Porém, ganhou destaque por conta da categoria de segurança ambiental do índice. Sobretudo, esse ponto mede questões como sustentabilidade, qualidade do ar, gestão de resíduos e políticas públicas de conservação.

Continua após a publicidade

Por outro lado, no que diz respeito à categoria de saúde, essa é uma das cidades seguras pós-pandemia por conta das ações do governo. Nesse sentido, a conscientização da população foi uma ação massiva, assim como a própria testagem e distribuição de itens de segurança. Curiosamente, Copenhague é vista desde 2008 como a cidade mais feliz do mundo.

2) Toronto, Canadá

Fotografia de um local turístico

Acima de tudo, a diferença com a primeira cidade segura pós-pandemia é bem pouca, pois Toronto marcou 82.2 pontos. Nesse sentido, a boa avaliação parte dos destaques em saúde, segurança pessoal e infraestrutura. No geral, esse é um destino ideal para estudantes, pesquisadores e cientistas do mundo inteiro.

Além disso, os índices de segurança e estabilidade tornaram-se ainda maiores com a situação da pandemia. Em especial, com o aumento da vigilância e pela própria cultura local quanto à cidadania. Ademais, os planos de vacinação para moradores em situação de isolamento absoluto foi uma das medidas com destaque no cenário internacional.

3) Singapura, a terceira das cidades seguras pós-pandemia

Fotografia de um local turístico

Também entre as três melhores cidades do mundo para intercâmbio e futurismo, Singapura completa o pódio do índice com 80,7 pontos na avaliação. Nesse sentido, os investimentos na região ampliaram mercados importantes, como o financeiro e de ações. Sendo assim, é um destino que apresenta potencial de crescimento, assim como de segurança, infraestrutura e saúde.

Continua após a publicidade

Curiosamente, o país ainda apresenta uma das maiores taxas de vacinação do mundo atualmente, com mais de 80% da população vacinada. Apesar disso, ainda sofre com o monitoramento de novas variantes da Ásia. No entanto, as atividades comerciais e turísticas acontecem a partir de um rígido protocolo de segurança e saúde.

4) Sidney, Austrália

Fotografia de um local turístico

Comumente, Sidney tem a fama de ser um destino para todos os estilos de vida, atraindo turistas do mundo inteiro. Nesse sentido, angariou 80.1 pontos na avaliação por conta dos índices altos no que refere-se à segurança pessoal e de saúde. Sobretudo, é uma cidade que oferece acesso a internet a todos, mas também segurança cibernética e respeito à privacidade de dados dos usuários.

5) Tóquio, a gigantesca cidade no Japão

Fotografia de um local turístico

Mais do que a capital do Japão, Tóquio tornou-se uma das cidades seguras pós-pandemia pelo pioneirismo na área de saúde. Desse modo, os médicos, especialistas e pesquisadores do país deram aula às outras nações sobre como lidar com uma crise sanitária. Por outro lado, no que diz respeito a infraestrutura, desenvolvimento urbano e segurança, há índices muito bons.

Ainda que esteja em quinta posição na lista de cidades seguras pós-pandemia, Tóquio foi um dos primeiros países a reagir à Covid-19. Nesse sentido, estabeleceram protocolos de isolamento e programas de vacinação rapidamente, o que explica os 80 pontos na avaliação.

Continua após a publicidade

6) Amsterdam, Holanda

Cidades seguras pós-pandemia, quais são os melhores destinos?

Apesar dos 79.3 pontos na lista, saindo da casa dos 80 pontos, Amsterdam é uma das cidades seguras pós-pandemia com melhor retomada cultural no mundo. Além disso, apresentou bons índices de segurança digital, pessoal e turística. Além disso, é um dos importantes centros portuários da Europa, assim como Copenhague que inicia o ranking.

7) Wellington, uma das cidades seguras pós-pandemia na Nova Zelândia

Cidades seguras pós-pandemia, quais são os melhores destinos?

No geral, o mundo vê a Nova Zelândia quase como outro planeta, devido aos altos índices de desenvolvimento humano, segurança e saúde. Nesse sentido, o país teve destaque no processo da pandemia, sendo um dos primeiros a abrir suas fronteiras, suspender o uso de máscaras e vacinar grande parte da população.

Por outro lado, há ainda grande destaque na relação da população com meio ambiente, apresentando índices de qualidade. Sobretudo, no que diz respeito à preservação ambiental e qualidade do ar respirável, a região destaca-se amplamente. Porém, marcou 79 pontos, o que continua sendo bom apesar da diferença com outros destinos.

8) Hong Kong, a oitava das cidades seguras pós-pandemia

Cidades seguras pós-pandemia, quais são os melhores destinos?

Continua após a publicidade

Por fim, Hong Kong pontuou bons 78.6 pontos, em especial por sua excelente infraestrutura. Além disso, por estar no país de origem do coronavírus, sua presença no ranking é importante para a retomada econômica. Por outro lado, deixou a desejar no que diz respeito à segurança pessoal e digital dos habitantes, mas apresentou projetos para melhoria nesses aspectos, o que aumentou a nota.

E aí, conheceu os melhores destinos e cidades seguras pós-pandemia? Então leia sobre Profissões do futuro, quais são? 30 carreiras para conhecer hoje mesmo

Próxima página »

Escolhidas para você