Cobra-coral-verdadeira e falsa-coral: entenda as diferenças

A cobra-coral-verdadeira e a falsa-coral são muito parecidas, no entanto, a primeira é bastante venenosa. Conheça a diferença entre ambas

Cobra-coral-verdadeira e falsa-coral: entenda as diferenças

A cobra coral é uma serpente comumente encontrada no continente americano.

Suas duas espécies mais conhecidas são a cobra coral falsa (Erythrolamprus aesculapii) e a verdadeira (Micrurus lemniscatus), que frequentemente são confundidas.

A semelhança física das duas espécies é a principal causa dessa confusão, o que pode ser perigoso, pois a cobra coral verdadeira é altamente venenosa.

Quando se trata de cobras corais, a distinção entre as variedades falsas e verdadeiras pode ser uma questão de vida ou morte.

Continua após a publicidade

Essas duas espécies, apesar de compartilharem marcas semelhantes, têm várias diferenças notáveis em sua aparência, comportamento e veneno.

Neste artigo, exploraremos as características de ambas as espécies e os riscos associados à confusão entre elas.

Continua após a publicidade

Diferença entre a cobra-coral-verdadeira e a falsa-coral

Cobras corais são serpentes venenosas comuns nas Américas, particularmente no sul dos Estados Unidos, América Central e América do Sul.

Elas são conhecidas por suas distintas faixas vermelhas, amarelas e pretas que circundam seus corpos. No entanto, essas faixas nem sempre são um indicador confiável da espécie de cobra.

Continua após a publicidade

Quais são as características da cobra-coral-verdadeira?

A cobra-coral-verdadeira apresenta uma sequência de cores distintas em seu corpo: preto, vermelho e amarelo.

Além disso, sua cabeça é arredondada e possuem uma cauda curta.

A cobra-coral-verdadeira possui um veneno neurotóxico extremamente potente, capaz de causar paralisia respiratória e levar à morte.

Seu tamanho é relativamente pequeno, variando de 50 a 80 centímetros de comprimento, e são mais comuns em áreas florestais e úmidas.

Continua após a publicidade

E da falsa-coral?

A cobra coral falsa, também conhecida como coral coral mimetizante, é uma espécie não venenosa que compartilha uma aparência semelhante com a cobra coral verdadeira.

As cobras corais falsas têm faixas vermelhas, amarelas e pretas que se tocam, enquanto as verdadeiras cobras corais têm faixas vermelhas, amarelas e pretas que não se tocam.

Já a cobra-coral-falsa possui uma sequência de cores semelhante à verdadeira, mas com a diferença que o vermelho e o amarelo não se tocam. Sua cabeça é mais fina e alongada, e sua cauda é mais longa em relação ao corpo.

A falsa-coral, apesar de ser venenosa, tem um veneno menos potente e não consegue inocular o veneno com tanta facilidade quanto a cobra-coral-verdadeira, devido à sua dentição.

Continua após a publicidade

Suas presas são pequenas e localizadas no fundo da boca, o que dificulta a inoculação do veneno. Seu tamanho pode variar entre 50 e 120 centímetros de comprimento, e é encontrada em diversos tipos de habitats.

A cobra coral verdadeira, por outro lado, é venenosa e possui um potente neurotoxina. Ela tem uma aparência semelhante à cobra coral falsa, mas suas faixas vermelhas, amarelas e pretas não se tocam. Além disso, a cobra coral verdadeira tem uma cabeça menor que a cobra coral falsa e geralmente é menor em tamanho.

Ao tentar distinguir entre uma cobra coral verdadeira e falsa, há algumas características-chave para observar:

Falsa-coral e coral verdadeira: quais as diferenças entre essas cobras?

Continua após a publicidade

Características da Cobra Coral Verdadeira:

  • Faixas vermelhas, amarelas e pretas que não se tocam
  • Cabeça menor em comparação com a cobra coral falsa
  • Geralmente menor em tamanho

Características da Cobra Coral Falsa

  • Faixas vermelhas, amarelas e pretas que se tocam
  • Cabeça maior em comparação com a cobra coral verdadeira
  • Geralmente maior em tamanho

É essencial notar que, embora as cobras corais falsas sejam não venenosas, elas ainda podem morder e causar leve desconforto, semelhante a uma picada de abelha. É essencial ter cautela ao redor de qualquer cobra coral e procurar atendimento médico se for picado, já que o veneno da cobra coral verdadeira pode ser mortal.

Efeitos do veneno da cobra-coral-verdadeira

O veneno da cobra-coral-verdadeira é altamente tóxico e pode levar à morte em poucas horas. Seus principais efeitos incluem dor no local da picada, náuseas, vômitos, dificuldade de respirar e até mesmo convulsões. O tratamento deve ser imediato e consiste na administração de soro antiofídico específico para a espécie, além de medidas de suporte para manter as funções vitais do paciente.

Em resumo, a cobra coral falsa e verdadeira apresentam características físicas semelhantes, mas a cobra coral verdadeira é altamente venenosa e pode levar à morte em poucas horas. É importante estar atento à sequência de cores em seu corpo e procurar ajuda médica imediatamente em caso de picada.

Com efeito, o paciente precisa ir ao hospital na mesma hora. Ao contrário dos filmes, a picada de cobra não deve ser cortada e aspirada.

Continua após a publicidade

Ademais, o paciente não deve receber um torniquete, uma compressa fria ou ter a área afetada elevada acima do coração.

CUIDADO: o veneno das cobras corais-verdadeiras é bastante nocivo para o sistema nervoso e para o coração. Por isso, após a picada, a vítima da picada não consegue abrir os olhos, além de apresentar uma visão dupla e também asfixia.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o universo das cobras? Então, leia: Por que as cobras mostram a língua?

Fontes: Escola Kids, UFRGS.

Continua após a publicidade

Outras postagens