Curiosidades

Como aproveitar o 13° salário para começar um novo ano sem dividas

O 13° salário pode te ajudar a renegociar as suas dividas para, finalmente, começar um novo ano com as economias no azul.

De acordo com Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese),  R$ 211,2 bilhões estão sendo injetados na economia com o pagamento do 13° salário. Mais de 84 milhões de brasileiros tem direito ao beneficio em 2018.

Esse dinheiro extra que entra na conta de todo trabalhador anualmente é muito bem vindo nos lares brasileiros. Isso fica claro quando nos damos conta que mais de 60 milhões de brasileiros estão com o nome no Serasa atualmente.

Esse dinheiro pode ajudar muita gente a tirar o nome do vermelho, e finalmente, poder começar um novo ano livre de dividas para poder investir e viver economicamente melhor.

Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do SPC Brasil, aponta que 17% dos trabalhadores pretendem usar a remuneração para pagar dívidas em atraso.

Continua após a publicidade

Reunimos algumas dicas para quem quer aproveitar o 13° salário para acabar com as contas atrasadas e começar um novo ano sem dividas.

Saber o quanto deve

Como aproveitar o 13° salário para começar um novo ano sem dividas

Pode parecer mentira, mas muitas pessoas não sabem exatamente o quanto devem. Por isso, o primeiro passo é saber o quanto está devendo. Uma boa dica é procurar um credor e pedir a discriminação da dívida por escrito. Isso ajudará a pessoa a entender o quanto e o por que está devendo, além de calcular os juros.

Se você sentir que está sendo enganado pelo credor, e que está te cobrando muito mais do que realmente deve, existem especialistas que podem te ajudar. Procure auxilio de planejadores financeiros ou, até mesmo, de órgãos públicos como o Procon.

Continua após a publicidade

Qual conta pagar primeiro com o 13° salário

Como aproveitar o 13° salário para começar um novo ano sem dividas

O ideal é que se pague primeiro as dividas mais caras. Isso por que elas envolvem quantidades grandes de dinheiro e consequentemente, tem juros maiores. Quando você as paga, abate muito dos juros do total de suas dividas.

Além disso, não tenha medo de negociar. Use o seu 13° para negociar suas contas, encontrando condições melhores de pagamento.

Cartão de crédito

Como aproveitar o 13° salário para começar um novo ano sem dividas

Continua após a publicidade

Falando em juros, as dividas de cartão de crédito podem até não ser as mais caras, porém, podem ser as que mais geram juros no final do mês. Então elas também são, de certa forma, uma prioridade.

Se o valor do 13° não for alto o suficiente para bater as dividas, ao menos, amortize elas. Dificilmente algum investimento vai render acima dos juros desse débito.

Antecipação

Como aproveitar o 13° salário para começar um novo ano sem dividas

Nem sempre antecipar dividas é uma boa ideia, como parece inicialmente. Antecipações, como de financiamentos ou aluguéis, só compensam se o credor diminuir consideravelmente os juros. Nesse caso, é preciso fazer contas e não se deixar levar pela ansiedade de se livrar do compromisso das parcelas

Continua após a publicidade

Se por acaso tiver sem dinheiro nenhum, as vezes é melhor guardar um pouco para emergências do que pagar as dividas.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa aqui: 5 simpatias de ano novo para atrair prosperidade, sorte e dinheiro

Fonte: Terra

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você